Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

novidade! novidade! abre para a semana no lx factory o novo moules & wine

Primeiro foi o Moules & Gin, depois o Moules & Beer e na próxima semana abre o Moules & Wine. Desde que não se lembrem de fazer o Moules & Aguardente-de-Medronho-Fermentada-Em-Tanques-De-Madeira, por mim tudo bem. Gosto de mexilhões e gosto de vinho, por isso estou no primeiro lugar da fila de espera para experimentar o novo restaurante. Além disso, já estive no Moules & Gin e gostei, como pode ver aqui.

 

 

10 receitas deliciosas de pizzas sem glúten

Querida pizza,

Tenho de te confessar uma coisa: amo-te. De todas as maneiras e feitios. Todas as tuas variedades e mais algumas. Todos os teus sabores. Só a tua massa é que prefiro sempre fininha e estaladiça. És uma invenção do demo, porque além de deliciosa, és viciante e engordas horrores. Mas os amores proibidos são sempre os mais apetecidos, não é? No outro dia estava a partilhar este meu amor por ti com uma grande amiga minha que me revelou, muito triste, que não podia comer pizzas porque é celíaca, logo intolerante a glúten. Como está na moda comer coisas sem glúten (porque engorda, porque faz mal, porque sei lá, vá lá uma pessoa entender estas modas), encontrei no Hunffington Post a solução para os problemas da minha amiga. Dela e de pessoas como eu que devoram pizza cheias de sentimentos de culpa e remorsos: pizzas deliciosas e sem glúten! Aqui fica a minha seleção das 10 melhores receitas:

 

1. Pizza de Crosta de Couve-Flor

Pode parecer estranho mas tem um ar delicioso. A receita está aqui

 

 

como cortar cada queijo decentemente

Um jantar sem um prato de queijos é o mesmo que o Jorge Jesus sem uma pastilha elástica – não tem a mesma graça. No entanto, há sempre aquele habitual problema: o primeiro convidado corta o queijo de uma maneira, o segundo, de outra, e a partir daí é o caos. Quando dá por si, aquele maravilhoso queijo de Castelo Branco está transformado numa enorme pista de skate, com uma meia lua que ninguém entende como é que foi ali parar. É por isso que é preciso saber cortar o queijo. É uma ciência, senhores. Cada queijo tem uma técnica que deve ser usada com a mesma perícia com que um neurocirurgião mexe no bisturi.

Depois de ter descoberto este verdadeiro guia do Huffington Post, a minha vida mudou radicalmente. Agora os queijos vão para a mesa já com as primeiras fatias cortadas. Depois, os convidados só têm de copiar a técnica de corte anterior. 

Agora só é preciso aprender a técnica de corte ideal para cada tipo de queijo. A casca fica para os convidados tirarem no prato.

 

 

sangria cítrica com vinho do porto (mas sem açúcar)

Já experimentou fazer sangria sem açúcar?

Porquê?

Porque nós, já.

E resulta?

Se resulta!

Mas é doce?

Claro que é.

Depois de passarmos a fase dos porquês, vamos à receita. Só precisa de juntar todos aqueles refrigerantes que é habitual juntar nas sangrias dos restaurantes em versão sumo natural. E os meus sumos naturais preferidos são os sumos cítricos. Ao lado do doce da hortelã e do vinho do Porto, faz uma mistura perfeita.

 

 

sublime comporta, o novo refúgio de charme a uma hora de lisboa

Confesso que "sublime" é uma palavra que me enerva um bocadinho. Mas tenho de admitir que, neste caso, se encaixa na perfeição. Sublime é mesmo a palavra certa. Sublime. Lindo. Maravilhoso. Elegante. Paradísiaco. Não há adjetivos suficientes. Este novo hotel da Comporta é simplesmente deslumbrante. Abriu em junho e é provavelmente o melhor spot da região, só comparável às Casas na Areia, sendo que este ganha em luxo e conforto.

 

 

gin envelhecido em barricas de vinho do porto com amoras e erva príncipe

Eu adoro Porto tónico e adoro gin tónico. E antes de me perguntar, com esse ar de desconfiança que já estou a pressentir aqui através do monitor, se há alguma bebida alcoólica que eu não adore, devo esclarecer que, sim, há muitas... ou melhor, duas ou três... ou uma ou duas... Bom, depende dos dias. Mas isso agora não interessa nada para o assunto. O que interessa é que provei no outro dia a melhor conjugação de gin tónico com Porto tónico. Chama-se NAO e acaba directamente de entrar para a lista das sete maravilhas da humanidade. O NAO é um gin destilado de forma artesanal em Inglaterra e produzido a partir de puro grão inglês. 

 

o fantástico castas e pratos junto ao douro

Acabei agora de fechar o dicionário e voltei a confirmar aquilo que já desconfiava: "Verão" não é sinónimo de "Algarve". Pode parecer estranho para muita gente, mas o dicionário confirma: não há qualquer relação entre as duas palavras. Resultado: também há Verão noutros locais. E um dos mais fantásticos é o Douro.

Não vou aqui falar dos habituais cruzeiros apinhados de americanos de calções, sandálias, meias brancas, bonés na cabeça e máquinas fotográficas ao pescoço. Vou falar de um restaurante com uma decoração surpreendente e uns petiscos maravilhosos. A partir do Porto, pode lá ir almoçar e voltar. A partir de Lisboa, pode lá ir passar o próximo fim-de-semana, que, estando já no fim de Agosto, deve ter menos gente. Se quiser uma sugestão para dormir, conheça aqui a Quinta do Vallado. Se quiser saber apenas qual o sítio para comer, siga em frente neste post.

 

 

como arrancar as folhas verdes dos morangos só com uma palhinha

É um dos grandes dilemas da humanidade e está prestes a ser resolvido neste instante. Qual – caros chefs caseiros – é a maneira mais rápida, eficaz e poupada de retirar aquela ervinha verde e irritante da cabeça dos morangos? Com um golpe de faca que desperdiça quase um quinto da fruta? Com uma requintada circunferência feita com uma faca cuidadosamente inclinada a 45 graus e que o faz demorar três minutos a arranjar cada morango? Com uma enciclopédia numa mão e o Pantagruel na outra?

 

sumo de pêssego anão com manjericão e limão

Não se cansa de beber sempre a mesma coisa ao pequeno-almoço? Café, leite, chá, galão ou sumo de laranja natural foram deportados cá de casa durante uma semana. Agora está nas mãos de toda a numerosa Família Mistério descobrir alternativas. Eles sugerem, eu produzo. É justo e saboroso.

O primeiro contributo veio do Misterioso mais velho. Como já é adolescente, tem preocupações ambientais e sociais. Ontem lembrou-se:

- Estão ali uns pêssegos anões a estragar-se no frigorífico.

 

 

12 receitas de perder a cabeça com burrata

As verdades são para ser ditas. Aqui vai: a burrata é provavelmente o melhor queijo do mundo. E sim, já disse e repito: sou obcecada por burrata. Aquele momento em que se corta a burrata ao meio e se vê um creme a cair lentamente na nossa direção... é um momento de absorção. Não, estou a brincar. É um momento de pura gula mesmo. Parece que a burrata nos está a querer dizer: "Põe-me em cima de uma fatia de pão torrado, OK, ou então de um tomate, ou, derrete-me numa pizza, OK, então, põe-me numa salada! Ou, faz de mim o que quiseres!". A burrata sabe do que fala, porque o seu sabor é tão único que brilha em qualquer receita. É um ingrediente incrível, de facto, e estas 12 receitas são a prova disso. 

 

1. Tarte de Burrata e Beterraba

Não dá para acreditar, pois não? A receita original está aqui

 

 

9 pesadelos por que todos nós já passámos na cozinha

Chegou a hora da lamúria, do lamento, da lamechice. A hora em que todos nos relembramos daquele dia desastroso na cozinha em que o arroz de pato se transformou num arroz doce ou em que o bacalhau com natas se tornou uma tosta de bacalhau chamuscada. É a hora de partilhar as suas desgraças na cozinha com este ombro amigo e misterioso. Diga lá qual foi a maior catástrofe que protagonizou ao fogão. Pergunte aos seus amigos e envie-nos as histórias mais surreais que conhece. Para a caixa de comentários ou para o email casalmisterio@sapo.pt. 

Um rigoroso júri composto por mim e pela minha querida Mulher Mistério seleccionará o pináculo do absurdo. As histórias mais engraçadas serão publicadas num post aqui.

Mas antes de se atirar ao teclado do computador, inspire-se em baixo com os dramas de qualquer cozinheiro. A selecção é do BuzzFeed. Quem é que nunca passou por isto?

 

 

novidade! novidade! o novo restaurante de bruschettas e saladas do mercado de cascais

Antes de começarmos, uma pergunta fácil:

- Achou graça à Gaiola Dourada, não achou? À casa da Rita Blanco, com o napron de renda em cima da televisão e o galo de Barcelos no centro da mesa de jantar?

Então também vai achar graça a este novo restaurante, que abriu há umas semanas no Mercado da Vila, em Cascais. Aqui há galos de Barcelos, louças das Caldas, pratos em forma de coração, azulejos nas paredes e tudo o que poderia caber em casa do Roberto Leal. O espaço é tão kitsh que se torna engraçado. É como jantar no meio da Gaiola Dourada, entre a Rita Blanco e o Joaquim de Almeida. Além disso, a comida é boa.

 

 

o post que se segue não é aconselhável a menores de 18 anos

O famoso restaurante 34, em Londres, resolveu fazer uma homenagem erótica à top model britânica Kate Moss. Para celebrar os 25 anos de carreira da modelo, o restaurante criou uma taça de champanhe inspirada no peito esquerdo de Kate Moss. E por que não no direito?, perguntam os adultos mais difíceis de convencer. Porque a lenda diz que a primeira taça de champanhe do Mundo foi inspirada na maminha esquerda de Maria Antonieta. E as tradições são para manter.

 

 

onde ir hoje beber um copo ao fim da tarde? ao bar do altis belém (há dj e tudo)

O rio Tejo de um lado, um bar do outro e o pôr-do-sol ao fundo – o que é que um homem pode querer mais nesta vida? Só mesmo um gin tónico à frente, não? As coordenadas para este sítio de sonho são 38º 41'. Não é que eu ande propriamente feito um maluquinho, com um GPS na mão, a tirar a latitude e a longitude de todos os bares onde vou. Só que aqui as coordenadas são o nome do bar. E vale a pena decorar.

 

 

sabia que os figos são bons para a dieta? (e mais 4 factos sobre uma das frutas mais saudáveis do mundo)

É a fruta preferida da minha querida Mulher Mistério. Infelizmente é também considerada uma fruta antidieta: tem 55% de açúcar natural lá dentro, o que a transforma na fruta mais doce de todas. Cada vez que Ela come um figo sofre um choque de culpa. Por isso resolvi pesquisar boas notícias à volta de figos. E encontrei dezenas. Para não maçar os meus queridos amigos nem a minha querida Mulher Mistério, vou publicar só os cinco dados mais relevantes sobre esta fruta de que tanta gente foge com a mesma convicção com que eu fujo da moda dos banhos de baldes de gelo. Só para começo de conversa, é considerada pelos cientistas uma das frutas mais saudáveis do Mundo.

- Como é que é?, perguntam vocês, admirados.

- Ah, pois é!, respondo eu, inchado.

 

 

Pág. 1/4