Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

eu vou de férias com o casal mistério! (ah, pois vai: temos duas noites para lhe oferecer num hotel de charme)

8787.jpg

Hoje, não temos boas notícias, temos ótimas notícias… e são para si. Em apenas dez meses online, ultrapassámos o meio milhão de visualizações. Ok, estamos a ser modestos: ultrapassámos as 616.496 visualizações. Foram mais de 370 mil visitas que passaram pelo blog do Casal Mistério. E, como se isso não bastasse, em Outubro voltámos a bater todos os recordes do mundo Casal-Misterioso, com cerca de 190 mil pageviews e 100 mil visitas num mês.

E não é tudo. Para nós, mais importante do que os números foram as resmas de mensagens e comentários (mais de mil) tão simpáticos e encorajadores que recebemos da vossa parte. Se andássemos distraídos, ainda poderíamos pensar que, com tanto carinho, devemos ser as melhores pessoas do mundo.

Mas não: as melhores pessoas do mundo são vossas excelências. É por isso que o Casal Mistério (ou seja, nós) achou que estava na altura de dar um presente antecipado de Natal aos seus leitores. E que presente é esse? É um presente que também nós gostaríamos muito de receber. Já adivinharam? Então parabéns! Não é uma, mas sim duas noites num Hotel Heritage ARTEH® à escolha, de entre estes:

 

 

já fomos ao novo selfish das amoreiras, um fast food com hambúrgueres de peixe, tártaros de salmão e atum braseado

660_1_L.jpg

Confissão prévia (não, não vou revelar a minha identidade, vou só tratar dos preliminares): os primeiros dias de um restaurante ou de um espaço aberto ao público são sempre caóticos. Horas de espera, descontrolo absoluto no serviço, máquinas que não funcionam, caos na cozinha. É normal e, por isso, é que que eu evito entrar num restaurante novo com menos de dois meses de sofrimento alheio.

No entanto, arrastado de braço dado com a senhora minha mãe, lá tive de ir às Amoreiras e dei de caras com a inauguração semi-clandestina da nova área de restauração. A senhora, do alto dos seus 60 e vários anos, ficou em choque com o cheiro a peixe, com a desorganização do serviço e especialmente com os 30 minutos de espera, em pé, à frente do balcão, pelo prato que teimava em não sair. Mas ficou encantada com o que comeu.

Eu, como estava num restaurante acabado de abrir, dentro de uma área de restauração acabada de abrir, desvalorizo e atiro este desabafo para uma nota prévia. Se daqui a dois meses voltar ao SelFish e passar pelo mesmo, aí farei um post inteiro dedicado ao caos. Agora não. Faço um post inteiro dedicado a uma ideia brilhante.

 

 

design and wine hotel: clássico por fora, fashion por dentro

859536_406596369443307_1540819282_o.jpg

Ele tinha uma reunião no norte do país e isso, para nós, é sinónimo de escapadinha mistério. Distribuída a equipa de futsal por avôs, avós, avodrastas e avodrastos (benditas famílias modernas que oferecem mais ajudas e opções de acolhimento para a prole), rumámos a Caminha. Tinha marcado o Design and Wine Hotel, famoso por ter quartos que andam à roda. Infelizmente (ou felizmente) esses quartos não estavam disponíveis mas decidimos manter a reserva.

 

 

as casas mais isoladas do mundo (será que é aqui que está o euromilionário?)

Ficam no topo de montanhas, no meio de terras cultivadas, literalmente em cima de lagos. São casas onde não há barulho, não há confusão e não há ninguém.

Diga lá, nunca lhe apeteceu enfiar-se dois dias numa casa assim apenas com um livro debaixo do braço? Então?! Confesse lá! Hã? Que tal? 

Eu NÃO, claro, que não seria capaz de me afastar mais do que cinco minutos da minha querida, amável, numerosa e tãaaaaaaao silenciosa Família Mistério! Mas se insistissem muito... Com um bocado de sorte ainda me cruzava com o novo euromilionário que continua desaparecido por aí.

 

Rio Drina, Sérvia

RioDrinaServia.jpg

 

 

última hora: abriu hoje a nova zona de restauração das amoreiras (e nós contamos todos os detalhes – até o cheiro que lá está...)

10336677_10152284859248705_4293407280368203380_n.pHá novidades a borbulhar nas Amoreiras. Há uns dias, abriu uma nova loja da Padaria Portuguesa, no segundo piso, junto à Loja das Meias, numa zona tranquila e irresistível. Hoje foi inaugurada a nova área de restauração do shopping menos shopping do país. Totalmente forrada a madeira, foi decorada por Nini Andrade Silva e projectada pelo atelier de arquitectura Saraiva + Associados. O espaço tem imensas vantagens e uma gigantesca desvantagem.

 

 

acabou o domínio do iogurte grego, agora o que está a dar é o iogurte islandês: tem mais proteínas e muito menos gordura

iogurte.jpg

Acabou. Finito. είναι πάνω. Se está pasmado com esta última expressão aqui, eu esclareço: é a forma de explicar ao povo grego o fim do reinado incontestado do seu iogurte no Mundo. 

Em Nova Iorque, a notícia foi dada esta semana. Mas antes vamos a um bocadinho de história. Em 2007, o iogurte grego representava 1% das vendas de iogurtes nos Estados Unidos. Seis anos depois, já ultrapassava 44% do mercado americano. Esta subida vertiginosa não aconteceu apenas nos EUA, mas em todo o Mundo. Hoje em dia, o iogurte grego é universalmente considerado o melhor iogurte do mundo. Ou era.

Um pequeno país da Europa começou recentemente a internacionalizar a sua minúscula produção de iogurte: a Islândia. E esta semana, a consagração chegou a Nova Iorque, o mais importante mercado americano de iogurte. O jornal digital Huffington Post organizou uma prova cega de iogurtes com um júri composto por 11 especialistas e o vencedor destacado foi o iogurte islandês Skyr. 

 

 

tarte de beterraba e queijo feta, para acabar com o reinado da minha adorável sogra

Tenho de admitir: a minha sogra é a rainha das tartes. Faz tartes de tudo e mais alguma coisa e ficam todas ótimas. Ele, claro, devora fatia atrás de fatia, com orgulho nos dotes culinários da sua querida mãezinha, e olha para mim com um ar triunfante, como quem diz: "O forno lá de casa não produz coisas destas!" Pois bem, chegou a hora da vingança. Hoje a senhora minha sogra vem jantar cá a casa e estou preparada para arrasar, com esta receita que descobri no fantástico blog Sugar Et Al, que dá para oito a dez pessoas.

IMG_0803-682x1024.jpg

 

quais os ingredientes que melhor combinam entre si para fazer uma salada perfeita

Chego a um restaurante de saladas, olho para a frente e vejo um interminável balcão com ingredientes à escolha. Enquanto ainda estou a tentar perceber qual é aquele primeiro ingrediente ali, já tenho a empregada a perguntar:

- O que é que vai querer?

Stress. Olho mais uma vez para o balcão à pressa e nova pressão:

- Então já escolheu?

Não, caramba, ainda nem sequer consegui perceber os ingredientes que ali estão. Atrás de mim, uma senhora olha impacientemente para a minha indecisão enquanto suspira alto para me pressionar. A empregada revira os olhos. O homem no início da fila diz em voz alta:

- Mas aquele gajo nunca mais se despacha?

NÃAAAAAAOOOOOOOO!!! HORROR!!! STRESS!!!

Odeio restaurantes de saladas à escolha. Acabo sempre por pedir os quatro primeiros ingredientes que vejo à frente para evitar esta pressão desumana sobre um homem indeciso. 

Mas agora acabou a minha indecisão crónica, graças ao livro The Flavor Bible que estuda as melhores combinações de alimentos. Basicamente todos os ingredientes se dividem em quatro categorias: doce, salgado, amargo e azedo. E é a partir desta primeira divisão que os autores do livro concluem quais ligam melhor com quais. 

Para não ter de ler o livro de uma ponta à outra, o sempre útil Huffington Post preparou uma infografia simples para nos guiar na escolha dos alimentos para uma salada perfeita – nestes restaurantes stressantes ou no recato do seu lar.

saladmerged3.jpgComece por ir à coluna da esquerda e escolha o alimento principal que lhe está a apetecer mais. Na coluna do meio, tem os três alimentos que melhor ligam com ele. E, no fim, o molho perfeito para colocar por cima. E é assim que descobrimos que o abacate liga melhor com nozes, bacon, cebola e vinagrete de limão. Ou que a mozzarella fica bem é com tomate, azeitonas, salame e vinagrete de balsâmico.

Meus caros, acabou o pesadelo, a pressão, o stress, a indefinição. Isto é ciência culinária. Basta olhar para esta tabela e escolher só um ingrediente. Quanto aos outros, já não tem que se preocupar.

 

Boas saladas para todos, onde quer que elas estejam,

Ele

 

infografia: huffington post

os 10 melhores hotéis da europa (a minha modesta contribuição para o novo euromilionário português)

Sexta-feira à noite, Portugal parou. Um português tinha ganho 190 milhões de euros. As mensagens e os telefonemas tinham um único objetivo: "Fomos nós?", "foste tu?". Claro que não fomos nós nem ninguém que eu conheça mas, ao menos, veio parar a um felizardo de Castelo Branco (desde que não tenha sido José Sócrates, nem nenhum primo ou tio do senhor, por mim estará bem entregue). Como o sortudo ainda deve estar em transe, sem saber o que fazer a tanto dinheiro, aqui estou eu para dar uma pequena contribuição a uma mente ainda em choque. Para já, fuja, vá pensar na vida e no que fazer a tanto dinheiro com calma. Pegue na família e percorra os dez melhores hotéis da Europa, só para começar. Depois, segue-se o mundo. Aqui fica a lista do top ten europeu, revelada recentemente pela Business Insider. Estes são os melhores entre os melhores, e a cadeia Four Seasons arrasa, ocupando os quatro primeiros lugares.

 

1. Hotel Four Seasons Palácio Gresham, Budapeste, Hungria

1413552613623_wps_3_FPO_BUD_057_jpg.jpgEste palácio Art Nouveau conquistou o primeiro lugar, não só pela magnífica vista sobre o Danúbio, mas pelo luxo que encontra em cada esquina dos 179 quartos e 19 suites. O nosso euromilionário pode jantar no palco da Ópera Estatal Húngara, com uma orquestra a tocar ao vivo, com direito a serenata e tudo. 

Quartos a partir de 240 euros.

 

 

novidade! novidade! abriu um novo bar com bons gins premium a €5 (e nós já lá fomos)

10610772_552049641562443_2583489793106435646_n.jpg

€5? Será que ouviu bem? Ouviu lindamente. Mas como o assunto é delicado, vou repetir por extenso, como se faz nos cheques: cinco euros e zero cêntimos. O Secret Bar, o novo bar de gin que abriu há uns dias em São João do Estoril, é um sério candidato ao grande prémio do gin premium mais barato. Nós, como é evidente, já lá fomos. E provámos...

 

 

programa para este fim-de-semana: uma mini-esplanada de conservas e cervejas artesanais de frente para o mar da ericeira

 

1209102_474373702660845_1789920886_n.jpg

Festa na Ericeira?! Mas quem é que faz uma festa na Ericeira?! Infelizmente, uma amiga do meu filho mais novo. 

Como é que é?! O meu filho mais novo já tem "amigas"?! Oh, santo Deus, isto está cada vez mais difícil.

Foi com esta disposição que me pus a caminho da Ericeira, por uma IC19 atafulhada de carros, para entregar o meu herdeiro a uma "amiga".

Cumprida a dolorosa missão parental, tive de compensar o esforço desumano com um tranquilo passeio junto ao mar cheio de aspirantes a Garrett McNamara. E foi no meio desta caminhada que choquei de frente com uma das mais encantadoras lojas que conheci nos últimos tempos: a Vira-Latas.

 

 

salada de uvas, um ótimo almoço para levar para o escritório ou para fazer este fim de semana

Depois do fantástico jantar no Station, os remorsos voltaram a atacar. Porquê, meu Deus? Porquê? Porque é que não resisto a um menu delicioso, porque é que eu não posso ver um prato à frente? Porque é que não sou daquelas que comem, comem e comem, e não engordam (ou dizem que comem, comem e comem, e não engordam…) Paciência. É a vida. Vou voltar a fechar a boca e dedicar-me às saladas. Mas também não sou masoquista. Salada sim, mas com pelo menos um ingrediente para me animar o dia. Desta vez escolhi uvas (sim, eu sei que não é o fruto ideal para quem está de dieta, mas convenhamos, ninguém merece uma salada nua e crua, sem um pequeno pecado). A receita é da foodnetwork e é simples, prática e deliciosa.

RX-CA-Grapes_Fresh-Classic-Grape-Salsa_s3x4_jpg_re

 

 

station, a óptima esplanada para jantar nestas noites de verão que estão em outubro

1510912_485425648257885_237655916123931712_n.jpg

Primeiro foi o corpo da Jessica Athayde, agora é a cara da Renée Zellweger, amanhã será o cabelo do Fernando Ruas. E qual é a melhor maneira de fugir a estes temas de fundo que mobilizam a sociedade portuguesa? Enfiando-me a jantar numa esplanada junto ao rio, para aproveitar o Verão fantástico que aí está em Outubro.

E foi com o calor de Verão no corpo e a imagem de Fernando Ruas na cabeça que entrei na esplanada do Station, no Cais do Sodré, em Lisboa. Mal me sentei, com quase 30 graus, a uns metros de distância da mesa onde Mick Jagger já jantou, pedi um gin tónico Bombay Saphire só com limão (€8). Ela preferiu um mais elaborado Hendricks com pepino (€12). 

 

 

casa no tempo, o novo turismo rural de design no alentejo

1614428_1421469931436987_2039719017_o.jpgDepois de Casas na Areia e Cabanas no Rio, Andreia e João Rodrigues voltaram a juntar-se ao arquiteto Manuel Aires Mateus para fazer mais um extraordinário projeto. Desta vez, este trio maravilha recuperou uma quinta de família dos primeiros, cumprindo assim um desejo do avô, que queria deixar um legado para as futuras gerações. Mas Andreia e João Rodrigues foram ainda mais longe do que o sonho do avô, e juntaram o passado e o futuro num projeto único que, mantendo as marcas do tempo, é um refúgio de paz onde o tempo se recusa a passar.

 

 

dois gins tónicos perfeitos para fazer um brinde a este outono com corpinho de verão

Ela adora amoras, eu adoro menta. Ela adora cocktails mais elaborados, eu adoro cocktails mais simples. Ela adora o gin tónico adocicado, eu adoro o gin tónico amargo. E, no entanto, conseguimos chegar todos os dias à hora do jantar sem arrancar cabelos nem ofender a mãe um do outro. Isso deve-se especialmente à capacidade de nos adaptarmos. Por exemplo, quando faço um gin tónico, nunca é UM gin tónico, são sempre DOIS gins tónicos radicalmente diferentes.

Perante esta fatalidade do destino, foi com um rasgado sorriso de orelha a orelha que encontrei esta receita no fantástico blog Loren Hope: o brinde perfeito para o Outono. Um gin tónico de amoras para Ela, um gin tónico com menta para mim. À partida, parece radicalmente diferente. À chegada, não é tanto assim.

Minha Querida Mulher Mistério, esta quarta-feira à noite vamos brindar assim a este Outono com corpinho de Verão.

IMG_0281-2-682x1024.jpg

 

Pág. 1/4