Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

uma pizza super-saudável para o dia da criança

Dia da Criança sem pizza é mais Dia do Bisavô do que outra coisa qualquer, não é? Pois, eu calculei. Cá em casa a pressão começa umas semanas antes. Primeiro, pedem para ir ao McDonald's. Depois, sugerem um jantar só de Calipos. A seguir, já vão na Telepizza. A estratégia é inundarem-me de ideias absurdas para conseguirem alguma coisa minimamente razoável no fim. E vão conseguir. Este ano, como o Dia da Criança calha a uma segunda-feira, no epicentro da última semana de testes, não há cá jantares fora que Ela não deixa. Mas vai haver um prato especial. Não será seguramente Telepizza que eu ainda não estou pronto para mudar de residência para o Hospital Júlio de Matos. Mas vai ser pizza. E saudável. A receita é do incomparável site BBB Good Food, que é uma mina de receitas fáceis e saudáveis.

image.jpg

 

os incríveis bolos que desafiam a gravidade

gallery_1000_gravity_defying_cake1__05168.14238383

Parece magia. Mas não é. Confesso a minha ignorância e o meu espanto quando li este artigo do Daily Mail sobre a última moda no que respeita a bolos de anos. Bolos que desafiam a gravidade? Mas alguém já tinha ouvido falar em semelhante coisa?

 

 

trufas de chocolate próprias para dietas (são só 55 calorias cada uma!)

Pronto. A felicidade é isto. É descobrir que posso devorar um das minhas sobremesas preferidas sem culpas. Sem complexos. Sem arrependimentos. Sem remorsos. Estas trufas de chocolate, do blog may I have that recipe, são incrivelmente fáceis, absurdamente deliciosas e inacreditavelmente light. Além disso, são cremosas, só têm 55 calorias cada e… bem, o melhor é pôr a mão na massa.

guilt-free-chocolate-truffles-620x546.jpg

Ingredientes

Para 12 trufas

  • ½ chávena de pepitas de chocolate
  • 1 colher de sopa de manteiga de amêndoa ou de amendoim
  • ¼ de chávena de iogurte grego magro
  • 1/3 de chávena de cacau em pó

 

Derreta as pepitas de chocolate no micro-ondas (com intervalos de 20 segundos) ou em banho-maria. Enquanto o chocolate ainda está quente, junte a manteiga de amêndoa ou de amendoim e misture bem. Acrescente lentamente o iogurte grego, misture novamente e coloque no frigorífico durante cerca de 15 minutos até começar a endurecer. Com a ajuda de uma colher de sopa, forme as trufas, passe-as pelo cacau em pó e volte a colocar no frigorífico até à hora de servir.

Não é o cúmulo da facilidade? Ainda por cima são mesmo deliciosas.

 

Um ótimo sábado, sem culpas nem remorsos,

Ela

 

receita e foto: mayihavethatrecipe

onde é que vale a pena almoçar na feira do livro de lisboa

Captura de ecrã 2015-05-29, às 18.49.37.png

Pois é... já estou a ver, por esses olhinhos desconfiados à frente do computador, o que está a passar-se dentro dessa cabecinha de Einstein:

- Mas este engraçadinho ensandeceu?! Almoçar na Feira do Livro?! Qualquer pai de família que se preze vai à Feira do Livro comprar livros, não vai para se empanturrar de comida.

 

 

sugestão para o fim-de-semana: beber um bom vinho ao fim do dia no mercado de cascais

1959402_692654084183235_1410940700749208348_n.jpg

Mas também pode comer um óptimo marisco. Ou dividir uns fantásticos petiscos. Ou refrescar-se com umas magníficas tostadas. Ou provar uma salada caprese totalmente diferente daquilo que já comeu até hoje. O Mercado da Vila está remodelado. E vale a pena. Veja só algumas das razões para lá ir este fim-de-semana.

 

 

novidade! novidade! o gulli abriu no mercado de cascais com óptimas entradas e um serviço... (bem, o melhor é ler)

11238965_748658661918057_3924637063071322756_n.jpg

Não há coisa mais stressante do que ir jantar fora com amigos. Primeiro, é o problema da gestão de expectativas: uns são fanáticos por japonês, outros são alérgicos a arroz; uns adoram sítios animados, outros têm enxaquecas com o barulho de uma borboleta; uns querem vinho branco, outros até fazem tratamentos de spa com vinho tinto. 

Depois, é o problema da gestão de segredos: é pacífico passar um tête-a-tête inteiro de telemóvel em punho a tirar notas sobre a refeição como se fôssemos dois pós-adolescentes que comunicam entre si exclusivamente via WhatsApp; mas é muito mais suspeito ter um jantar de amigos desde que arranjámos uma vida dupla – como ninguém sabe que à noite nos transformamos em perigosos lobisomens da restauração, é preciso tirar notas discretamente, provar os pratos dos outros inconvenientemente e impor restaurantes despudoradamente.

 

 

10 receitas de gelados de fruta (com pauzinho e tudo) para fazer em casa

Com este calor absurdo em maio o que é que apetece? Além de água e mais água? Gelados e mais gelados, claro! E de preferência originais e saudáveis. O site Buzz Feed fez uma lista interminável de gelados incríveis para se fazer em casa. Eu fiz a minha seleção, tendo em conta o aspeto, a originalidade e os ingredientes. Alguns são para maiores de 18 anos (digamos que são uma espécie de cocktails em forma de gelado), mas também não esqueci as crianças, senão seria impiedosamente massacrada pela nossa sempre faminta equipa de futsal. Aviso à navegação: facilita muito a sua vida se tiver em casa formas de gelados.

 

Gelados de Morango, Toranja e Vodka 

enhanced-buzz-6149-1367948055-16.jpg

Misture o sumo de toranja e os morangos num liquidificador. Junte vodka e volte a misturar. Depois é só pôr nas formas e congelar. A receita original está aqui.

 

 

bolinhas de batata doce com parmesão, uma receita deliciosa com apenas 2 ingredientes

Já partilhei aqui várias vezes a minha verdadeira paixão por batata doce. Então desde que descobri que é muito mais saudável do que a batata normal, tornei-me fã número 1. Nunca mais comprei batata. Agora cá em casa só entra batata doce. Por isso, cada vez que descubro uma receita nova cujo principal ingrediente é esta maravilha da natureza, fico em delírio. Foi o que aconteceu quando me deparei com esta facílima e deliciosa receita, do blog laura fuentes, com apenas dois ingredientes.

sweet-potato-tots-1-681x1024.jpg

novidade! novidade! já fomos almoçar ao novo restaurante onde tudo é biológico (até o gin e o café!)

DSC07150.jpg

Alerta geral à população! Aeeeeeeeeeehhhhhhhhhhhhh! (Isto era suposto ser a onomatopeia da sirene dos bombeiros que antigamente tocava ao meio-dia, mas acho que não resultou muito bem): o bairro de Santos, em Lisboa, está a transformar-se na nova zona cool da cidade. O sucesso do Cais do Sodré está a ser levado como uma brisa marítima para o bairro do lado: há lojas com pinta, restaurantes com estilo e novidades a abrirem todos os dias (ok, todos os dias, todos os dias, é capaz de ser exagero, mas lá que há muitas coisas novas, lá isso há...). E não estou a falar só da Av. 24 de Julho, onde estreou recentemente o Popolo. Estou a falar das entranhas mais profundas do bairro. Aquelas ruelas cheias de armazéns e graffiti, onde agora estão a abrir espaços simpáticos e originais.

E foi exactamente a um desses novos recintos lúdico-gastronómicos que este vosso fraterno casal se dirigiu há poucos dias para refeiçoar tranquilamente: fomos ao Pachamama, um restaurante totalmente biológico, que também é padaria – e também totalmente biológica.

 

 

bolinhas de queijo de cabra com limão e dukkah, um aperitivo irresistível (mas não tão light quanto eu gostaria)

Se não gosta de queijo, então este post infelizmente não é para si. Mas quem é que não gosta de queijo, meu Deus? Eu conheço uma (única) pessoa que não gosta, mas no fundo essa pessoa não gosta de comer. Por ela, era alimentada a soro, porque acha um frete comer. Escusado será dizer que essa pessoa e eu temos muito pouco em comum... Como é que é possível?! Agora, para quem, como eu adora queijo, esta receita, da donna hay, vai fazer crescer água na boca. E agora perguntam-me as queridíssimas leitoras e os queridíssimos leitores: o que raio é "dukkah"? É uma mistura de sementes e frutos secos tostados e moídos, de origem egípcia, usada como condimento em todo o Médio Oriente. E o sabor faz toda a diferença.

dukkha_rolled_goats_cheeseballs.jpg

 

 

socorro! a pimenta rosa abriu no cais do sodré e prepara-se para acabar de vez com a minha dieta

CAIS_PimentaRosa-1.jpg

Este é daqueles típicos sítios em que uma pessoa entra e apetece comprar tudo. Eu sei. Neste momento está Ele a sussurrar:

- Quando é que Ela entra numa loja e não lhe apetece comprar tudo?

Pois bem, mais um mito urbano, porque são raras as vezes em que me apetece comprar roupa, por exemplo, por uma razão muito simples: não aperta. Agora uma loja assim é totalmente diferente.

 

 

a receita ideal para fazer uma surpresa no dia da criança: pão de banana e nozes

Falta menos de uma semana para esse dia mágico em que a minha querida Mulher Mistério distribui presentes pelos nossos quatro filhos – e outro por mim. Sim, estou a falar do Dia da Criança (e ainda não consegui perceber porque é que Ela me inclui entre os presenteados...). Mas este ano tenho uma resposta à altura: enquanto Ela compra presentes, eu faço pão. E não é um pão qualquer. É um pão próprio para crianças – e para mulheres fanáticas por bananas também. E, já agora, para homens que gostem de comer.

Cá em casa somos todos bananófilos convictos, por isso vou fazer um pão de banana e nozes para o pequeno-almoço de segunda-feira. O melhor de tudo é que, além de deliciosa, esta receita da Food Network é facílima de fazer.

FO1D17_22819_s4x3.jpg.rend.snigalleryslide.jpeg

 

 

bolos de iogurte e laranja, um lanche original e irresistível (que obviamente não é para mim!)

Juro que não vou comer. Juro que não vou comer. Mas ser mãe é isto. É sacrificar-me pelos filhos. Vou fazer-lhes esta receita divinal do site cooked, mas não vou comer. Vou provar… que é uma coisa totalmente diferente. Um cozinheiro que não prova não é digno desse nome. Eu sei que não sou propriamente uma chef, nem nasci para a cozinha, mas tenho aprendido umas coisas com o meu querido Marido Mistério. E esta receita é tão fácil que até eu consigo fazer.

c0ed2ca68ce58c52e9861431bef0ea1a.jpg

 

 

qual a melhor maneira de começar a sua semana? com uma receita deliciosa que não suja nenhum prato – zero!

É segunda-feira, aquele dia que devia ser abolido do calendário, o início do inferno, o princípio do suplício, o começo do sofrimento, o arranque da angústia, o primeiro dia daquela parte horripilante da sua semana, o sinónimo mais frustrante de "trabalho". É aquele momento em que olha para a frente e só vê mais quatro dias intensivos a acordar cedo, sair tarde, aturar o chefe, ignorar os colegas e dar cabeçadas no monitor cada vez que o computador bloqueia. Está infeliz? Eu também. E para agravar as coisas, vou contar-lhe uma novidade: 99,999999999% dos restaurantes do país estão fechados. Até nisso a segunda-feira é um dia para esquecer. Ou não. Porque há sempre uma boa solução para uma segunda-feira de sofrimento: chegar a casa, abrir uma garrafa de Maritávora branco (o de 2011 custa cerca de 8 euros) e fazer um delicioso jantar que não suja louça nenhuma.

Ouviu bem? Nenhuma. Nem tachos, nem panelas, nem pratos... A receita milagrosa é do fantástico blog Cooking Classy.

salmon-and-asparagus-in-foil8-srgb..jpg

 

 

gaspacho de melancia, uma entrada deliciosa para este tempo quente (para mim é uma entrada e uma saída)

Adoro gaspacho no verão. É delicioso e refrescante. O gaspacho tradicional é normalmente uma sopa fria feita com tomate, manjericão, pepinos e pimentos. Quando descobri esta receita com melancia, no fantástico blog a couple cooks, primeiro estranhei, depois entranhei totalmente a ideia, imaginando a combinação perfeita entre o picante do gaspacho tradicional com o doce da melancia. Este gaspacho é uma ótima entrada para um jantar com convidados, já para mim será seguramente uma entrada e uma saída, porque a minha malfadada dieta obriga-me a fechar a boca depois de um simples prato de sopa à noite (sou tãaao infeliz!).

4Y0A5724-5.jpg

 

 

Pág. 1/5