Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

alguém tem dúvidas de que este é o melhor bolo de bolacha do mundo? eu não!

20151221_154855 (1).jpg

Não é de ânimo leve que se faz uma afirmação desta gravidade, por isso devo dizer que estive alguns meses a reflectir profundamente antes de me sentar à frente do computador. Mas hoje estou preparado para assumir publicamente as consequências daquilo que me preparo para afirmar: [pausa] [silêncio] [suspense] [pessoas a abandonarem o blog porque não têm paciência para estas hesitações] [Ela a protestar comigo] [e aqui vai] Encontrei o melhor bolo de bolacha do mundo. 

Ok, eu admito que possa não ter provado TODOS os bolos de bolacha do mundo, mas já experimentei bastantes e este fica num honroso e destacadíssimo primeiro lugar. A responsabilidade é do famoso restaurante Canastra do Fidalgo, na Costa Nova, em Ílhavo. E os motivos são difíceis de aceitar, especialmente para quem vive a 253,03 km de distância.

Esta obra de arte da doçaria portuguesa é feita com bolacha Maria mergulhada em café. Até aqui, tudo bem. O espectáculo começa depois. Em vez do tradicional e ligeiramente enjoativo creme de manteiga (que, ainda por cima, costuma ser feito com margarina), este bolo alterna as camadas de bolacha com outras camadas de um suave e viciante creme de leite condensado que consegue não ter nem um grama de açúcar a mais do que aquele que realmente merecia. Mas ainda falta a melhor parte: por cima, é colocado um fio do inigualável doce de ovos de Aveiro, o que atira este bolo para a estratosfera da confeitaria portuguesa. E como se isto tudo não bastasse, o bolo é finalmente salpicado com mais bolacha Maria esmagada para lhe dar um toque crocante que se sobrepõe à consistência suave do recheio.

 

bolinhas de nutella para animar as sessões de estudo cá em casa

Eu sei que estou de dieta mas não me posso esquecer que normalmente temos um bando de crianças em casa durante o fim-de-semana. Hoje, por exemplo, vêm amigos para “estudar”. OK. Vou fingir que acredito. Até podem estar cheios de boas intenções mas quatro pré-adolescentes dentro de um quarto fazem muita coisa, mas estudar não será seguramente uma das prioridades. Enfim... Como sou uma mãe dedicada e amorosa, vou recorrer ao método mais eficaz: a chantagem.

– Se vocês estudarem mesmo, faço-vos um lanche especial. E deixo-vos uma pista: inclui Nutella.

Já estou a imaginá-los a abrir os livros rapidamente (e a fechá-los mal eu viro as costas). E com que receita é que vou comprar dez minutos de concentração destes miúdos? Com esta extraordinária invenção do blog Gimme Some Oven: bolinhas de Nutella com chocolate e avelãs e que nem precisam de ir ao forno! Só demoram 15 minutos a preparar e são uma delícia.

Nutella-Energy-Bites-2.jpg