Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

o vídeo do jantar mais fácil para as férias de verão: rolinhos de pizza crocantes com presunto e queijo derretido

 

Férias! Finalmente consegui carregar um camião TIR de malas cuidadosamente preparadas pela minha querida e obcecada Mulher Mistério a caminho de um misterioso destino de férias. Não sei onde é que Ela consegue encontrar tanta roupa escondida no armário para trazer para as férias, mas a verdade é que, todos os anos, é capaz de me surpreender com mais uma mala da qual eu desconhecia a existência.

Normalmente, preciso de descontar quatro dias às minhas férias reais: um dia para estudar qual a forma possível de encaixar tantas malas num único carro (mesmo que se trate praticamente de um camião TIR), um dia para conseguir encaixar realmente as malas e mais dois dias de intensas negociações para, no final, sair vitoriosamente com dois pares de meias a menos.

A verdade é que já passei por esses quatro penosos dias e hoje, finalmente, aqui estou, sentado, descansado e preparado para fazer o prato preferido dos meus queridos Filhos Mistério durante as férias. Trata-se de uns divinais rolinhos de pizza carregados de queijo derretido por dentro e com uma cobertura crocante de azeite e alho.

rolinhos_pizza04-1.jpg

rolinhos_pizza03-1.jpg

rolinhos_pizza02-1.jpg

Ao contrário do que possa imaginar, são facílimos de fazer. No ano passado, já tinha preparado uns torcidos de pizza com molho pesto, que as crianças adoraram. Mas agora a Oliveira da Serra desafiou-nos a criar outra receita de rolinhos de pizza, usando o fantástico azeite Oliveira da Serra Gourmet que tem uma acidez máxima de 0,3%. E foi assim que nasceu a tal fabulosa cobertura crocante de azeite e alho.

Mas há mais. E melhor. Tudo isto demora 20 minutos a fazer e um único minuto a aprender. Basta ver o vídeo aqui em baixo.

 

Rolinhos de Pizza Crocantes com Presunto e Queijo Derretido

Por fora é uma massa de pizza crocante e fininha, por dentro é uma combinação de pepperoni, presunto e queijo derretido. Tudo isto com um delicioso molho de alho e azeite Oliveira da Serra Gourmet. Veja a receita completa em www.casalmisterio.com #pizza #queijo #video #casalmisterio

Publicado por Casal Mistério em Segunda-feira, 24 de Julho de 2017

 

a última tendência hipster é o brinner (breakfast for dinner) e eu já me rendi!

Bastou-me um fim de semana em Madrid com uma amiga de uma amiga que vive em Nova Iorque, para mudar o chip e render-me ao brinner! Sabem o que é? É a última tendência hipster – Brinner (Breakfast for Dinner), ou seja tomar o pequeno-almoço à hora de jantar! Estranho? Talvez não!

Para quem, como eu, muitas vezes não tem tempo para tomar aquele pequeno-almoço de rainha (por muito que saiba de cor e salteado que deveria ser a principal ou pelo menos uma das mais importantes refeições do dia) a ideia do brinner deixa-me tentada! Para quê tomar um pequeno-almoço à pressa, com mil coisas para fazer a seguir, se podemos guardá-lo para quando o dia acaba e já não vamos atender o telefone?

E tantas coisas boas: cereais, panquecas, iogurtes, ovos mexidos, frutas… Dir-me-á que talvez não seja a melhor coisa para a minha dieta mas se soubesse os jantares hiper calóricos que o meu querido Marido Mistério me prepara de vez em quando, talvez concorde que uma aveia biológica, sem ou com pouco açúcar, é capaz de ser o jantar que faltava para me pôr no bom caminho. Por isso, recolhi 4 sugestões que não podem esperar por um brunch de fim de semana. 

 

Ovos Mexidos com Queijo e Bacon

Cheesy-Bacon-Egg-Hash-14 cafedelites.jpg

Uma frigideira cheia de batatas douradas, fritas numa pequena quantidade de óleo ou feitas antes no forno (à sua escolha), com bacon frito, cebolinho e queijo mozarella derretido por cima. Yummy! E a preparação é tão fácil quanto isto. Não há mais a explicar. A receita é do blog Cafe Delites, escrito pela bem-disposta Karina que confessa que com a idade aprendeu a apreciar a beleza da vida.. e queijo! E estraga-me a dieta com estas "maldades"...

Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, veja a receita completa aqui

 

 

7 minutos, um número mágico para nos salvar do calor com um mojito de melancia

Sinto-me uma tresloucada com este calor. Os miúdos enlouqueceram-me enquanto estiveram a estudar para os exames e estão a modos que… insuportáveis! Parecem que são os únicos seres do planeta que, coitadinhos, têm que estudar! Haja paciência! Portanto, sinto que o mundo está contra mim. O que me vale é o meu querido Marido Mistério que, na sua infinita misericórdia, me vai salvar desta travessia no deserto. Como? Com um mojito de melancia, ou melhor, um jarro de mojito de melancia! A receita leva apenas 7 minutos a preparar (e todos sabemos que é um número mágico que representa a perfeição e o nosso Cristiano Ronaldo). Encontrei-a no fantástico blog Spend with Pennies, é simples e tão rápida que já sinto o copo fresco na mão!

Só precisa de melancia aos cubos, xarope de açúcar, hortelã, limas, 1 chávena de rum branco, água com gás e gelo. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, clique aqui

Watermelon-Mojitos.jpg

 

nihon no pankēki, sekai no mottomo kawaīdesu (ou traduzindo, panquecas japonesas: as mais fofinhas do mundo)

Até ontem, a Família Mistério era absolutamente viciada em sushi; a partir de hoje tenho a certeza de que vai passar a ser viciada em pankēki – que é como quem diz panquecas em japonês. Não é só uma questão de idioma que distingue as panquecas tradicionais das panquecas japonesas.

Além de serem mais altas, as pankēki são mais doces e muito mais fofinhas. O segredo está no fermento, que vai fazer as panquecas crescerem, e no tempo que a massa fica a repousar para se tornar mais densa. Além disso, os ovos são batidos com uma batedeira para ficarem mais leves, quase em espuma. O resultado são umas panquecas mais saborosas e muito mais fofinhas.

Há várias receitas de pankēki: umas que utilizam maionese japonesa e outras que recorrem a claras em castelo. Mas hoje vou fazer para o pequeno-almoço uma receita mais simples e rápida do site Key Ingredient.

Tudo o que vou precisar é de dois ovos, leite, extracto de baunilha, farinha, fermento e açúcar. Para os toppings, vou usar mel e mirtilos. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

unnamed.jpg

 

nihon no pankēki, sekai no mottomo kawaīdesu (ou traduzindo, panquecas japonesas: as mais fofinhas do mundo)

Até ontem, a Família Mistério era absolutamente viciada em sushi; a partir de hoje tenho a certeza de que vai passar a ser viciada em pankēki – que é como quem diz panquecas em japonês. Não é só uma questão de idioma que distingue as panquecas tradicionais das panquecas japonesas.

Além de serem mais altas, as pankēki são mais doces e muito mais fofinhas. O segredo está no fermento, que vai fazer as panquecas crescerem, e no tempo que a massa fica a repousar para se tornar mais densa. Além disso, os ovos são batidos com uma batedeira para ficarem mais leves, quase em espuma. O resultado são umas panquecas mais saborosas e muito mais fofinhas.

Há várias receitas de pankēki: umas que utilizam maionese japonesa e outras que recorrem a claras em castelo. Mas hoje vou fazer para o pequeno-almoço uma receita mais simples e rápida do site Key Ingredient.

Tudo o que vou precisar é de dois ovos, leite, extracto de baunilha, farinha, fermento e açúcar. Para os toppings, vou usar mel e mirtilos. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

unnamed.jpg

 

sangria de espumante com morangos para brindar a este fim-de-semana de verão

A Madonna voltou, o Kikas conquistou o surf internacional e a Ana Malhoa tem um novo namorado – só motivos de festa e isso é tudo o que precisamos para acabarmos este sábado de copo na mão e tchin tchin na ponta da língua. É isso mesmo: vamos brindar. E nada melhor do que uma bela e encantadora sangria para fazer brindes no Verão. 

Hoje, a happy hour cá em casa vai ser com esta fantástica sangria de espumante e morango do delicioso site The Kitchn. Tudo o que vou precisar para fazer este refresco para maiores de 18 anos é de espumante, 7Up, licor de laranja (por exemplo, Cointreau ou este Orangea), pepino laminado e morangos cortados em pedaços. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

06c1533eb2d90a16ccc59c880f2ac241258aaf30.jpeg

 

 

tem 5 minutos? é o tempo que demora a fazer este delicioso smoothie de manga com ananás

É verão, é fim de semana, está calor e tudo o que apetece é um pequeno-almoço fresco e original. De preferência, saudável, claro. Este smoothie de manga, do blog Bakerita, é tudo isto e muito mais. E como as crianças estão de férias e a nossa Mansão Mistério mais parece um acampamento de ciganos, decidi fazer esta surpresa para o pequeno-almoço de hoje.

Reparem: eu escrevi “decidi” no singular. Sim, vou também dar férias da cozinha ao chef oficial cá de casa e vou eu preparar esta maravillha tropical. Só demora 5 minutos a fazer e é tão fácil que vou aproveitar esta receita para deixar toda a Família Mistério de boca aberta (de espanto, claro. Espero que quando provarem mantenham as boquinhas bem fechadas, se não é sinal de que falhei algures na educação da nossa equipa de futsal).

Só vou precisar de uma banana, de uma manga e de ananás congelados, e de leite de coco para o smoothie propriamente dito. Depois, vou usar flocos de coco, granola e fruta fresca para decorar.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 1 pessoa, espreite aqui a receita original.

Mango-Pineapple-Smoothie-Bowl-4.jpg

 

 

"basta"! guia michelin indigna-se com uma sobremesa servida em cima de um chinelo

PMS_Food-018a-860x574.jpg

É a polémica do momento no mundo da alta cozinha. Nem o Guia Michelin aguenta mais as invenções dos chefs de topo para chamarem a atenção dos críticos e dos clientes. Na semana passada, o prestigiado guia internacional publicou, na sua conta britânica no Twitter, uma fotografia de uma sobremesa servida em cima de uma Havaiana com o seguinte comentário: "Enough now".

A sobremesa faz parte da carta do restaurante alemão Falco, em Leipzig, que recebeu duas honrosas estrelas Michelin no guia de 2017. E alguma coisa me diz que é capaz de perder, pelo menos, uma delas em 2018.

 

 

vamos a la playa, oh oh oh, com esta deliciosa salada de sashimi de atum com abacate e manga

Faz-se em 15 minutos e devora-se em 1, tal é a maravilha desta receita. Saudável, original e prática, esta salada é ótima para a minha dieta e é um fantástico almoço de verão. A receita é do blog Foodie Crush e já estou viciada. Que bom que é estar viciada num prato que não engorda! Até parece mentira! Pode fazer em casa, levar para a praia ou para o trabalho. É deliciosa em qualquer ocasião.

Só precisa de azeite, molho ponzu, wasabi, atum fresco próprio para sashimi cortado em cubos, uma manga também cortada em cubos, salada de algas wakame, sementes de sésamo pretas, uma mistura da alfaces, um abacate cortado às fatias e uma pitada de sal cor de rosa dos Himalaias.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente espreite aqui a receita original.

Poke-Tuna-and-Mango-Salad-foodiecrush.com-007.jpg

 

 

lasanha de courgette e queijo fresco só com 300 calorias, uma surpresa para a dieta

Esta casa à hora do jantar é como o Parlamento à hora do plenário. Imagine o que são seis almas sôfregas a palpitarem sobre o que lhes apetece comer. É quase o nível de agressividade dos deputados a discutirem o estado da Nação. Invariavelmente, a minha querida e prezada Mulher Mistério quer acorrentar-nos à sua eterna dieta. E os meus queridos e estimados mini-misteriosos insistem em jantares de McDonald's para cima (para eles uma massa é um prato dietético).

Pois bem, hoje vou fazer uma receita do blog Skinny Taste que promete ser o António Guterres da culinária. É lasanha? É! Mas é light? Também! Leva queijo? Claro! Mas leva massa? Não.

No fundo, é definitivamente um prato de consensos. Trata-se de uma lasanha de courgette que representa tudo aquilo que engorda e o seu contrário. E acho que vai apaziguar temporariamente esta casa que parece uma cantina italiana.

A receita só leva courgette, molho marinara, um ovo, queijo fresco ricotta magro, queijo pecorino (ou Queijo da Ilha), manjericão fresco picado, alho picado e mozzarella ralada. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

noodle-less-zucchini-rollatini-1.jpg

 

 

limonada de chá verde com cubos de gelo de hortelã, a bebida detox que me vai salvar este verão

Nada como uma bebida original, fresca e saudável para me afastar dos maus caminhos. Do caminho da perdição e da desgraça como uma sangria ou um copo de vinho branco (ou dois ou três). Do caminho da bela da mini com uns caracóis e uns tremoços, enfim, de todos os caminhos que inevitavelmente percorro e que me desviam deste calvário que é a minha dieta.

Esta espetacular receita do blog Playful Cooking é ideal para fazer agora, durante o verão, e ir bebendo ao longo do dia. Pode tomar logo de manhã, ao pequeno-almoço, ou em vez da habitual sangria enquanto se delicia com o pôr do sol. Não se esqueça de que o chá verde é um dos melhores aliados de qualquer dieta, tal como uma limonada (sem açúcar, claro!). Por isso, esta receita é basicamente um dois em um.

Só precisa de folhas de hortelã frescas, gengibre e água para os cubos de hortelã. Para a limonada propriamente dita, precisa de limões, saquinhos de chá verde, água, mel, mais folhas de hortelã frescas e algumas rodelas de limão.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente espreite aqui a receita original.

IMG_1262-683x1024.jpg

 

 

o jantar mais rápido do mundo: como fazer um delicioso salmão no microondas só em 3 minutos

É uma espécie de Lucky Luke dos jantares de semana: mais rápido do que a própria receita. Enquanto está a ler este texto, já o jantar está pronto. Só tem tempo de pensar: 

– Vai ser tão bom, não foi?

E porquê toda esta turbo-agitação? Porque esta fantástica receita do blog Healthy Aperture é a primeira que eu encontro de um salmão deliciosamente cozinhado no microondas. Em três míseros minutos. E o resultado é um peixe suculento, cheio de molho e nada seco.

Tudo o que precisa é de lombos de salmão, azeite, sumo de lima espremido no momento, sal, mel e paprika. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

Simple_Smoked_Paprika_Salmon_2.jpg

 

qual é coisa qual é ela que é vegan, sem glúten e só tem 5 ingredientes?

Sabe aquela sensação de… não, não é de absorção! Não sou assim tão previsível. É aquela sensação quando prova o equilíbrio perfeito entre o doce e o salgado… A mim, leva-me ao céu. Como esta tarte de chocolate e caramelo salgado, por exemplo. É a entrada para o paraíso só que, ao mesmo tempo, é um pecado, porque infelizmente (como quase tudo o que é bom) engorda. Por isso, quando eu descobri esta maravilha saudável, vegan, sem glúten, sem leite, basicamente sem nada, no blog Beaming Baker, implorei ao meu querido Marido Mistério para me fazer. É muito fácil e é o ideal para uma sobremesa original ou para um snack a meio da manhã ou da tarde.

Ele só precisa de 5 ingredientes, sem contar com o sal, que é opcional. Para a camada de nozes pecan, tem de ter tâmaras sem caroço, manteiga de amêndoa natural sem sal, nozes pecan, extrato de baunilha e sal. Para a camada de chocolate, precisa de pepitas de chocolate vegan e mais manteiga de amêndoa natural. E, finalmente, vai precisar de mais nozes pecan picadas para usar como topping.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 16 quadrados, espreite aqui a receita original.

No-Bake-Paleo-Chocolate-Pecan-Bars-Vegan-Paleo-Glu

 

 

tarte gelada de lima e leite condensado: são só 5 ingredientes e nem sequer precisa de cozinhar

Esta tarte não é para comer. Ou, pelo menos, não é para comer. Lembra-se do filme A Difícil Arte de Amar? Aquele em que Jack Nicholson e Meryl Streep vivem um casamento, no mínimo, agitado? Em que Meryl Streep acaba uma refeição com uma tarte esborrachada na cara de Jack Nicholson? Pois. Era esta fabulosa tarte de lima e leite condensado.

Não sei se a tarte foi escolhida por ser saborosa (e dar algum reconforto a Jack Nicholson) ou por ser fácil de fazer (e permitir repetir a cena várias vezes). Mas a verdade é que é a tarte perfeita – tanto para saborear num dia de Verão, como para esborrachar na cara de quem o (ou a) estiver a irritar.

A receita é do jornal The New York Times e só leva cinco simples ingredientes: uma base de tarte pronta a comer, leite condensado, gemas de ovos, limas e natas batidas. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

24COOKING-KEY-LIME-PIE1-articleLarge.jpg

 

slushie de coco e cerejas com… o melhor mesmo é ler esta receita (não se vai arrepender!)

Esta receita, do blog With Food and Love, é provavelmente uma das mais loucas que descobri nos últimos tempos por essa blogosfera fora. Pode servir às crianças ou surpreender os adultos, acrescentando 30 ou 60 ml de vodka durante a preparação (o meu querido Marido Mistério já está de olhos esbugalhados tal é a ansiedade).

Basicamente demora 6 minutos a fazer e só precisa de creme de coco, cerejas congeladas sem caroço e 2 latas de Coca-Cola Zero muito geladas. 

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

cherry-cola-coconut-slushie-1-683x1024.jpg

 

 

Pág. 1/4