Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

tarte folhada de alcachofra, brie e molho pesto, uma receita tão fácil que até eu consigo fazer

Hoje vou fazer uma surpresa ao meu querido Marido Mistério. Ele tem trabalhado tanto que merece uma folga na cozinha, pobre alma. Eu também tenho trabalhado muito mas a verdade é que quando chegamos a casa, é Ele que põe o avental. Claro que eu ponho a mesa com a ajuda dos miúdos, arrumo a cozinha, tempero a salada, faço coisas importantíssimas. Mas que culpa tenho eu que Ele tenha a mania que é o Rei do Fogão?

De qualquer maneira, como sou uma alma magnânima, hoje vou fazer esta maravilha facílima e deliciosa que descobri no ótimo blog da Donna Hay. Só porque é fácil. E deliciosa. E irresistível. Eu sei. Estou a repetir-me. É da fome.

Só preciso de 5 ingredientes: massa folhada, queijo Brie partido em pedaços, alcachofras marinadas, um ovo ligeiramente batido e molho pesto. E, claro, sal e pimenta preta moída para temperar.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

artichoke_pesto_brie_tart.jpg

 

 

barco de batata doce com manteiga de amendoim e frutos vermelhos, um pequeno-almoço saudável e original

Chegou o fim-de-semana e com ele uma vontade de não fazer absolutamente nada. E tenho tanto que fazer… Deve ser por isso mesmo. Quanto mais tenho que trabalhar maior é a preguiça. É impressionante. Além do trabalho que tive de trazer para casa, estamos a acabar o nosso segundo livro. Pronto. Não resisti. Contei! Não consigo guardar um segredo. Nem sei como é que ainda não me descaí com a nossa identidade. É um milagre. OK. Não digo mais nada.

Por isso, vou precisar de um pequeno-almoço reforçado para aguentar a labuta deste sábado. E a resposta a todos os meus anseios chegou-me através do blog Running on Real Food. Esta batata doce recheada com manteiga de amendoim vai levar-me à loucura e dar-me a energia que preciso para passar o fim-de-semana a trabalhar.

Só vou precisar de uma batata doce assada no forno, manteiga de amendoim natural, mirtilos, morangos, pepitas de cacau, sementes de cânhamo e flocos de coco ou coco ralado.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para uma pessoa, espreite aqui a receita original.

5-how-to-make-sweet-potato-breakfast-bowls-running-on-real-food-vegan.jpg

 

 

demora menos de 10 minutos a fazer e fica tão cremoso como uma mousse: é um divinal húmus de abacate!

– Ela, acabei de descobrir uma receita espectacular no blog Cooking Classy: húmus de abacate! Como é que eu nunca me lembrei disto antes???

– Húmus de abacate?! Mas qual é a diferença entre isso e guacamole???

Está a ver o que eu sofro em casa cada vez que a minha querida Mulher Mistério decide perorar sobre culinária?! Como é que é possível comparar um cremoso húmus feito com grão, abacate e um exótico molho tahini com um consistente guacamole, feito com cebola, tomate e coentros, em que ainda se sentem alguns pedaços de abacate por esmagar?

Não tem nada a ver, minha doce e prezada Mulher Mistério! É o mesmo que comparar uma omelete com um pão de ló só porque os dois levam ovos.

Esta receita consegue entrar directamente para a lista dos húmus mais cremosos e aveludados de sempre porque o abacate batido dá-lhe uma irresistível suavidade que mais parece uma mousse. Depois, demora menos de dez minutos a preparar. E fica divinal com uns chips de batata doce no forno a acompanhar. Que mais é que podíamos querer para uma sexta-feira à noite?

avocado.jpg

 

 

quadrados de nutella com sal: chegou o meu dia da asneira! (ou talvez não...)

Como é sexta-feira, decidi antecipar o meu Dia da Asneira. Não é grave. Se não tiver outro Dia da Asneira até ao fim da semana, não faz mal nenhum. O problema é que sábado e domingo acabam por ser os-dias-em-que-oficialmente-me-desgraço-toda, por isso não devia desgraçar-me também à sexta. Posso sempre tentar fazer uma coisa: preparar esta tentação que descobri no blog If You Give a Blonde a Kitchen hoje e esperar pela meia-noite para devorar estes irresistíveis quadrados de Nutella. Nesse caso, estarei a pecar oficialmente no meu Dia da Asneira. Ah e tal, mas não se deve comer muito à noite. Paciência. Infelizmente o meu Dia da Asneira só tem 24 horas e tenho de aproveitar cada uma delas.

Para fazer esta maravilha, vou precisar de farinha, fermento, flor de sal, manteiga (derretida e arrefecida), açúcar mascavado, ovos, baunilha e, claro, Nutella.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 25 quadrados, espreite aqui a receita original.

salted-nutella-blondies-9.2016-e1490145394814.jpg

 

 

começou a campanha eleitoral que interessa: vota casal mistério para a presidência (perdão, para blog do ano)

Enquanto o candidato do PS à Câmara Municipal de Montemor-o-Novo tenta acabar com 40 anos de PCP à frente da autarquia, nós tentamos transformar-nos nuns pequenos dinossauros – não autárquicos, mas blogosféricos. É verdade: o impensável aconteceu! Numa inexplicável crise de discernimento, o prestigiado júri do prémio Blogs do Ano, organizado pela Media Capital, decidiu nomear pela segunda vez consecutiva este vosso casal amigo como candidato ao prémio de melhor Blog de Culinária.

E é essa enorme honra que nos traz aqui hoje.

chicaporra.png

galvc3a3o-montemor.jpeg

 

batata doce recheada com bacon e queijo, uma receita pura e simplesmente irresistível

Hoje o nosso jantar vai ser diferente. Não há cá bifes, nem frango, nem salmão. Os nossos Mini-Misteriosos não vão ter razão de queixa. Vão adorar estas fantásticas e crocantes batatas doces com bacon e queijo no forno que descobri no ótimo blog Sally’s Baking Addiction. Até vão chorar por mais.

Só vou precisar de quatro batatas doces médias, azeite, leite, sal, pimenta preta moída, queijo ralado à sua escolha (pode ser cheddar ou mozzarella ou ambos), bacon (já cozinhado e crocante) e natas azedas e cebolinho picado para servir.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 8 pessoas, espreite aqui a receita original.

Simply-Loaded-Sweet-Potato-Skins-what-a-great-snack-or-side-for-game-day-3.jpg

 

está de dieta? então este brunch biológico e saudável é para si

21034568_2076731332340633_8312981060801826096_n.jpg

Sinto-me como a Dorothy, depois de ter mergulhado de cabeça no arco-íris. À minha frente, tenho uns sumos de papaia e cenoura cor-de-laranja. À minha esquerda, uma Salada César verde e uma salada de couve roxa. À minha direita, um pudim de chia amarelo, um prato de frutos vermelhos e vários bolinhos em diversos tons de castanho. Isto para não falar do salmão fumado, do abacate, do húmus, dos tomatinhos ou de outro prato que mistura todo o tipo de frutas coloridas.

No Local Your Healthy Kitchen, em Cascais, tudo tem bom aspecto e tudo está exposto num fantástico buffet de brunch aos domingos (€17 por pessoa). Incluídos estão ainda ovos, panquecas integrais e bebidas quentes ou frias – chás, cafés, leites, etc. – tudo feito no momento. Se, mesmo assim, ainda ficar com fome, pode sempre escolher o que quiser da ementa e pagar à parte.

 

 

5 jantares saudáveis para fazer só com 5 ingredientes

É quase o número perfeito. É a quantidade de dedos de uma mão, de dias de trabalho numa semana, de pessoas dentro de um táxi, de neurónios no cérebro do Donald Trump. O cinco é o único número que tem a quantidade de letras correspondente ao número que representa. Mas, mais importante de tudo, é o número que vem a seguir ao quatro. E antes do seis.

É por tudo isto que hoje tenho aqui 5 receitas com apenas 5 ingredientes para resolver o nosso jantar. Com cinco ingredientes, conseguimos fazer uma receita fácil e prática, rápida e simples, deliciosa e maravilhosa. Se calhar, também conseguiríamos fazer com seis ingredientes, mas não seria a mesma coisa.

 

Noodles de courgette com camarão

courgette.jpg

É uma moda que entrou por esta casa como a Hilda Furacão (tenho de parar com estas referências a novelas dos anos 90 senão ainda começam a pensar que sou velho). Os noodles de courgette agradam a toda a gente nesta família – além de não engordarem, são deliciosos. Para fazer esta fantástica receita do blog Just a Taste, só vai precisar de camarão descascado, alho picado, vinho branco, sumo de limão espremido no momento e duas courgettes.

Depois, é cortar as courgettes em noodles com um espiralizador e saltear os camarões com o alho e um fio de azeite. Coloque os camarões de parte, mantendo o molho na frigideira. Acrescente o vinho branco e sumo de limão e aqueça enquanto raspa o fundo da frigideira para soltar todos os sabores. Finalmente, coza lá os noodles de courgette durante dois minutos e junte tudo. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

 

 

o meu mais recente vício saudável: granola crocante de trigo sarraceno

Chama-se trigo sarraceno ou trigo mourisco mas na verdade não é trigo, é uma semente da família da quinoa. É cada vez mais venerado pelos nutricionistas porque, além de ser uma poderosa fonte de energia sem glúten, tem inúmeros benefícios para a saúde. Muito utilizado nas dietas macrobióticas, vegetarianas ou hipocalóricas, eu tinha de experimentar. Eu sei. Sou uma experimentalista. Uma empirista das dietas.

No outro dia, por exemplo, bebi leite de trigo sarraceno e confesso que só me apeteceu vomitar, mas já esta receita de granola da Donna Hay levou-me ao céu.

Nutritivo, energético e saboroso, o trigo sarraceno é ideal para celíacos porque não tem glúten. Além disso, ajuda a prevenir doenças cardiovasculares, é rico em ferro e vitaminas do grupo B, ajuda a controlar os níveis de açúcar no sangue, tem propriedades anti-inflamatórias, contribui para a diminuição da massa gorda no organismo e para um baixo nível de colesterol, entre outros benefícios. Mau! É um alimento ou é um remédio?? É as duas coisas o que é uma maravilha…

E para fazer esta receita deliciosa, crocante e saudável, só vai precisar de trigo sarraceno cru, amêndoas picadas, sementes de abóbora, sumo de limão, sementes de sésamo e de chia, arandos secos picados, gengibre em pó, xarope de ácer, óleo de coco derretido, leite e mirtilos para servir.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

crunchy_buckwheat_granola.jpg

 

 

peitos de frango com molho de coco e manga: como fazer um jantar exótico com os ingredientes que tem em casa

Pode não acreditar mas eu sou provavelmente uma das piores donas de casa da história das donas de casa. Acho que sou boa mãe, lá isso sou, ou pelo menos tento ser. Os nossos Mini-Misteriosos estão sempre a presentear-me com dedicatórias, livros e cadernos a dizer que sou a melhor mãe do mundo e eu fico nas nuvens. Se calhar só me estão a dar graxa mas eu não me importo, fico feliz na mesma.

Agora, como dona de casa sou um absoluto desastre. Não me interprete mal, sou muito arrumadinha, obcecada com limpeza e a nossa casa costuma estar a brilhar. Mas há um aspeto que tenho de assumir com frontalidade: sou uma lástima a planear refeições, sobretudo o jantar. Esqueço-me. Não há nada a fazer! Admiro aquelas pessoas que fazem ementas semanais, que têm os jantares planeados para praticamente um mês. 

E o que é que acontece? Chego a casa e, sorrateiramente, longe dos olhares críticos do meu querido Marido Mistério e da nossa prole, descongelo bifes à pressa. OK, de vez em quando são bifes de peru, ou peitos de frango, ou strogonoff de peru, ou strogonoff de frango. Os miúdos queixam-se amargamente!

– Outra vez bifes? O que vale é que somos filhos do Casal Mistério! Que sorte que temos!

– Experimentem trabalhar o dia inteiro e chegar a casa e ainda escrever um blog! A cabeça não dá para tudo!

OK, não é desculpa, eu sei. Quando é o meu querido Marido Mistério a tratar do jantar, temos receitas dignas de restaurantes estrelas Michelin. Por mim, podia passar a ser sempre o pelouro dele, mas o pobre ainda chega mais tarde do que eu a casa e não posso escravizá-lo todos os dias. 

Por isso, hoje, para evitar um PREC em casa, hoje vou descongelar os peitos de frango do costume mas vou dar-lhes um toque exótico graças a esta maravilhosa receita que descobri no blog Carlsbad Cravings.

Demora meia hora a fazer e os miúdos nem vão perceber que estão a comer os peitos de frango do costume.

Chicken-in-Coconut-Mango-Verde-Sauce-9.jpg

 

vídeo: o almoço mais fácil e saudável para levar para o trabalho

 

quinoa.jpg

Cá em casa vivemos quatro crianças, dois adultos e uma marmita. É assim. Há já uns anos que a nossa querida Marmita Mistério se juntou à família e nos acompanha quase todos os dias para o trabalho. Só ainda não divide o quarto connosco porque não calhou, mas há-de lá chegar. 

A minha prezada Mulher Mistério não dispensa o seu almocinho saudável preparado em casa – especialmente quando está de dieta – e eu também já me habituei a esta moda – especialmente desde que percebi que posso fazer receitas deliciosas, práticas e rápidas que não custam nada a preparar.

Hoje vou levar esta fabulosa salada de quinoa com tomatinhos cherry, bolas de mozzarella e umas folhas de manjericão fresco. Para temperar, usei azeite virgem extra e um fantástico vinagre de tomate da Oliveira da Serra que realça maravilhosamente o sabor dos tomatinhos cherry e combina na perfeição com o manjericão. Eu nunca tinha experimentado este vinagre mas, depois de a Oliveira da Serra nos ter lançado este desafio para fazer uma receita com ele, já conquistou um lugar na nossa despensa ao lado da Marmita Mistério.

 

O almoço ideal para levar para o trabalho: salada de quinoa, t...

É a receita perfeita para quem quer recuperar dos excessos do Verão: uma maravilhosa quinoa soltinha com tomate cherry, mozzarela e vinagre de tomate Oliveira da Serra. Um almoço frio ideal para levar para o trabalho. Receita completa aqui: https://goo.gl/SRAC4c #quinoa #dieta #video #casalmisterio

Publicado por Casal Mistério em Terça-feira, 26 de Setembro de 2017

 

Além disso, a quinoa vermelha ficou bem solta e suculenta e enche mas não engorda, o que deixa a minha querida Mulher Mistério com um sorriso mais branco do que o Artur Albarran. 

 

a receita de salmão mais famosa da net: rolinhos de massa filo com espinafres e queijo para fazer em 20 minutos

Às segundas-feiras, o salmão está para a cozinha mistério assim como os debates de futebol estão para as televisões portuguesas. Nunca falta. Só há uma diferença: o salmão não me martela o cérebro com gritos, ofensas e indignações. Antes pelo contrário: deixa-me tão feliz como o Marcelo Rebelo de Sousa cada vez que vê uma praia à frente. É fácil de fazer e delicioso de comer, o que é tudo o que eu preciso quando ainda tenho pela frente quatro dolorosos dias de trabalho.

Hoje, vou experimentar fazer aquela que é a receita de salmão mais popular no Pinterest, esse paraíso da comida apetitosa. Só nos nove primeiros meses deste ano, já teve mais de 267 mil partilhas naquela rede social. E porquê? Porque é fácil, é barata e dá milhões. Milhões não dá, mas dá para jantar sem ter de se enfiar na cozinha durante duas horas.

A receita é da Kraft e só precisa de 4 lombos de salmão, 1 embalagem de espinafres congelados, queijo feta, iogurte grego (a receita original é com molho para salada) e 12 folhas de massa filo. Para o molho, separe natas azedas (ou mais iogurte grego em substituição), pepino e endro. Para saber as quantidasde certas de cada ingrediente, para quatro pessoas, consulte a receita original aqui.

salmao.jpg

 

batido de aveia e maçã, o pequeno-almoço ideal para começar a semana e recomeçar a dieta

Esta receita do blog Lulu the Baker é saudável, faz-se em 10 minutos e, por isso, é ideal para começar a semana determinada e de consciência tranquila. Hoje, tal como todas as segundas-feiras, recomeço a dieta e esta maravilha saudável vai ser o meu pontapé de saída.

Só preciso de leite (pode ser normal ou de coco ou amêndoa, o que quiser), maçãs, flocos de aveia, sementes de cânhamo (ou de chia ou linhaça), manteiga de amêndoa, canela e gelo (é opcional, só se preferir beber o batido frio).

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 1 a 2 pessoas, espreite aqui a receita original.

Apple-n-Oats-Breakfast-Smoothie-2-e1420440303521.jpg

 

 

fatias de tomate panadas com abacate e ovos escalfados: o brinner instalou-se de vez na mansão mistério

Esta nova moda do brinner veio para ficar na Mansão Mistério, sobretudo aos domingos à noite. Este é daqueles dias da semana em que a preguiça atinge um ponto tal que não nos apetece fazer absolutamente nada, nem mesmo o jantar. E esta ideia de fazer uma espécie de pequeno-almoço ao jantar foi implementada cá em casa aos domingos depois de uma votação em que o brinner, curiosamente, venceu por unanimidade. Hoje, o nosso jantar-que-na-prática-é-também-um-pequeno-almoço é esta deliciosa receita que descobri no blog Taming of the Spoon. É surpreendente, é deliciosa e é fácil de fazer, o que é tudo o que precisamos num domingo à noite.

Para fazer esta receita, precisa de ter em casa um tomate grande verde, sal, pimenta preta moída, farinha, um ovo grande, leitelho, pão ralado panko e azeite. Depois vai precisar também de um abacate médio, sumo de limão fresco e mais ovos.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 2 a 4 pessoas (depende da fome de cada uma), espreite aqui a receita original.

Fried-Green-Tomatoes-2-1.jpg

 

 

como transformar um cheesecake numas deliciosas panquecas

É a pergunta que a Humanidade devia fazer todos os domingos de manhã: o que é que nos pode levar a não comer umas panquecas ao pequeno-almoço de fim-de-semana? É claro que não me atrevo a fazer esta pergunta à minha querida Mulher Mistério, porque ela demoraria apenas cinco segundos a apresentar-me uma infinita lista de razões, que iriam desde a farinha ao açúcar, passando por todos os outros ingredientes que poderiam beliscar minimamente a sua querida e estimada dieta.

Por isso, vamos tentar manter esta conversa entre pessoas que não acham que o Fernando Póvoas é o messias do século XXI. As panquecas são fundamentais para qualquer brunch, da mesma forma que um cheesecake é fundamental para qualquer sobremesa. E então, se conseguirmos juntar umas panquecas e um cheesecake no mesmo prato, estamos perante uma das mais relevantes descobertas dos tempos modernos.

É exactamente isso que consegue fazer esta fantástica receita do maravilhoso blog Art From My Table. A massa destas panquecas leva queijo creme, o que a torna muitíssimo mais macia e fofinha. E o topping leva um extraordinário doce de morango caseiro. Que mais é que poderia precisar?

cheesecake.jpg

 

Pág. 1/5