Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

salada de burrata com tomate, trufas e pinhões

 

Minhas queridas senhoras tão preocupadas com a linha,

 

Da mesma maneira que o calor do Verão não é motivo para virarem vegetarianas, o frio do Inverno não é desculpa para ostracizarem as saladas das vossas vidas. Temperaturas abaixo de dez graus não têm de ser sinónimo de chouriço assado a pingar gordura em cima de uma canoa de barro. Isso também é bom. Mas o Inverno não tem de ser só isso. Feita a introdução, aqui vai uma dica de salada para depois do Natal ou para um Ano Novo vegan. Primeiro, a matéria-prima. Tomate que é verdadeiro tomate vem da horta. Da sua ou da de alguém. Por isso, se não tem um pequeno tomateiro em casa (não fiquem abespinhadas que não é assim tão difícil), arranje uma daquelas empresas de cabazes biológicos e encomende tomate cherry. Corte os tomatinhos ao meio e coloque-lhes em cima burrata às fatias (qualquer semelhança com mozarella é pura coincidência - esta pode ser comprada em qualquer mercearia melhorzinha) e uma folha de manjericão (se for da horta, melhor).

A seguir, tempere com azeite, vinagre balsâmico e flor de sal. E depois dê-lhe o toque de Inverno: umas raspas de trufa (as nacionais, são bastante piores, mas estão à venda no Jumbo por um preço acessível) e um pouco de azeite de trufa. Como já temperou com o azeite normal, basta pôr um bocadinho de azeite de trufa para dar sabor. Mesmo antes de servir, polvilhe com pinhões. O resultado... bom, o melhor é ver pela fotografia.

 

Como dizia o outro, um bom fim de ano para si, onde quer que esteja,

 

Ele