Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

5 dicas para conservar os legumes e a fruta em casa durante mais tempo

É um dos grandes dilemas da Humanidade: devo guardar o tomate dentro ou fora do frigorífico? E outro: como é que eu evito que uma banana apodreça em poucos dias? E mais um: como é que posso conservar as ervas aromáticas frescas em casa? Pois bem, a dilemática acabou. Estas são as dicas por que a Humanidade há tanto ansiava. Escusam de agradecer...

 

#1 Guarde o tomate fora do frigorífico

tomato-salad-with-shallot-vinaigrette-capers-and-b

O aviso é da respeitadíssima revista Bon Appétit. Aquela textura farinhenta e empapada que o tomate às vezes tem vem do excesso de frio. A forma ideal de conservar o tomate é num local fresco e seco, afastado de outra fruta por causa do etileno que está na fruta e que acelera o apodrecimento. Quanto àquele mito de que o tomate dura mais com o pé virado para cima ou para baixo, é indiferente. Não há nenhum dado científico que suporte isso. A única diferença é que se virar um tomate maduro com o pé para baixo vai evitar que se forme uma enorme mancha no fundo do tomate.

 

#2 Cubra a ponta dos cachos de bananas com película aderente para durarem mais três a cinco dias

enhanced-22071-1437082382-7.jpg

A dica é do site Prevent Disease e funciona mesmo se deixar as bananas fora do frigorífico.

 

#3 Guarde as ervas aromáticas dentro de um copo com água, cobertas por um saco de plástico, no frigorífico

52556cecdbfa3f0d61000ebf._w.540_h.358_s.fit_.jpg

Esta técnica do site The Kitchn garante que os coentros ou a salsa aguentam impecavelmente no frigorífico durante uma semana ou mais. Corte a pontinha do pé das ervas e coloque-as dentro de um copo com água. Ponha um saco de plástico por cima e prenda-o com um elástico à volta do copo. Guarde no frigorífico e vá tirando à medida que precisar.

 

#4 Ou seque as ervas aromáticas no microondas quando começarem a ficar murchas

20150317-drying-herbs-storage-2.jpg

Esta dica do blog Serious Eats é simplesmente brilhante e brilhantemente simples. Separe as folhas das ervas e coloque-as num prato, por cima de uma folha de papel de cozinha (não use papel reciclado que pode pegar fogo) ou de uma toalha de cozinha. Cubra as ervas com outra folha de papel de cozinha ou com outra toalha e coloque no microondas, a 800 watts, durante 40 segundos a um minuto (depende do tipo de erva). Confirme como estão as ervas. Se for preciso, ligue o microondas mais 20 segundos. As ervas ideais para secar são as de folha grossa como alecrim, tomilho, orégãos ou manjerona. A salsa, os coentros, a hortelã ou o manjericão também podem ser desidratadas, mas vão perder mais sabor. Depois de prontas, pode guardar as ervas inteiras num frasco ou esmagá-las antes num almofariz.

 

#5 Embrulhe os brócolos, a cenoura ou o aipo em papel de alumínio antes de guardar no frigorífico

56568828.jpg

O site eHow explica: se embrulhar alguns vegetais levemente em papel de alumínio, vai protegê-los da luz (que pode acelerar o apodrecimento e alterar os sabores) e permitir que o ar circule e os gases que prejudicam os vegetais se libertem. Esta técnica não funciona com todos os artigos. Os cítricos e o tomate, por exemplo, fazem uma reacção quando colocados em contacto com o alumínio.

 

Uma boa semana para si onde quer que os vegetais estejam,

Ele

 

2 comentários

Comentar post