Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

cinco hotéis únicos para passar umas férias inesquecíveis no sítio mais bonito de portugal: os açores, claro!

11351383_1075340255829365_4531301999486958888_n.jp

Depois de dois dias com cheirinho a verão, adotei as havaianas e já só penso nas próximas férias. Apesar da chuva. É-me indiferente. Adoro marcar e planear férias. Pena que depois passem a correr… mas enfim. Um dos destinos preferidos da nossa Família Mistério é os Açores. Já lá estivemos três vezes com as crianças e, todos os anos, elas perguntam-nos quando é que voltamos outra vez.

E os miúdos não são os únicos a adorar este espetacular e selvagem destino. Recentemente, o Washington Post considerou o arquipélago “um paraíso indomado” e a edição holandesa da revista Traveler, da National Geographic, colocou os Açores em primeiro lugar na sua lista dos 20 locais mais bonitos do mundo para visitar em 2016.

 

Captura de ecrã 2016-05-01, às 20.09.51.png

Ver as baleias, nadar com golfinhos selvagens no meio do Atlântico, fazer caminhadas pela montanha mais alta de Portugal, dar mergulhos em piscinas naturais deslumbrantes, tomar banho em águas cheias de peixes de várias cores, organizar passeios de bicicleta por entre lagoas, crateras e rochas vulcânicas, ir beber um copo ao maravilhoso Cella Bar, na ilha do Pico, ou devorar as viciantes lapas com manteiga derretida e alho são motivos mais do que suficientes para me pôr já a fazer as malas.

Só falta mesmo é escolher um hotel para ficar. Estes são os meus cinco eleitos no arquipélago – e que me fazem sonhar com umas férias inesquecíveis no meio da natureza.

 

Santa Bárbara, São Miguel

sofas.jpg

Situado entre a serra e o mar, o Santa Bárbara é ideal para férias em família. Até famílias numerosas como a nossa. Com uma localização única, de frente para o mar, e com uma praia com mais de um quilómetro de areia (escura, como a maior parte das praias dos Açores), tem ainda vista para a montanha da Lagoa do Fogo. Aqui reina a simplicidade dos Açores, o bom gosto dos proprietários e os tons verdes e azuis da paisagem de São Miguel. Com uma decoração em tons naturais, madeiras claras e microcimento, casas-de-banho esculpidas em betão, o Santa Bárbara Beach Resort tem 14 Villas (com 1 ou 2 quartos), restaurante, beach club e acesso direto à praia.

piscina6.jpg

Os quartos estão divididos em três tipos de villas: as Garden Villas, que têm vista para o jardim, as Blue & Green Villas, que têm uma vista privilegiada sobre a praia de Santa Bárbara e a serra da Lagoa do Fogo, e as Retreat Villas, as mais exclusivas do resort, com jacuzzi exterior e um deck com uma vista deslumbrante. Incluem também uma pequena kitchenette e as casas de banho têm pormenores mais requintados, como uma pequena cascata que desagua na banheira de betão. As camas são suspensas, com uma vista única para a cidade da Ribeira Grande, para a serra, de um lado, e a praia de Santa Bárbara, do outro.

quartocasal.jpg

banheira1.jpg

casa_de_banho_t1_4.jpg

O restaurante tem uma localização privilegiada e a carta orgulha-se de oferecer "sabores genuínos conseguidos através da frescura dos ingredientes locais e sazonais". No pequeno-almoço, não vão faltar, com certeza, os bolos lêvedos das Furnas e o pão típico da Ribeira Grande.

rececao.jpg

pa2.jpg

As atividades são inúmeras: com praia e serra, é só escolher o que lhe apetece fazer. Por mim, chega-me fazer aquele desgastante exercício que é ir do mar para a toalha e da toalha para o mar. Os preços? Espreite aqui.

 

Furnas Boutique Hotel Termal & Spa, São Miguel

furnas-boutique-hotel-gallerydsf6973-large-.jpg

Rodeado pela imbatível natureza selvagem dos Açores, este paraíso fica nas Furnas, onde está a maior concentração de águas termais da Europa. (Era tudo o que eu precisava! Infelizmente já me sinto na Idade das Termas).

furnas-boutique-hotel-gallerydsc_0726-1-large-.jpg

Após uma profunda remodelação, com a assinatura do internacionalíssimo arquiteto português Miguel Saraiva e com design de interiores de Nini Andrade Silva, este hotel, gerido pela DHM (os mesmos donos do Praia Verde Boutique Hotel, de que falámos aqui, e do Vila Monte Farm House, que pode conhecer aqui, ambos no Algarve), tem 55 quartos, todos com ar condicionado e impecavelmente bem decorados, com tudo aquilo a que um ser humano moderno tem direito: wi-fi grátis, televisão de ecrã plano com canais via satélite, minibar, mesa de escritório, cofre e, claro, telefone. As casas-de-banho têm banheira ou polibã, secador de cabelo e artigos de higiene pessoal.

furnas-boutique-hotel-gallerydsc_05962.jpg

No restaurante À Terra (semelhante ao À Terra, no Algarve, que pode conhecer aqui), o forno a lenha está no centro do espaço e oferece uma cozinha caseira, rústica e saudável. A receção tem o delicioso conceito de lobby market, sendo ao mesmo tempo um local de boas-vindas e de lazer, porque inclui um bar e uma mercearia que vende saborosos produtos gourmet.

furnas-boutique-hotel-gallerydsc_08592.jpg

A principal atração do hotel é o fantástico serviço de spa que utiliza a água termal mesmo ali à mão, denominada “Água Férrea das Quenturas” com uma temperatura de 59,6º C. O spa tem piscina termal dinâmica, centro de fitness e 10 salas de tratamento onde se pode fazer massagens, hidromassagem, floatbed, duche vichy, entre outros.

furnas-boutique-hotel-gallery_dsf6992-large-.jpg

E claro, atividades não faltam: além de passeios de bicicleta ou a pé, observação de cetáceos, nadar com os golfinhos, piqueniques, pesca ou mergulho em alto mar, pode explorar a região, já que o hotel fica perto da Poça da Dona Beija, da Lagoa das Furnas, da praia de Povoação e do Pico da Vara. Se quiser saber mais informações, espreite aqui.

 

Pocinho Bay, Pico

11391368_1075340185829372_7861312786175151925_n.jp

Estivemos aqui com os miúdos há uns anos e foram, sem sombra de dúvida, umas férias inesquecíveis. Situado a 10 minutos de carro do centro de Madalena, a principal vila da ilha, em frente a uma baía com vista para a ilha do Faial, é o melhor e mais bonito hotel de toda a ilha do Pico. A varanda e o alpendre, os 6 quartos e a sala destacam-se pela decoração moderna e elegante que contrasta na perfeição com a arquitetura típica das casas do Pico. Tetos e chão de madeira, casas-de-banho minimalistas de cimento afagado, paredes de pedra com interiores clean, de muitíssimo bom gosto e híper confortáveis dão-nos uma imensa preguiça para sair do hotel.

10857319_1028926370470754_7375252645500722462_o.jp

11053202_1076115752418482_5800274707318423756_n.jp

A alma açoreana está presente em cada canto do Pocinho Bay mas com um toque de luxo e requinte que não encontra em nenhum outro lado da ilha. Os 6 quartos incluem mini bar, cofre, camas queen size (duplas disponíveis), almofadas e édredons hipoalergénicos, banheira e duche, televisão satélite, internet sem fios e alguns detalhes decorativos étnicos que os donos trazem das viagens que fazem pelo mundo e que dão cor aos espaços e fazem toda a diferença.

10861117_1028927190470672_1108401734439747378_o.jp

11666146_1094459277250796_7006097451684650120_n.jp

10857303_1028927090470682_3701876776632051904_o.jp

E a villa (com entrada privativa, jardim, dois quartos e duas casas de banho, varanda, jacuzzi e vista de mar) é pura e simplesmente imperdível.

11096383_1047013451995379_7371074275787020074_o.jp

É claro que, por tudo isto, os precos não são propriamente baratos comparando com a média da oferta hoteleira no Pico, mas garanto que vale cada cêntimo gasto. Para reservar e saber mais pormenores vá aqui.

 

Quinta das Mercês, Terceira 

ex3.jpg

Imagine uma quinta em cima do mar. Agora teletransporte-se para a Quinta da Nossa Senhora das Mercês e delicie-se, porque vai viver uma experiência única. Localizada na zona protegida do Monte Brasil, está entre o mar e a mata Atlântica.

a1.jpg

A quinta remonta ao século XVI mas só no século XVIII foi construído o solar e depois a ermida. Os interiores mantêm a traça e o espírito senhorial de outros tempos: uma decoração clássica (que não é propriamente o meu género, será mais o da minha mãe) mas é, ao mesmo tempo, confortável e coerente com todo o ambiente: tem 12 quartos, incluindo 9 quartos duplos, 1 suite, quartos com jardim privativo e outros com vista de mar, todos equipados com casa de banho, secador de cabelo, sistema de climatização e aquecimento, telefone direto, TV por cabo, internet e rádio incorporado na TV.

ex13.jpg

O pequeno-almoço é buffet e está incluído no preço do quarto. As atividades à disposição são várias: piscina, ténis, golf, caiaques, pesca, caminhadas, caça submarina e passeios de barco. Nós ainda não lá estivemos, mas ficámos tentados. Se quiser saber mais informações, espreite o site aqui.

 

Casa dos Barcos, São Miguel 

12341030_532640006911886_4773515206340012301_n.jpg

Situada a cerca de meia-hora de carro de Ponta Delgada e a 20 minutos do aeroporto, esta casa foi projetada e recuperada, juntamente com a Casa Grande, pelo atelier SIA arquitetura, com um incrível bom gosto, num estilo simples, minimalista e contemporâneo. Inserida numa espetacular propriedade com 920 hectares, com uma vista deslumbrante sobre a Lagoa das Sete Cidades, esta casa é maravilhosa pela sua simplicidade.  

12246654_532639556911931_2835695570845618215_n.jpg

A sala tem umas enormes portas de vidro em arco rotativas que abrem para a lagoa, mesa de jantar onde cabem até oito pessoas e uma kitchenette equipada com máquina de lavar louça, fogão, forno, micro-ondas e frigorífico com congelador.

12346601_532639996911887_4863828382503493968_n.jpg

No andar de cima, há um quarto com uma cama de casal, um closet e uma casa-de-banco com duche e banheira. Pormenores como os candeeiros suspensos de cada lado da cama refletem a simplicidade e o bom gosto da decoração. Para ficar na Casa dos Barcos, terá de dormir no mínimo duas noites e os preços de duas noites variam entre €150 por noite (época baixa) e €200 por noite (época alta). Estes preços aplicam-se a duas pessoas. Se quiser levar bebés até aos 5 anos, terá de pagar mais €40 por dia, se levar crianças até aos 12 anos, são mais €80 por dia. Veja todos os detalhes das duas casas aqui.

Depois de ver tudo isto, diga lá: do que é que está à espera? Faça como eu e comece já a fazer as malas!

 

Boas férias,

Ela

 

9 comentários

Comentar post