Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

5 piqueniques especiais para fazer uma surpresa original no dia da mãe

920856_555033787874586_337831149_o.jpg

Está desesperado porque não sabe que surpresa original há-de fazer para o Dia da Mãe? Eu bem sei o que isso é. Cada vez é mais difícil surpreender uma mulher, não é verdade? Nestas situações de emergência, não há nada como recorrer a verdadeiros especialistas na arte de surpreender e, cá em casa, os especialistas são os meus queridos Filhos Mistério.

Este ano, os Mini-Misteriosos tiveram uma ideia genial: fazer um piquenique em família. Como são várias mães entre Mãe Mistério, Sogras Mistério, Noras Mistério e Cunhadas Mistério, decidimos fazer um piquenicão. Não vamos ter feijoada nem o Tony Carreira a cantar, mas vai ser um programa divertido.

É claro que não posso dizer onde nem quando vamos piquenicar para não liquidar sumariamente o mistério deste vosso querido casal, mas posso mostrar-lhe os piqueniques mais tentadores que descobri na minha busca, com tudo já preparado, claro. Aqui fica um verdadeiro guia do piquenique – do Douro ao Alentejo.

 

Piquenique no Douro

Quinta do BonfimPinhão

image-30_img_118.jpg

A vista é uma das mais deslumbrantes do Douro. Eu nunca aqui fui fazer piqueniques, mas já lá fui visitar a quinta e experimentar os fantásticos Vinhos do Porto da Symington – e adorei.

Se quiser o programa do piquenique, tem de reservar com antecedência. Custa 25 euros por pessoa e tem direito a um cesto com vinho Altano branco, pão, prato de queijos, bolinhas de alheira com sementes de sésamo, quiches, salada, salada de fruta fresca e bolo de noz.

2_quinta-do-bomfim.jpg

Mas o melhor é mesmo o spot onde vai piquenicar. Pode optar por descobrir a quinta e sentar-se no chão, à sombra da vinha, ou pode aproveitar a esplanada da Casa dos Ecos só para si, onde fica isolado de tudo o resto, só com as vinhas e o rio Douro à sua volta, e com umas simpáticas cadeirinhas e umas mesas para se refastelar. Como a casa fica numa elevação, a vista é um sonho.

No final, volta à casa principal, entrega o seu cesto de piquenique e ainda lhe oferecem um Vinho do Porto para acabar bem o seu dia. É ou não é um programa digno de uma Mãe Mistério?

 

Piquenique no jardim

Hotel da EstrelaLisboa

532b77b2bb0876a8c7b358b6d3dd8cb8.jpg

É num hotel, mas é quase como se não fosse. O Hotel da Estrela fica no centro de Lisboa, mas tem uns óptimos jardins onde pode estender uma toalha com vista para a Basílica da Estrela. Não é propriamente a paisagem do Douro, mas é bem melhor do que almoçar em casa.

O piquenique custa 19 euros por pessoa e inclui pão, patês, queijos, charcutaria, compotas, sopa fria, empada de galinha, folhado de vegetais, espetada de tomate e mozzarella com pesto, baguete de rosbife com mostarda antiga, batatas fritas, mousse de chocolate com salame, frutas, águas e cafés.

As crianças entre os 4 e os 11 anos pagam metade e até aos 3 anos não pagam nada.

xhimzdj55j2vvepxua1iljgbp22.jpg

Se quiser uma versão mais requintada de um piquenique no centro da cidade, experimente o do Hotel Pestana Palace. Todos os anos, tem opções de piqueniques nos jardins do Marquês de Valle-Flôr, em Lisboa. O espaço é lindo, o problema é que os piqueniques de 2017 só vão começar mais perto do Verão, por isso não vai dar para o Dia da Mãe. No entanto, fica já a saber que há sushi, ceviches, tártaros e outras maravilhas. Custa é 35 euros por adulto.

 

Piquenique na praia 

Ant’s BasketLisboa e Porto

17523486_1444848295559793_9041149555179937360_n.jp

Aqui o que encontra é um piquenique personalizado. Escolha onde quer fazer o programa: na praia, na serra, num jardim, a bordo de um veleiro ou junto ao rio – tudo é possível. Depois, diga a hora e que tipo de comida lhe apetece mais. A Ant’s Basket trata de tudo o resto. Prepara a ementa, a refeição e o local. E até leva empregados para servirem o piquenique.

Os preços e a ementa variam consoante o programa. Há menus de brunch, de almoço ou de jantar. E podem incluir bruschettas, requeijão, tartes de salmão ou muito mais petiscos.

A minha querida Mulher Mistério já me tinha falado deste programa várias vezes, mas infelizmente ainda nunca experimentámos. Talvez seja desta…

 

Piquenique num veleiro

Sem Fim, Alqueva

17040701_T86kd.jpeg

Isto é um bocadinho mais do que um simples piquenique. É um passeio de veleiro pela barragem do Alqueva, no Alentejo, com um maravilhoso piquenique alentejano a bordo. O barco veio da Holanda, onde percorria os canais, e é um dos programas obrigatórios da região. Se for fazer o programa a quatro, é caro, mas se juntar toda a família alargada – avós, sogras, tias e outras mães – fica mais em conta.

O passeio à vela percorre uma parte da barragem e até pode pedir para parar em algumas das ilhas desertas que existem a meio do grande lago. Há inclusivamente uma ilha com areia na barragem, ao largo da qual pode fazer um almoço fantástico: o espectacular pão alentejano do Telheiro, os divinais queijos frescos caseiros, as óptimas azeitonas da região, o delicioso paio ou os magníficos petiscos para ir picando ao longo da viagem. 

18722307_lyok5.jpeg

Quem organiza estes passeios é o restaurante Sem Fim, que fica no sopé de Monsaraz. Se quiser aproveitar para passar o fim-de-semana completo no Alqueva, espreite aqui o roteiro que já publicámos da região.

 

Piquenique na cidade 

TaviPorto

775_Piquenique_41_1.jpg

aqui falámos do fabuloso hambúrguer cortado à faca, com maionese de tomate seco. Mas a Tavi, no Porto, é muito mais do que isso. É uma óptima pastelaria e agora também tem cestos de piquenique. Só precisa de escolher o sítio ideal para montar a toalha. Depois liga para a Tavi e encomenda um cesto com mini-quiches de frango ou de legumes, mini-croquetes, batatas fritas, mini-rissóis, panados de frango, pãezinhos com queijo e fiambre, salada de frutas e – mais importante de tudo – os bolos miniatura que são a minha perdição.

Para beber, vem cerveja ou sumo de fruta. E até lhe dão pratos, copos e guardanapos. A única coisa que precisa de levar é a toalha e umas almofadinhas para se encostar – que a idade já não perdoa.

Captura de ecrã 2017-05-03, às 18.40.35.png

O piquenique custa 14,5 euros por pessoa e o cesto de verga onde vem tudo custa 10 euros, mas fica para si. Se não quiser o cesto, pode levar o seu e não tem de pagar este extra. Não se esqueça é de marcar com antecedência.

Agora é só escolher um local para fazer o seu piquenique de Dia da Mãe, no Porto ou no resto do país. Eu voto na praia – se conseguir descobrir uma sem gente nesta altura do ano –, já a minha querida Mulher Mistério prefere a Serra de Sintra, os jardins de Serralves ou o Gerês.

 

Um óptimo Dia da Mãe para todas as mães onde quer que o piquenique esteja,

Ele