Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

5 receitas de batatas fritas que não são batatas nem fritas

São batatas fritas? São. Levam batata? Não. Mas chamam-se batatas fritas? Sim. Mas são fritas? Não. Sinto-me ligeiramente como o Marcelo Rebelo de Sousa, versão comentador, a tentar explicar uma teoria e o seu contrário. No entanto, não é fácil falar destas cinco maravilhosas receitas que vão alegrar os seus dias dietéticos. 

De facto, o fabuloso site The Kitchn chama-lhes batatas fritas. Mas, de facto também, não levam batatas nem são fritas. São feitas com vegetais light e saudáveis e sempre no forno, sem óleos nem outras invenções do Belzebu das Gorduras.

Tudo o que vai precisar para fazer estas fantásticas batatas fritas sem batata do site The Kitchn é cortar os vegetais em palitos com cerca de 1 centímetro. Depois, tenha à mão um pouco de azeite para pincelar os vegetais antes de cozinhar e sal fino para espalhar por cima. Coloque os vegetais num tabuleiro, por cima de uma folha de papel vegetal, e leve ao forno pré-aquecido a 220º C durante 20 a 25 minutos. E já está.

Bom, já está é força de expressão. O The Kitchn aconselha a misturar queijo parmesão e ervas aromáticas, dependendo dos vegetais usados, para fazer um upgrade de sabor a estas receitas. Por isso, é melhor ver as sugestões uma a uma ou então ver as receitas originais aqui.

 

Cherovia com Alecrim

veggie-fries2.jpg

Transformou-se numa obsessão cá em casa. Já fiz em palitos no forno, em puré ou em sopa e é uma delícia – um sabor que consegue juntar o adocicado da cenoura com um toque de avelã e noz. Coloque no forno com sal e alecrim espalhado por cima. O alecrim vai ficar estaladiço e com um sabor muito mais seco (parecido com o amendoim) do que o do alecrim fresco (que sabe quase a pasta de dentes).

 

Beterraba com Queijo Parmesão

veggie-fries4.jpg

Mal os palitos saírem do forno, espalhe por cima queijo parmesão ralado grosso. O contraste entre o sabor adocicado da beterraba e o salgado do queijo é simplesmente divinal.

 

Cenoura com Harissa

veggie-fries3.jpg

Mais um vegetal doce e mais um contraste brilhante. Junte 1/4 de colher de chá de Harissa antes de levar ao forno e vai ver como o sabor apimentado fará toda a diferença.

 

Jicama (ou inhame) com Paprika

veggie-fries1.jpg

Não é fácil descobrir jicama em Portugal, por isso pode fazer com inhame que tem um sabor muito parecido. Junte meia colher de chá de paprika antes de cozinhar. Vai ver a delícia que é.

 

Beringela Panada com Alho e Cominhos

veggie-fries5.jpg

Esta receita foi a minha grande surpresa do dia. Não sou grande fã de beringelas, parecem-me sempre moles de desenxabidas demais. No entanto, o The Kitchn sugere que faça os palitos de beringela panados no forno. Coloque um ovo batido numa taça. Noutra, misture 45 gramas de pão ralado com 1/2 colher de chá de sal, 1/2 colher de chá de alho em pó e 1/4 de colher de chá de cominhos. Mergulhe os palitos no ovo e depois enrole-os no pão ralado, de forma a ficarem totalmente tapados. Coloque em cima de uma folha de papel vegetal e leve ao forno, mas, desta vez, só durante 15 a 20 minutos. É esta cobertura que vai tornar os palitos estaladiços, como se fossem batatas fritas. Vai ver como a beringela lhe vai saber lindamente.

 

Umas óptimas batatas fritas para si onde quer que a dieta esteja,

Ele

 

receitas e fotos: the kitchn

 

4 comentários

Comentar post