Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

5 substitutos eficazes e surpreendentes para o café

Cá em casa, a minha prezada Mulher Mistério bebe um cappucino duplo todas as manhãs, um café a seguir ao pequeno-almoço, mais outro a meio da manhã, mais um a seguir ao almoço, outro a meio da tarde e por aí adiante. Recentemente, porque a idade não perdoa, começou a beber descafeinado à noite: um depois do jantar, outro a meio da noite, enfim... nunca se deita com menos de cinco cafés no sistema nervoso central. E todos cheios – que Ela ainda não percebeu terem mais cafeína do que os cafés curtos.

Foi com esta preocupação na mente que mergulhei numa profundíssima investigação em busca das melhores alternativas para a fazer abandonar este suicídio cafeinómano em que Ela se envolveu. E recentemente encontrei este maravilhoso artigo de Sam Negrin, criadora do site All Good Health e editora da Leaf TV, que sugere cinco surpreendentes formas de substituir o café por ingredientes mais saudáveis. O artigo foi publicado no blog Because I'm Addicted. Eu escolhi quatro sugestões que vou tentar começar a dar-lhe sem Ela perceber. Vamos ver se resulta.

36b412f2fe633271876071a5c911b45a-612x918.jpg

 

1. Erva-mate

Originária da América do Sul, é uma planta consumida como chá. No Sul do Brasil, é muito consumida na tradicional bebida chimarrão. Tem tanta ou mais cafeína do que o café, mas, em compensação, tem uma quantidade enorme de antioxidantes, polifenóis, vitaminas e minerais. Também é útil para a dieta: se beber antes de comer, vai sentir-se cheio mais rapidamente. Sugestão: beba como chá – quente ou frio.

 

2. Maca

É da família do nabo e das couves e existe essencialmente na região dos Andes, no Peru. Como aumenta a energia, é utilizada frequentemente por desportistas. Também é útil para combater a depressão e o cansaço físico. E finalmente o argumento que a vai convencer de vez: se tomar meia-hora antes de comer, vai reduzir o apetite. Sugestão: misture 1/3 de chávena de maca com o seu smoothie.

 

3. Cacau cru

Aqui a palavra "cru" é fundamental porque, segundo Negrini, o cacau natural não tem nada a ver com o cacau processado que é vendido nos supermercados. Este tem antioxidantes, propriedades anti-inflamatórias e ainda aumenta a circulação sanguínea no corpo. Sugestão: misture uma colher de sopa de cacau cru com uma banana congelada e um pouco de leite magro.

 

4. Ginseng

É uma raiz muito usada na medicina tradicional e é claramente o substituto mais fácil de encontrar. Além de aumentar a energia e a força, ajuda a prevenir doenças cardiovasculares e melhora o rendimento do cérebro. Sugestão: beba como chá.

Agora, vou ali tirar uma bica de ginseng e já volto.

 

Um bom café para si onde quer que esteja,

Ele

 

foto: because i'm addicted

2 comentários

Comentar post