Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

8 alimentos para começar a comer de forma saudável

Ano novo, promessas velhas. Comigo, já se sabe, é assim. E qual é a minha resolução de ano novo? A mesma do ano passado, de há dois anos, de há três anos, a do costume: fazer dieta. Mas desta é que vai ser. Nem os risinhos trocistas da minha querida Família Mistério me vão demover. Estou motivada. E vou entrar em 2017 a emagrecer como a Olívia Palito.

Para começar, encontrei um fantástico artigo na revista Women's Health com os 8 alimentos que podem apagar as loucuras de um dia de comida pouco saudável. Como eu já venho de vários dias de loucuras do Natal, Ano Novo e vários jantares que o meu querido Marido Mistério insiste em fazer, acho que vou precisar de passar janeiro inteiro só a comer isto.

 

Salmão Selvagem 

01-foods-that-repair-unhealthy-eating.jpg

Um estudo recente da Universidade da Califórnia, em Los Angeles, (UCLA), concluiu que os alimentos ricos em DHA, um ácido gordo ómega-3, podem ajudar a reduzir os efeitos provocados pelo excesso de frutose no organismo (saiba mais aqui). E o salmão selvagem está no topo da lista das comidas com mais DHA: tem entre 10 a 100 vezes mais este ácido do que vegetais, cereais ou frutos secos.

 

Sementes de Chia ou de Linhaça  

02-foods-that-repair-unhealthy-eating.jpg

São ótimas para misturar com iogurte ou num smoothie logo de manhã. E estão também entre os alimentos com mais ómega-3. Podem não ter a quantidade de DHA do salmão ou dos outros peixes gordos, mas têm cálcio, proteínas e muitas fibras – que ajudam a perder peso e a limpar o organismo das toxinas que ingeriu ao longo dos últimos dias. 

 

Nozes

03-foods-that-repair-unhealthy-eating.jpg

São quase um alimento milagroso. Além de estarem carregadas de ómega-3, podem levar-nos a não comer tantas bolachas, bolos e doces. Um estudo da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, (veja aqui) concluiu que, ao juntar 60 g diárias de nozes à dieta, durante seis meses, as pessoas comiam menos junk food e faziam escolhas alimentares mais saudáveis. A explicação pode estar na sensação de saciedade transmitida pelas nozes.

 

Sumo de Aloe Vera

04-foods-that-repair-unhealthy-eating.jpg

Um artigo do The British Journal of General Practice concluiu que a aloe vera pode reduzir a inflamação intestinal e aumentar as bactérias saudáveis nos intestinos. Estas bactérias ajudam à digestão e levam à redução de peso – tudo aquilo de que eu preciso para me motivar em 2017.

 

Caldo

05-foods-that-repair-unhealthy-eating.jpg

Pode ser caldo de galinha, um caldo feito com os ossos que sobraram do seu jantar ou com uma cabeça de peixe. O que interessa é que seja um caldinho. Segundo Nikki Ostrower, fundadora da NAO Nutrition, as sopas feitas com caldo "são de fácil digestão". Além de ajudarem a equilibrar os níveis de glicémia – essencial depois da quantidade de doces que comi nos últimos dias.

 

Chá de Dente-de-Leão

06-foods-that-repair-unhealthy-eating.jpg

Vitaminas A, C e D. Zinco, ferro, magnésio e potássio. Betacaroteno. Para mim, bastava esta lista de propriedades do chá de dente-de-leão, feito a partir da raiz da planta, para me fazer beber esta bebida milagrosa a toda a hora. E como se isto não bastasse, outro estudo citado pela Women's Health, e que pode ver aqui, concluiu que beber este chá ajudava a perder tanto peso como o famoso comprimido Orilstat.

 

Vegetais e Bebidas Fermentadas

07-foods-that-repair-unhealthy-eating.jpg

Este título também pode ser traduzido por pickles, chucrute ou kimchi. Ou então por probióticos, como o famoso kefir. O site da Women's Health sugere outra alternativa: junte uma colher de sopa de vinagre de cidra num copo com água e beba. Vai ajudar a reduzir todo o açúcar que ingeriu e a ultrapassar os excessos de álcool – que foram alguns...

 

Algas

08-foods-that-repair-unhealthy-eating.jpg

A Women's Health garante que as algas são dos vegetais mais saudáveis que pode encontrar. Têm vários tipos de vitamina B e são a única fonte de vitamina B-12 para além da carne. Estão cheias de ferro, cálcio, potássio, magnésio, niacina e fósforo. E são um incrível fornecedor de minerais. Tente procurar as algas mais escuras – quanto mais escuras, maior a concentração de minerais. 

Agora vou ali esvaziar a despensa de todos os doces que sobraram do Natal.

 

Um ótimo ano de 2017 – quanto mais saudável, melhor!

Ela

 

fotos: women's health

 

4 comentários

Comentar post