Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

estes vão ser os seus ovos preferidos a partir de hoje!

Não acredita? Porquê sempre esse cepticismo teimoso? Não sou só eu que digo que estes ovos vão entrar na sua vida com o mesmo entusiasmo com que a laca entrou na vida da Lili Caneças. É o próprio jornal Huffington Post que diz que não pode haver melhor receita do que esta para o seu brunch.

Criada a expectativa, vamos então aos esclarecimentos. Estes ovos cozidos ao vapor, juntamente com um cremoso puré, foram criados pelo café Eggslut, um pequeno paraíso do brunch em Los Angeles, nos Estados Unidos, e a receita publicada agora no livro The Grand Central Market Cookbook.

Além de ser irresistível a combinação da gema líquida com o puré de batata, este prato é facílimo de preparar. E tem essa enormíssima qualidade que é deixar cozer os ovos muito levemente, dentro de um frasco fechado, sem tocarem na em nada. A clara vai ficar firme mas solta, a gema totalmente líquida. E tudo isto se vai misturando com o puré lentamente, à medida que se for servindo com a colher.

Para fazer esta delícia dos céus, só vai precsar de batata descascada e cortada em cubos, manteiga à temperatura ambiente, ovos e cebolinho. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte aqui a receita original.

59b0000b1400002000fa83e5.jpeg

 

 

pizza de banana e manteiga de amendoim, um pequeno-almoço vegan e sem glúten para fazer em menos de 15 minutos

O mundo está mesmo a ficar louco. Não, não estou a falar daquele ser inacreditável que dá pelo nome Kim Jong Un, nem do facto do Donald Trump estar neste momento a olhar para as cortinas douradas com que decorou a Sala Oval enquanto assina decretos xenófobos. Estou a falar da revolução que está a acontecer no mundo da gastronomia: hoje em dia temos gelados de manjericão, flor de sal no chocolate, cozinha molecular e agora esta deliciosa invenção que é pizza de manteiga de amendoim.

Depois da pizza de Nutella, chegou a vez de experimentarmos ao pequeno-almoço esta tentação que, apesar de tudo, é vegan e sem glúten. Os miúdos estão loucos com a ideia e já imploraram para fazermos esta maravilha este fim de semana. E esta receita do blog Hummusapien é tão fácil que pode fazer hoje mesmo e em qualquer dia da semana.

Ao todo são menos de 15 minutos na cozinha.

Só precisa, para a base, de farinha de grão de bico sem glúten, leite de amêndoa, xarope de ácer, canela e extrato de baunilha. Para os toppings, use manteiga de amendoim natural, uma banana cortada às rodelas, sementes de cânhamo, pepitas de cacau e um fio de xarope de ácer.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para uma pessoa, espreite aqui a receita original.

IMG_4391aa.jpg

 

 

smoothie de morango com pudim de chia e molho de chocolate, um pequeno-almoço saudável que parece uma sobremesa

Não sei se gosto mais do nome deste pequeno-almoço do que do propriamente dito. Todo este título remete-me para um pequeno-almoço saudável, o que me agrada muito. Mas o que é mais espetacular é que esta receita do blog This Rawsome Vegan Life é mesmo saudável, light, vegan e incrivelmente deliciosa. Não tem açúcar, farinhas, lactose, enfim, é uma espécie de 3 em 1.

Tem um pudim de chia e, para fazê-lo, vai precisar de leite de avelã e sementes de chia. Tem um smoothie cujos ingredientes são leite de avelã, uma banana, manga congelada e morangos. E tem ainda, um molho de chocolate que vai fazer com cacau em pó, xarope de ácer e água.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente espreite aqui a receita original.

IMG_4539.jpg

 

 

taça de açaí com frutos vermelhos sem açúcar, a nova obsessão saudável dos nossos filhos mistério

Depois do abacate, chegou a vez do açaí. A culpa é do nosso mini-misterioso com talento para chef. Começou por se viciar em abacate. Dia sim dia sim, fazia abacate ao pequeno-almoço. Agora chegou a vez do açaí. Desde que descobriu os benefícios para a saúde deste fruto brasileiro ficou fã. É incrível a preocupação que os miúdos têm hoje com a alimentação. São de facto uma geração muito mais bem informada. Quando eu era miúda, nem questionava o que me punham no prato e a minha querida mãezinha enchia-me de empadão, almôndegas e salsichas sem dó nem piedade. Eu nem tugia nem mugia.

Mas ainda bem que os nossos filhos se preocupam com a alimentação. O açaí é ótimo porque é rico em proteínas, fibras, lípidos e é uma excelente fonte de vitaminas. Além de ter também fósforo, ferro e cálcio, por isso, é antioxidante, anti-inflamatório, previne o cancro e o envelhecimento, ajuda a perder peso e a controlar os níveis de colesterol. É praticamente um remédio!

Por tudo isto, temos um verdadeiro carregamento de polpa de açaí congelada cá em casa o que me levou a pesquisar desesperadamente receitas diferentes. E foi assim que descobri esta delícia no blog Kirbie Cravings e foi o nosso pequeno-almoço esta manhã.

Só precisámos de polpa de açaí congelada sem açúcar, uma banana, leite de coco ou de amêndoa, outra fruta qualquer congelada, como mirtilos e manga. Para os toppings, usámos fruta fresca (mirtilos e framboesas), granola, coco ralado e amêndoas laminadas.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente espreite aqui a receita original.       

E3765E2E-AE63-437A-A452-B81D7B14BCE3.jpeg

 

panquecas de aveia e avelã sem açúcar, a receita ideal para começar em grande este feriado

Ah e tal, uma blogger não tem fins de semana nem feriados. Está sempre a trabalhar, é verdade. Mas quem corre por gosto não cansa. Além disso, verdade seja dita, eu não sou blogger. Tenho uma profissão que adoro, que também não sabe muito bem o que é isso dos fins de semana.

No fundo eu sou uma espécie de Violet Crawley, da série Downton Abbey, quando perguntava boquiaberta e horrorizada:

- What is a weekend? -  Só que em versão pobre e da classe trabalhadora. E mais nova, vá.

Por isso aqui estou eu, em pleno feriado, a sugerir a receita ideal para alegrar a sua manhã: umas saudáveis e deliciosas panquecas de aveia e avelã sem açúcar, que descobri no ótimo site australiano Cooked.

Só precisa de flocos de aveia, avelãs moídas, farinha integral com fermento, azeite, ovos e leite para as panquecas propriamente ditas. Para o molho de frutos vermelhos, vai precisar de uma mistura de frutos vermelhos congelados, sumo de uma laranja e xarope de ácer.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para cerca de 12 panquecas, espreite aqui a receita original.

f16d0fbcef8ed8cd7c5e5f8686327940

 

 

descobri umas panquecas com 112 calorias cada uma e já as experimentámos este fim de semana!

São saudáveis, não têm açúcar refinado e são facílimas de fazer. Que o diga o meu querido Marido Mistério que as fez ontem de manhã num abrir e fechar de olhos. Quando li na receita original do blog Whole and Heavenly Oven que cada duas panquecas são apenas 225 calorias, chamei o nosso filho nerd e perguntei-lhe se conseguia fazer esta difícil conta de dividir. Ele revirou os olhos e nem me respondeu… Não sei se ficou ofendido com a pergunta ou se já está na fase que não tem a menor paciência para as minhas piadolas. Provavelmente foram as duas coisas juntas. Enfim, disse-lhe logo que ia comer menos panquecas do que os irmãos e ele ficou impávido e sereno. Estou naquela preocupante fase em que ninguém me leva a sério. O meu querido Marido Mistério chama-lhe falta de autoridade, eu chamo-lhe falta de paciência e seguimos com a nossa vida.

Estas panquecas são macias e deliciosas e cada uma tem (para ser mais exata) apenas 112,5 calorias!

Ele só precisou de um ovo, óleo de coco derretido, iogurte grego, leite, extrato de baunilha, farinha de trigo integral, flocos de aveia, amido de milho, açúcar de coco ou mascavado, fermento, bicarbonato de sódio, sal, morangos fatiados, mirtilos frescos e xarope de ácer.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 6 pessoas, espreite aqui a receita original.

Healthy-Mixed-Berry-Multi-Grain-Pancakes

 

 

tostas de batata doce com guacamole e ovo (pouco) cozido: quero taaantooo!

aqui tínhamos falado desta incrível descoberta que são as tostas de batata doce. Cá em casa tornou-se um vício. Em vez de pão, tostamos fatias de batata doce e o resultado é incrível. Por isso, este fim de semana, em vez das habituais panquecas, vou fazer esta receita do blog The Dish on Healthy para o brunch. São deliciosas e saudáveis e um excelente pequeno-almoço tardio.

Só preciso de uma batata doce grande, azeite extra-virgem ou óleo de coco, sal e pimenta preta, ovos (pouco) cozidos, um abacate grande, sumo de limão fresco, sementes de sésamo e uma pitada de piripíri.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 2 pessoas, espreite aqui a receita original.

sweet-potato-toasts

 

 

o melhor truque para fugir ao pão de manhã: fruta grelhada com iogurte e granola

Todas as manhãs, chego à cozinha e fujo da caixa do pão como o diabo da cruz. Parece que me persegue. Viro-me de costas, aparece-me o reflexo da maldita na janela. Vou ao frigorífico, vejo a manteiga e começo logo a sentir o cheirinho a torradas… Já tentei esconder a caixa nos sítios mais incríveis mas os meus queridos Filhos Mistério encontram-na sempre. Parecem cães rafeiros. Sentem o cheiro a comida a milhas de distância. Saem à mãe, infelizmente. Sim, as minhas manhãs são difíceis. Cada um com a sua luta.

Mas hoje o blog Joyful Healthy Eats salvou-me a manhã com esta receita facílima, ótima e saudável. Também pode ser uma excelente sobremesa de verão, mas fiz para o meu pequeno-almoço e não podia ter começado melhor o dia.

Só precisei de pêssegos e ameixas cortados ao meio sem caroço, óleo de canola, iogurte grego ou de baunilha, mel e granola.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 6 pessoas, espreite aqui a receita original.

Grilled-Stone-Fruit-with-Yogurt-Granola-web-4

 

panquecas de papas de aveia, iogurte grego e mirtilos, um pequeno-almoço para começar a semana com um sorriso

Esta receita do blog Damn Delicious demora 20 minutos a fazer: 10 minutos a preparar e 10 minutos a cozinhar. É ideal para começar a sua segunda-feira com um sorriso, se bem que a verdade é que praticamente todo o país não se lembra que dia é hoje porque está de férias. Ainda bem, assim tem todo o tempo do mundo para fazer esta delícia.

Só precisa de farinha, flocos de aveia, açúcar, fermento, bicarbonato de sódio, sal, iogurte grego, leite, manteiga sem sal derretida, ovos, mirtilos e xarope de ácer.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

IMG_6988.jpg

 

banana split vegan, um pequeno-almoço fácil e saudável para toda a família

Os nossos queridos e adoráveis Filhos Mistério estão cada vez mais exigentes. Todos os fins de semana acordam à espera de um pequeno-almoço diferente. Eles clamam por Nutella e manteiga de amendoim, eu tento dar-lhes receitas saudáveis mas com um aspeto apetitoso.

Hoje encontrei a receita ideal no blog Eating Bird Food: esta Banana Split é vegan e tem um aspeto divinal. Os miúdos vão delirar e eu também, claro! Ah, só demora 9 minutos a fazer. Adoro a precisão: 7 minutos a preparar e 2 a cozinhar.

Só preciso de bananas, canela, morangos cortados às fatias, mirtilos, iogurte vegan (de leite de amêndoa, por exemplo), pepitas de cacau, manteiga de amêndoa e granola.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 2 pessoas, espreite aqui a receita original.

banana-split-breakfast-bowl-4

 

 

parfait de granola e frutos vermelhos para começar a semana de forma saudável

É segunda-feira e estou super bem disposta. É estranho, não é? Ainda é mais estranho se eu lhe contar que não estamos de férias. Mas a verdade é que acordei feliz da vida e cheia de vontade de trabalhar. Não, não estou doente mas confesso  que adoro trabalhar nesta altura em que oitenta por cento do país se deslocou para o Algarve e, por isso, não há trânsito, os telefones tocam menos e os emails se reduzem a um décimo do que costumo receber. Basicamente o trabalho é um descanso e, estranhamente, tenho tempo para tudo. Por isso, vou recomeçar a semana e a minha dieta com este delicioso parfait que descobri no blog Bakers Royale

Só preciso de iogurte grego, mirtilos esmagados, morangos esmagados, granola e uma barra de chocolate. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 2 pessoas, espreite aqui a receita original.

parfait.jpg

 

 

panquecas de chocolate sem açúcar, porque os miúdos estão de férias e nós merecemos

Se há um alimento que me faz feliz é o chocolate. Quando finalmente, depois do jantar, me sento à frente da televisão a ver uma série com um café à frente, atinjo o auge do meu dia quando dou uma dentadinha (pequenina) num quadrado de chocolate. Sim, são estes pequenos prazeres que fazem a minha felicidade. E há estudos científicos que garantem que o chocolate faz bem à saúde! Além disso, é um alimento rico em vitaminas do Complexo B, responsável por melhorar o humor. Será por isso que cada vez que trinco um chocolate fico logo bem disposta? Se os cientistas dizem, quem sou eu para contrariar?

Por exemplo, só de olhar para esta receita de panquecas de chocolate sem açúcar do blog The Healthy Foodie cresce-me um sorriso na cara que só vai desaparecer quando acabar com a última panqueca.

O meu querido Marido Mistério prometeu que vai fazer estas panquecas nestas férias e eu, claro, estou a contar os dias.

Ele só vai precisar, para as panquecas propriamente ditas, de meia banana, água de coco, claras de ovo, farinha de espelta, fermento, bicarbonato de sódio, cacau em pó, café instantâneo e uma pitada de sal.

Para o molho de chocolate, só tem de ter em casa iogurte grego natural, proteína em pó com sabor a baunilha (ui, ainda tenho cá em casa um saco gigante disto, desde o fatídico dia em que decidi fazer a dieta dos anjos da Victoria’s Secret), leitelho e cacau em pó. Depois, para decorar as panquecas, a imaginação é o limite: framboesas, rodelas de banana, morangos, iogurte grego, pepitas de chocolate, coco ralado, enfim, o que lhe apetecer.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 2 pessoas, espreite aqui a receita original.

Best-Darn-Chocolate-Pancakes-Ever-13.jpg

 

 

a última tendência hipster é o brinner (breakfast for dinner) e eu já me rendi!

Bastou-me um fim de semana em Madrid com uma amiga de uma amiga que vive em Nova Iorque, para mudar o chip e render-me ao brinner! Sabem o que é? É a última tendência hipster – Brinner (Breakfast for Dinner), ou seja tomar o pequeno-almoço à hora de jantar! Estranho? Talvez não!

Para quem, como eu, muitas vezes não tem tempo para tomar aquele pequeno-almoço de rainha (por muito que saiba de cor e salteado que deveria ser a principal ou pelo menos uma das mais importantes refeições do dia) a ideia do brinner deixa-me tentada! Para quê tomar um pequeno-almoço à pressa, com mil coisas para fazer a seguir, se podemos guardá-lo para quando o dia acaba e já não vamos atender o telefone?

E tantas coisas boas: cereais, panquecas, iogurtes, ovos mexidos, frutas… Dir-me-á que talvez não seja a melhor coisa para a minha dieta mas se soubesse os jantares hiper calóricos que o meu querido Marido Mistério me prepara de vez em quando, talvez concorde que uma aveia biológica, sem ou com pouco açúcar, é capaz de ser o jantar que faltava para me pôr no bom caminho. Por isso, recolhi 4 sugestões que não podem esperar por um brunch de fim de semana. 

 

Ovos Estrelados com Queijo e Bacon

Cheesy-Bacon-Egg-Hash-14 cafedelites.jpg

Uma frigideira cheia de batatas douradas, fritas numa pequena quantidade de óleo ou feitas antes no forno (à sua escolha), com bacon frito, cebolinho, ovos e queijo mozarella derretido por cima. Yummy! E a preparação é tão fácil quanto isto. Não há mais a explicar. A receita é do blog Cafe Delites, escrito pela bem-disposta Karina que confessa que com a idade aprendeu a apreciar a beleza da vida.. e queijo! E estraga-me a dieta com estas "maldades"...

Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, veja a receita completa aqui

 

 

nihon no pankēki, sekai no mottomo kawaīdesu (ou traduzindo, panquecas japonesas: as mais fofinhas do mundo)

Até ontem, a Família Mistério era absolutamente viciada em sushi; a partir de hoje tenho a certeza de que vai passar a ser viciada em pankēki – que é como quem diz panquecas em japonês. Não é só uma questão de idioma que distingue as panquecas tradicionais das panquecas japonesas.

Além de serem mais altas, as pankēki são mais doces e muito mais fofinhas. O segredo está no fermento, que vai fazer as panquecas crescerem, e no tempo que a massa fica a repousar para se tornar mais densa. Além disso, os ovos são batidos com uma batedeira para ficarem mais leves, quase em espuma. O resultado são umas panquecas mais saborosas e muito mais fofinhas.

Há várias receitas de pankēki: umas que utilizam maionese japonesa e outras que recorrem a claras em castelo. Mas hoje vou fazer para o pequeno-almoço uma receita mais simples e rápida do site Key Ingredient.

Tudo o que vou precisar é de dois ovos, leite, extracto de baunilha, farinha, fermento e açúcar. Para os toppings, vou usar mel e mirtilos. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

unnamed.jpg

 

wraps de beterraba com queijo e iogurte grego, uma entrada saudável e surpreendente

Esta é claramente uma receita que me deixa feliz. Adoro pratos com ótimo aspeto e ainda, por cima, saudáveis. Sim, eu como sempre primeiro com os olhos, só é pena também ter de comer com a boca, porque se calhar não precisava de estar sempre em dieta. Mas a verdade é que seria profundamente infeliz, porque não há nada que me dê mais prazer o que provar receitas novas e deliciosas. Esta delícia que descobri no site Castello Cheese pode ser uma excelente entrada ou, se preferir, pode incluir num brunch saudável.

Só precisa de duas beterrabas grandes, blue cheese desfeito, tâmaras secas picadas, iogurte grego, sumo de limão fresco, sementes de abóbora tostadas, e salsa ou coentros picados para decorar.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 16 wraps, espreite aqui a receita original.

cast_bluebeetrootfoldovers_1200x1600.jpg