Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

trufas vegan e sem glúten, a sobremesa ideal para quem está de dieta

Sabe aquele momento em que acaba de jantar e continua cheia de fome? Tem sido o meu tormento nas últimas noites. Maldita dieta que me faz sentir a barriga vazia e uma neura horrorosa depois do jantar! Mas graças ao fantástico blog Minimalist Baker, encontrei uma solução para confortar o meu pobre e solitário estômago à noite. Em vez da habitual sobremesa, vou pedir ao meu querido Marido Mistério para fazer estas trufas vegan e sem glúten, ideais para ter em casa num frasco e tirar uma por dia! Só uma! Juro!

Já comprei os ingredientes, meu querido Marido Mistério, só tens de fazer para devolver alguma alegria à tua pobre mulher. Prometo que demora menos de 30 minutos a fazer. E já comprei os ingredientes: nozes pecan e nozes normais, cacau em pó, sal, canela em pó, tâmaras sem caroço (se estiveram muito secas, ensopa-as em água quente durante 10 minutos e escorre-as), chocolate preto vegan partido em pedaços e óleo de coco. Para os toppings, só vais precisar de pepitas de cacau, nozes e pecan esmagadas e flor de sal.

Se quiseres saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 14 a 15 trufas, espreita aqui a receita original.

HEALTHY-Chocolate-Vegan-Truffles-with-simple-ingre

 

 

frittata de cogumelos, queijo feta e espinafres, um jantar delicioso para fazer em 10 minutos

Sou fã desta invenção que se chama “frittata”, que basicamente é uma quiche sem base, logo sem massa folhada, logo engorda menos! Esta receita é ideal para quando chega a casa tarde e cansado e sem paciência para fazer o jantar. Demora 10 minutos a fazer. Leu bem: 10 minutos. A autora do blog Love Grows Wild sugere esta maravilha para o pequeno-almoço (e ainda dizem que eu como muito? Deus me livre!) mas eu acho que vou fazer hoje ao jantar! Sim, vou arriscar e vou dar uma folga ao meu querido Marido Mistério. Afinal esta receita é tão fácil de fazer como odiar o Donald Trump.

Só preciso de manteiga sem sal, espinafres baby, cogumelos frescos fatiados, ovos, leite, quejo feta, sal e pimenta.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 8 pessoas, espreite aqui a receita original.

Spinach-Mushroom-Feta-Frittata-1.jpg

 

 

pesto de beterraba, o meu mais recente e saudável vício

Estou esmagada. A minha querida e adorável sogra recebeu-me com um aperitivo que acabou comigo. Há muito tempo que não comia nada tão bom. Que maravilha e que receita moderna ao mesmo tempo. Tenho de admitir que tenho uma sogra muito à frente. Fomos lá jantar no fim-de-semana e, para abrir as hostilidades, vejo uma taça cor-de-rosa com um aspeto divinal cercada por umas tostinhas apetitosas:

- É pesto de beterraba, uma receita que descobri num blog - esclarece-me prontamente a dileta progenitora do meu querido Marido Mistério.

Sem cerimónias atirei-me à taça como um bêbedo se atira a uma garrafa de vinho. Resultado: Sogra 1 – Nora 0.

Por isso, não descansei enquanto não pedi ao meu querido Marido Mistério para fazer esta receita do The Roasted Root. Ele só vai precisar de uma beterraba, três dentes de alho picados, nozes tostadas, queijo parmesão ralado, azeite, sumo de limão e sal. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente espreite aqui a receita original.

Beet-Pesto.jpg

 

 

omelete grega de quinoa com queijo feta e molho tzatziki, um brunch de sonho para este domingo

Tenho de fazer uma confissão em público: há dias em que me vejo grega para aturar o meu querido Marido Mistério. E nesses dias de sofrimento doloroso e profundo, nada melhor do que fazer uma omelete grega para o pequeno-almoço, para o almoço ou para o jantar – ou, para os três, se for preciso.

Esta fantástica receita descobri-a há uns tempos no ainda mais fantástico blog Half Baked Harvest, de que eu gosto quase tanto como do meu querido Marido Mistério – nãaaa, é mentira claro. Adoro o meu querido Marido Mistério. Mas se o puder ter a ele e a esta omelete, então cheguei ao paraíso.

Esta delícia consegue misturar queijo feta, quinoa e molho tzatziki. Depois leva tudo o que eu adoro: tomate seco, pimento assado, alcachofras marinadas, azeitonas e pinhões. Além dos ovos, claro.

Pode comprar o molho tzatziki já pronto, no supermercado, ou pode fazê-lo em casa. Se quiser fazê-lo, vai precisar de iogurte grego, pepino picado, sem pele e sem sementes, alho picado, endro seco, óregãos secos, sumo de limão fresco e azeite extra-virgem.

Depois, para a omelete vai precisar de ovos, leite, manteiga, quinoa cozinhada, espinafres frescos cortados, azeitonas sem caroço e partidas ao meio, pimento assado picado, corações de alcachofra picados, tomate seco em azeite, alho picado, óregãos, manjericão seco, queijo feita esmagado, pinhões tostados, tomatinhos cherry, abacate, flor de sal e pimenta. Parece que tem de comprar o supermercado inteiro, não é? Mas garanto-lhe que é uma delícia. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

Greek-Quinoa-Dinner-Omelets-with-Feta-and-Tzatziki

 

parfaits de granola de manteiga de amendoim e mel para celebrar a chegada do fim de semana

Hoje sou eu que encabeço a revolução cá em casa. Cansei-me de vez. Vou dar o grito do Ipiranga. Estou farta da ditadura da panqueca que foi instituída na Mansão Mistério. Os meus queridos filhos que me perdoem mas hoje não há panquecas ao pequeno-almoço! Hoje vou pedir ao meu querido Marido Mistério para fazer estes parfaits chiquérrimos e saudáveis que descobri no blog Broma Bakery e depois convidamos o Marcelo para vir tomar um brunch, antes de ir dar o seu habitual mergulho à praia. Acho uma falha imperdoável. Devemos ser dos poucos lares portugueses onde o nosso Presidente ainda não se sentou à mesa.

Ele só vai precisar, para a granola de manteiga de amendoim e mel, de óleo de coco, manteiga de amendoim natural, extrato de baunilha, mel, sal, canela, aveia, sementes de chia, amêndoas picadas, farinha de trigo integral e leite de amêndoa (estes dois últimos são opcionais). Para os parfaits, o meu querido e dotado Marido Mistério vai precisar de iogurte grego (light), manteiga de amendoim, doce (escolha o seu preferido) e a granola que entretanto fez.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 2 pessoas, espreite aqui a receita original.

Peanut-Butter-Jelly-Parfaits-6.jpg

 

 

quadrados de chocolate preto, frutos secos e sementes de chia, o snack ideal para quem está de dieta

Senhoras e senhores! Meninos e meninas! Estou oficialmente, de vez, e para sempre, de dieta! Mas não se preocupem porque, estranhamente, estou feliz e empenhada! Não, não enlouqueci, mas finalmente mentalizei-me. O verão está a chegar e este ano vou arrasar na praia (não se riam! É verdade). E não é preciso ser nutricionista para saber que o truque está nos pequenos snacks que comemos a meio da manhã e a meio da tarde. E não temos de comer sempre a desenxabida maçã e a maçadora da bolacha de água e sal. Experimente esta receita saudável e deliciosa que descobri no ótimo site da Donna Hay.

Só precisa de castanhas-do-Brasil picadas, millet puff (encontra no Celeiro), sementes de abóbora, sementes de chia pretas, chocolate preto partido em pedaços, mel e pasta de bauniha. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 32 quadradinhos, espreite aqui a receita original.

choc-nut_and_chia_seed_slice.jpg

 

 

a massa preferida na mansão mistério: noodles de arroz ultra fininhos sem glúten, com frango e chalota crocante

Tenho uma confissão a fazer. Ainda não é desta que vou desvendar a identidade da minha querida e ilustre Mulher Mistério, mas preparo-me solenemente para fazer uma revelação ainda mais grave: estou a ficar viciado em massa de arroz vermicelli. Mais do que viciado, estou a ficar verdadeiramente obcecado.

Está a ver aquela massa fininha, branca, leve e macia que quase se perde na boca? Aquela massa divinal que a minha querida Mulher Mistério aspirou no restaurante do Henrique Sá Pessoa, no Mercado da Ribeira, em Lisboa, a acompanhar um tataki de salmão? É essa mesmo. E, ainda por cima, é das coisas mais fáceis de fazer: só precisa de despejar água a ferver por cima e esperar uns cinco minutos. E não tem glúten. Nem gordura.

Hoje, vou aproveitar uma fantástica receita do site Bon Appétit para fazer uns fabulosos noodles de arroz vermicelli para o jantar. Tudo o que vou precisar é dos noodles de arroz vermicelli (que consegue encontrar, por exemplo, no El Corte Inglés), peitos de frango (de preferência, ainda com osso e pele), uma chalota grande, óleo vegetal, um pimento jalapeño picado (se gostar de picante), alho picado, sumo de lima espremido no momento, molho de peixe sem glúten, açúcar mascavado, nabo e rabanetes laminados muito fininhos e manjericão. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

efb426b849df2cd1cc2717a5615ccca0.jpg

 

5 receitas maravilhosas para transformar chips de batata doce num jantar fácil durante a semana

Tudo começa com uns deliciosos palitos ou rodelas de batata doce no forno. Depois, escolhe qual o acompanhamento que preferir. Mas aqui o ingrediente principal é batata doce. É claro que a minha querida Mulher Mistério já puxou do seu autoritarismo semi-nazi para impedir todo e qualquer tipo de fritos. Por isso cá em casa as batatas doces fritas passaram rapidamente a batatas doces no forno. A grande vantagem é que ficam quase iguais e engordam metade do que deviam. 

Tudo o que é preciso fazer, para seguir este guia semanal da batata doce, é da batata doce propriamente dita. Corte-a em palitos, ou em rodelas muito fininhas, salpique-os com um fio de azeite, flor de sal e pimenta e leve-os ao forno, pré-aquecido a 200º C, durante 20 a 30 minutos, até ficarem tostados e estaladiços (cuidado porque quanto mais fininhos menos tempo podem ficar no forno).

Preparadas as batatas, tem aqui cinco divinais sugestões para transformar a sua batata doce frita num jantar de sonho. É só escolher.

 

Batata Doce com Queijo Brie e Bacon

Brie-and-Brown-Sugar-Bacon-Sweet-Potato-Fries-2.jp

Juntar batata doce frita com queijo no mesmo prato é como juntar o Rambo e o Rocky no mesmo filme. Esta ideia fenomenal é do blog Cooking for Keeps e é tão simpes como isto. Corte a batata doce em rodelas fininhas com a ajuda de um cortador. Pincele um tabuleiro com azeite e espalhe as rodelas de batata doce por cima. Misture numa taça açúcar mascavado com mostarda em pó e pimenta caiena. Envolva seis fatias fininhas de bacon nesta mistura. Coloque o bacon por cima de uma grelha com um tabuleiro por baixo, para onde vai pingar a gordura. Coloque o bacon no terço inferior do forno, pré-aquecido a 200º C, e as rodelas de batata doce no terço superior. Deixe durante 15 minutos. Vire as rodelas de batata doce e retire o bacon. Deixe a batata doce mais cerca de 10 minutos no forno. A ideia é que tanto a batata doce como o bacon fiquem crocantes. Reduza o forno para os 180º C.

Deixe as fatias de bacon arrefecer ligeiramente, depois parta-as em pedaços e espalhe-as por cima da batata doce, juntamente com queijo brie cortado em cubos e com o que sobrou do açúcar mascavado. Leve ao forno durante uns cinco minutos só até o queijo derreter e o açúcar caramelizar. E pode servir. Veja esta receita divinal completa aqui.

 

 

pudim de chia com maçã e canela, uma receita vegan para me penitenciar dos meus pecados

Segunda-feira é dia de começos e de recomeços. Para mim, é sempre dia de recomeço de dieta porque invariavelmente desgraço-me toda durante o fim-de-semana. Ontem até um cozido à portuguesa marchou! Assim, não vou longe, não. Estou aqui estou numa daquelas reuniões de gordos anónimos da Kate do This is Us. Mas para evitar que isso aconteça, hoje recomeço a dieta, com esta espetacular receita do blog Hello Glow. Demora 15 minutos a fazer e vale mesmo a pena porque é uma delícia super saudável. É doce, ligeiramente picante e é vegan. Ideal para manhãs frias, aquece-nos o corpo e a alma. E pode usar o seu leite preferido e optar por outros frutos como pêssego que fica ótimo com cardamomo ou ameixas com noz-moscada, por exemplo.

Só vou precisar de leite de coco ou de amêndoa, extrato de baunilha, sementes de chia, flocos de coco, maçãs sem caroço fatiadas e canela em pó.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 1 a 2 pessoas, espreite aqui a receita original.

Apple-Cinnamon-Chia-Pudding.jpg

 

 

panquecas de quinoa com molho de morango: são saudáveis, senhores, são saudáveis!

Ok provavelmente engordam um bocadinho… mas só um bocadinho. Este fim de semana vamos experimentar esta receita incrível do blog Recipe Runner. Sim, ainda temos vários sacos de quinoa na despensa mistério. Não têm fim. Depois da taça de pequeno-almoço com quinoa e manteiga de amendoim, das pizzas com base de quinoa no micro-ondas, da quinoa de coco com abacate e camarão, e ainda da taça de quinoa com chocolate preto vegan, ainda temos quilos de quinoa em casa. Ele é um homem manifestamente exagerado.

Por isso, o nosso fim de semana vai começar como sempre: com panquecas mas… de quinoa, para variar e porque é mais saudável.

O meu querido e amado Marido Mistério vai precisar de quinoa vermelha, farinha de trigo integral, farinha, açúcar, fermento, sal, canela em pó, leite magro, duas claras de ovo, extrato de baunilha, extrato de amêndoa e morangos cortados em pequenos cubos. Para o molho de morangos, vai precisar de mais morangos cortados em pequenos pedaços, xarope de ácer e extrato de baunilha. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 16 a 18 panquecas, espreite aqui a receita original.

StrawberryQuinoaPancakes3.jpg

 

muffins de chocolate, banana e courgette (sim, leu bem) sem glúten para fazer em 5 minutos

Não, ainda não enlouqueci, mas como gosto de arriscar a minha vida e viver experiências novas, tenho de experimentar esta receita exótica que descobri no incrível blog Paleo Gluten Free Eats. Vale mesmo a pena espreitar o blog e conhecer a sua autora que, com apenas 20 anos, faz um trabalho extraordinário. Desenvolve receitas originais como estes surpreendentes muffins sem farinha e com courgettes entre os ingredientes! São saudáveis, fáceis e deliciosos. São fofinhos sem serem demasiado doces e sabem sobretudo a banana e a chocolate.

Só precisa de farinha de amêndoa, bananas maduras, courgette ralada, stevia líquida, ovos, fermento, extrato de baunilha e pepitas de chocolate. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 10 muffins, espreite aqui a receita original.

best-paleo-banana-zucchini-muffins-9-678x1024.jpg

 

 

salmão marinado com doce de alperce e mostarda dijon: quem disse que segunda-feira é um dia para esquecer?

A semana só agora começou mas nem tudo são más notícias. Já faltou mais para o fim-de-semana: só faltam 4 dias e umas horitas, não é verdade? E só por isso já me apetece celebrar. Eu sei, sou a pessoa mais otimista do mundo, mas a primavera começou hoje e automaticamente caiu em mim uma sensação de felicidade instantânea. De tal forma, que não me sai da cabeça o tema dos Monty Python: “Always look on the bright side of life”.

Assim, vou pedir ao meu querido Marido Mistério para fazer esta deliciosa receita do blog Closet Cooking para o jantar. É facílima e, em 15 minutos, tem à sua frente um jantar de fazer inveja a qualquer chef de restaurante. Além disso, um prato destes melhora o humor de qualquer um.

Só precisa de lombos de salmão, doce ou compota de alperce, mostarda em grão, mostarda de Dijon, molho de soja light, sumo de lima, gengibre ralado e alho picado. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

Apricot Dijon Glazed Salmon 800 3042.jpg

 

 

um almoço saudável e prático para levar para o trabalho nesta primavera: salada de cuscuz, ervilhas e camarão

Depois de todos os mimos e surpresas que recebi ontem, não me restava outra alternativa que não fosse responder hoje com uma surpresa para a minha querida e dedicada Mulher Mistério, que arregimentou as crianças e liderou os festejos de Dia do Pai. E, no dia em que começa a Primavera, não podia haver outra surpresa que não fosse uma receita light e deliciosa de um almoço prático para levar para o trabalho.

A incrível invenção é do sempre fantástico site The Kitchn. Tudo o que vou precisar é de azeite, sumo de limão espremido no momento, chalotas, endro, mostarda de Dijon, flor de sal, pimenta preta moída no momento, cuscuz pérola (encontra nos supermercados e é mais grosso que o cuscus normal), camarão e ervilhas. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

A grande vantagem desta receita é que tanto pode ser comida quente como fria. Por isso, se quiser levar para o trabalho, só tem de preparar, colocar num frasco e levar. A segunda vantagem é que é um almoço fácílimo de fazer. Não acredita? Então veja lá...

901e062302524cd5fd79767abff4cd5193a92ccc.jpeg

 

 

gelado vegan de banana e frutos vermelhos só com 5 ingredientes para dar as boas vindas ao bom tempo

Que maravilha de fim-de-semana! Que sol delicioso! A primavera chegou uns dias antes mas infelizmente os nossos queridos Filhos Mistério passaram os últimos dias a marrar. Paciência, também têm 3 meses de férias e nós não! Mas para lhes animar a tarde, decidi pedir ao meu querido Marido Mistério para lhes fazer uma surpresa (já que de manhã foram eles que o surpreenderam com um brunch especial de Dia do Pai).

Por isso, decidi procurar uma receita saudável mas, sobretudo, fácil porque achei uma maldade pô-lo a trabalhar no Dia do Pai. O espetacular blog A Couple Cooks salvou-me a tarde, com esta fantástica receita de um gelado lindo e vegan!

Ele só precisou de bananas maduras, descascadas e cortadas às rodelas, frutos vermelhos congelados, leite de coco ou um iogurte natural, xarope de ácer e sumo de limão (estes dois últimos são opcionais). Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

Banana-Berry-Vegan-Ice-Cream-003.jpg

 

 

quinoa de coco com abacate e camarão envolvido em sementes de sésamo, o jantar mais saudável para um dia de sol

A minha querida Mulher Mistério já fez o favor de o dizer aqui e eu confirmo: estou verdadeiramente obcecado por quinoa. Como quinoa ao pequeno-almoço, como quinoa ao almoço, como quinoa ao jantar – só ainda não como quinoa ao lanche porque não sou homem de grandes exageros. E Ela também está a adoptar esta maravilha – especialmente depois de ter descoberto que a quinoa reduz a fome, ajuda a manter os níveis de açúcar estáveis e nem sequer tem glúten. 

É por tudo isto que hoje vou fazer esta receita verdadeiramente irresistível que encontrei no fantástico blog How Sweet it Is. Trata-se de uma taça de quinoa cozida em óleo de coco e acompanhada com manga, abacate e um fantástico camarão tostado – também em óleo de coco – depois de ter sido envolvido em sementes de sésamo. Eu sei, só de ouvir isto dá fome, não é? Por isso, o melhor é despachar-me...

Tudo o que vai precisar é de quinoa, camarão descascado, manga, abacate, água, ovos, sementes de sésamo, farinha (não comece, é só uma colher de sopa...), coentros, óleo de coco, azeite, flor de sal e pimenta preta moída no momento. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte aqui a receita original.

sesame-shrimp-bowls-I-howsweeteats.com-8.jpg