Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

já alguma vez imaginou jantar numa colorida cabana de pescadores, no centro de lisboa? então tem de conhecer o isco

13096271_1188802894493715_3066019097205778780_n.jp

Primeiro, um aviso: se tem mais de um metro e setenta, pense duas vezes antes de se sentar num destes banquinhos castiços à frente de uma destas mesas de escola primária; se for o Luís Marques Mendes, então seja bem-vindo ao Isco, este restaurante foi feito a pensar em si. 

Agora, vou desfazer um dos grandes mistérios que acompanharam a sua vida ao longo dos últimos três anos: infelizmente, eu não sou o Luís Marques Mendes e por isso passei todo o jantar a tentar encontrar um sítio onde arrumar confortavelmente as minhas pernas de Cristiano Ronaldo. Levantei as pernas, estiquei as pernas, encolhi as pernas e não consegui encontrar uma única posição adequada ao meu alto e espadaúdo metro e oitenta e quatro.

Não se pode dizer por isso que tenha tido uma refeição extraordinariamente confortável. Em compensação, pode dizer-se com toda a segurança que tive uma refeição deliciosa de peixe e marisco que me custou menos de 30 euros.

Mas antes da comida, vamos às cadeiras.

 

um brunch com ovos mexidos, croissant e um delicioso salame com frutos secos só por €6,80? bem-vindo ao brick café

1012400_585465974892565_9122848844667453504_n (1).

Acenar-me com uma factura de €6,80 é o mesmo que pôr uma câmara de televisão à frente do Donald Trump – fico fora de mim com tanto entusiasmo. E então se essa factura for para pagar um brunch com uns fabulosos cubos de salame recheados com bolacha e frutos secos, estou pronto para me atirar de cabeça das Cataratas do Niagara (é pena o Trump não alinhar nesta aventura, também...).

Como já pode ter percebido, isto tudo é uma deixa mal conseguida para lhe falar do brunch do Brick Café, em Lisboa, uma das mais felizes e românticas relações qualidade-preço que a cidade já viu.

 

os deliciosos petiscos e a looooonga espera para jantar no novo bairro do avillez em lisboa

14184529_10154084230878439_7400102626609647171_n.j

Duas horas é o tempo que um aluno do ensino secundário demora a fazer um exame nacional de Latim.

Duas horas é o tempo de duração de um jogo de curling (se tudo correr bem, claro!).

Em duas horas, é possível celebrar dois casamentos, dá para jogar uma partida e meia de râguebi, consegue-se ir de Lisboa ao Algarve de carro.

Em duas horas, pode embarcar num avião no Porto e sair em Paris para comprar uns deliciosos queijos num mercado francês.

Mas, em duas horas, eu e a minha querida Mulher Mistério não nos conseguimos sentar numa mesa para quatro pessoas, numa sexta-feira à noite, na Taberna, do Bairro do Avillez, em Lisboa. Em bom rigor, demorámos duas horas e quatro minutos desde que chegámos com um casal amigo até que nos sentámos no novíssimo restaurante da moda em Lisboa.

O novo espaço de José Avillez é um projecto claramente ambicioso demais para quem quer manter um serviço minimamente adequado ao século XXI. E esse é o maior problema do Bairro do Avillez – porque a nível da comida ou da decoração o restaurante é uma maravilha.

 

 

novidade! novidade! o chef kiko abre um novo restaurante asiático esta terça-feira em lisboa (mas não tem sushi)

Captura de ecrã 2016-10-25, às 19.32.25.png

Chama-se O Asiático e é o mais recente projecto do responsável pelo Talho e pela Cevicheria. Vai ter pratos do Nepal ao Japão, mas não vai ter sushi. "Vamos deixar isso para quem sabe fazê-lo", disse-nos Kiko Martins, através de uma intermediária, claro, que o mistério não permite contactos directos.

A notícia foi avançada este sábado à noite, na página de Facebook do chef. Já há alguns meses que se sabia que Kiko Martins ia abrir um novo restaurante no Bairro Alto, durante o Verão. Agora, finalmente, foi anunciada a inauguração para esta terça-feira, dia 18, às 19h30.

 

este é um dos pratos mais deliciosos que comemos na vida (e custa €7,50)

554720_418662444815000_291665490_n.jpg

Jantar na Taberna da Rua das Flores a um fim-de-semana é um programa que começa durante a tarde. Tal como outros restaurantes de Lisboa, esta taberna minúscula mesmo ao lado do Bairro Alto, não aceita reservas. Ou melhor, não aceita reservas por telefone. Se quiser mesa, tem de passar por lá no próprio dia e deixar o seu nome enquanto olha, olhos nos olhos, para o empregado. Depois vai beber um copo calmamente e volta à hora marcada.

Não sei exactamente porque é que existe ali esta aversão ao telefone, mas a verdade é que, com uns 15 minutos de atraso, o esquema funciona. E mesmo que não funcionasse eu faria o que fosse preciso para provar o divinal picadinho de carapau salpicado com uns minúsculos e estaladiços camarões krill. Mas já lá vamos. Antes, é preciso prepará-lo para a logística.

 

socorro, os nossos filhos descobriram o pop cereal no bairro alto e um deles fez uma crítica!

13625392_317998875217460_5265316084887050865_n.jpg

Já entrámos naquela fase em que são os nossos filhos que nos dão notícias de sítios novos para descobrir. Já não deve faltar muito para nos começarem a dar a sopa ou os próprios dos cereais à boca ou a pôr-nos num lar… Ó Deus, estou a ficar velha! Mas ontem uma das nossas filhas não descansou enquanto não conseguiu ir lanchar ao novíssimo Pop Cereal, na Rua do Norte, número 64, no Bairro Alto.

Foi facílimo de convencer o meu querido Marido Mistério:

- Pai, podemos ir ao Pop Cereal?

- Não.

- É uma coisa nova muito gira e dá um ótimo post.

- OK. Onde é que está a minha carteira?

 

novidade! novidade! acabou de abrir o memmo príncipe real com uma vista deslumbrante sobre lisboa

13615112_299481937068481_7879038980228840680_n.jpg

É o mais recente boutique hotel de Lisboa. Tem 41 quartos e fica no topo de uma colina com uma vista fantástica para a cidade. Dos mesmos donos do Memmo Baleeira, em Sagres, e do Memmo Alfama, também em Lisboa, o Memmo Príncipe Real abriu as portas ontem, depois de vários dias em testes, e só ainda em regime de soft opening, que é como quem diz tenha paciência porque ainda não está tudo a 100%.

 

il matriciano, un ristorante italiano dove non si parla portoghese*

"Prima si sente, dopo si mangia". Pode estar descansado que não vou escrever este texto todo em italiano. É só o lema deste simpático restaurante italiano que nos faz sentir que fomos almoçar ali a Roma e entretanto voltámos.

Chegámos e rapidamente percebemos que nenhum dos empregados fala uma única palavra de português. Não deixa de ter um certo charme mas convenhamos que, se não fosse a minha brilhante linguagem gestual, ainda lá estava a pedir o número de contribuinte na fatura. Mas já lá vamos. Vamos começar pelo princípio…

12087192_830414190420752_1731586265579235998_o.jpg

 

chama-se el clandestino e é um dos mais surpreendentes restaurantes de lisboa (então os churros com doce de leite...)

1797363_191550921184167_6852656135133351019_n.jpg

Há restaurantes para onde convém levar sempre uma camisolinha às costas por causa do frio; outros onde não se pode entrar sem um leque por causa do calor. No El Clandestino, não se esqueça de levar o megafone. Isto se quiser conviver verbalmente com os seus companheiros de mesa sem mal-entendidos. Entre música, gritos e gargalhadas das mesas à volta, fica difícil proferir qualquer palavra sem acabar a noite a falar como o Marlon Brando, no Padrinho.

Desde que abriu, em Novembro de 2015, que o El Clandestino se tornou um dos restaurantes mais procurados do Bairro Alto, em Lisboa. E isso tem consequências – o barulho e a confusão – mas também tem causas. E é para falar delas que estamos aqui hoje.

 

novidade, novidade! acabou de abrir o martinhal chiado family suites no centro de lisboa

Martinhal Chiado_1-bedroom Premium Deluxe (2).jpg

É giro, é novo e é uma grande ideia! O recém-inaugurado Martinhal Chiado Family Suites auto-intitula-se “o primeiro hotel de luxo para famílias no centro de uma cidade, em todo o mundo”. E, de facto, é raríssimo encontrar hotéis “children friendly” nos centros das capitais mais cosmopolitas.

 

novidade! novidade! os melhores éclaires do porto chegam a lisboa já no dia 16

1796464_545188632246703_1941333505_n.jpg

Já está confirmada a data desse grande evento gastronómico da capital: a abertura da primeira loja da Leitaria da Quinta do Paço em Lisboa. Vai ser da próxima sexta-feira a uma semana, na Avenida João XXI, perto da Avenida de Roma.

A nova pastelaria vai funcionar numa antiga padaria dos anos 50 que manterá a traça original e que terá uma cozinha própria onde serão preparados os deliciosos éclaires recheados com chantilly que nos deixaram de queixo caído quando os experimentámos pela primeira vez (veja aqui mais detalhes sobre estes bolos divinais).

 

 

alecrim ao chiado, um refúgio discreto para namorar no bairro da moda em lisboa

12235012_793779807398372_5793559447531228107_n.jpg

Imagine um prédio antigo, totalmente restaurado, com um imponente hall de pedra com tetos em arcos, cujas escadas o levam a uma pequena secretária de madeira. Chegou à receção do Alecrim ao Chiado, que abriu portas em outubro do ano passado.

A sensação que tive quando entrámos é que estávamos a invadir a casa de família de alguém de provecta idade. À entrada, por exemplo, um sofá castanho de veludo, já bastante usado, está de frente a duas poltronas de pele e a uma lareira restaurada em tons de azul velho, situada sob uma cabeça empalhada de um animal cuja identidade a minha parca cultura zoológica não conseguiu identificar.

 

já fomos à novíssima esplanada no chiado, ideal para um almoço leve de verão

13680791_1824430401109299_2201483273091035823_n.jp

Apesar do calor abrasador dos últimos dias, não resistimos a ir espreitar o recentíssimo Topo Chiado. E temos de assumir com toda a frontalidade: ficámos absolutamente rendidos aos magníficos 1500 metros quadrados de terraços com uma vista deslumbrante: com o castelo de São Jorge em frente, o elevador de Santa Justa à direita e a Sé e a Graça ao fundo, é, sem sombra de dúvidas, uma das melhores vistas de Lisboa.

IMG_8492 (1).jpg

 

 

novidade! novidade! abre hoje o novo bairro do avillez com uma mercearia, uma taberna e um pátio (veja todas as fotos aqui)

Captura de ecrã 2016-08-10, às 11.48.08.png

Abre hoje à noite, quarta-feira, dia 10 de Agosto, o novo espaço de José Avillez, na Rua Nova da Trindade, em Lisboa. E tem um conceito totalmente inovador. 

 

madmary, o almoço que acabou antes de começar

image.jpeg

Desde o dia em que, aos 9 anos, decidi lavar um quadro dos meus pais com uma inovadora mistura de água com lixívia que não via um tão fulminante arregalar de olhos. A experiência aconteceu na novíssima padaria de Lisboa, orgulhosa detentora de um dos mais adequados nomes da restauração lusitana. O MadMary Cuisine é uma mistura de padaria com restaurante de refeições rápidas e leves para o almoço.