Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

as 7 melhores entradas com queijo derretido para a sua festa de passagem de ano

Há duas coisas obrigatórias numa festa de Passagem de Ano: um copo de champanhe e um prato de queijo. Este ano, também é obrigatório ter uma música da Maria Leal, mas esperemos que a tradição não se mantenha durante muito tempo...

Para esta família, o fundamental é mesmo o queijo. E nesta altura do ano, tem de ser derretido, a escorrer como um rio de lava para cima de uma tosta deliciosa. É por isso mesmo que eu estou já a reunir as melhores receitas de queijo derretido que conheço para escolher a ementa de dia 31. Acompanhado com fruta, com mel ou com especiarias, é só escolher o que lhe apetece mais.

 

Queijo Camembert no Forno com Tomilho, Pimenta Rosa e Moscatel

18994702_Obupq.jpeg

É uma receita quase tão fácil como deliciosa. Tudo o que precisa de fazer é pegar num queijo Camembert e cortar-lhe uma fatia muito fininha no topo, como se lhe estivesse a tirar a tampa. Depois, espalhe por cima um pouco de tomilho fresco, flor de sal, pimenta rosa e um fio de vinho Moscatel. Leve ao forno durante 10 minutos e já está. Sirva para os seus convidados irem molhando umas tostinhas ou uns cubos de pão no queijo derretido. Vai ver como é absolutamente viciante. Tem alguma dúvida? Dê uma vista de olhos aqui. A receita é do blog French Flakes.

  

 

este texto é essencial para o seu natal e passagem de ano: estamos a falar da melhor loja de queijos do país!

15350594_805045146302490_737354196595345993_n.jpg

Hoje não vale a pena falar de restaurantes nem de hotéis. Nem de receitas ou pratos elaborados. Faltam menos de 24 horas para a véspera de Natal e já não há tempo para jantares fora nem para fins-de-semana tranquilos. As poucas horas que nos restam são para tratar daquele que para mim é um dos momentos mais importantes de qualquer jantar: a hora do queijo.

Aquele momento em que molhamos a colher no recheio amanteigado de um Queijo da Serra, ou que desfazemos em lascas um fabuloso Parmesão, ou que derretemos no forno um extraordinário Camembert com frutas secas e nozes.

Apetece, não apetece? Eu calculei… E é por isso que me tornei um peregrino da Queijaria, em Lisboa. Desde que descobri esta fabulosa loja especializada em queijos artesanais (foi aqui, nos idos de 2014) que não consigo dar um jantar em casa sem lá ir antes abastecer-me de maravilhosos exemplares: desde um forte e intenso Blue Cheese a uma cremosa e suave Burrata.

 

como fazer o cheesecake mais fácil e delicioso para o seu natal

Está desesperado? Ou desesperada? O Natal está aí a chegar e não sabe bem que bolo é que há-de fazer? Quer deixar a família de queixo caído no chão e poça de baba à frente e não sabe o que cozinhar? Pois bem, meus caros e ilustres concidadãos natalícios, é nestes momentos que falta um cheesecake delicioso e facílimo de fazer. Daqueles que nos deixam a tremer os joelhos só de o ver passar à distância.

Na semana passada, recebemos um desafio da Philadelphia, a marca de queijo creme que usamos sempre em casa. Convidaram-nos a experimentar fazer uma fantástica receita de cheesecake. Como nós não somos de recusar um bolo a rir-se para nós, juntámos a Família Mistério para fazer esta tentação no fim-de-semana. E o resultado é de cair para o lado.

cheesecake.jpg

 

frittata de três queijos, uma receita fácil e deliciosa para casos de emergência

Esta é daquelas receitas que deve ter sempre à mão para aqueles dias em que chega a casa, estafado e sem imaginação para o jantar… ou para um almoço de última hora, ou ainda para um brunch durante o fim-de-semana. É muito fácil de fazer, é rápida e desde que tenha queijos em casa, safa-se em grande estilo. Mas tem de gostar de queijo. Mesmo. Esta receita da fantástica Donna Hay é para verdadeiros apreciadores. Como eu adoro todos os queijos (bolas, ao menos podia haver um que eu não gostasse mas infelizmente até hoje todos os que experimentei, adorei!).

Voltando à frittata, só vai precisar de ovos, leite, sal e pimenta preta, manteiga, folhas de manjericão picadas, ricotta, queijo cheddar ralado e queijo gruyère ralado. Para servir, arranje umas tostinhas com manteiga (se calhar é melhor sem manteiga, não?) Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

three-cheese-frittata.jpg

 

 

brie no forno com nozes caramelizadas, alecrim e mel, uma entrada muito fácil e divinal para a sua consoada

A frase que se segue é um conselho de amiga. De uma boa amiga. Não daquelas que nos dizem que estamos lindas e maravilhosas quando estamos uns trambolhos. Não. Daquela amiga de infância que quer o seu sucesso e a sua felicidade genuinamente. Aquela que quer que arrase na sua consoada. Aqui vai o conselho: Guarde esta receita para o seu Natal. Mesmo. Porquê? Porque além de fácil de se fazer, é sucesso garantido. Já escrevemos aqui no blog algumas receitas de Camembert ou Brie no forno, mas esta do blog Will Cook For Friends, é imbatível e perfeita para uma entrada na noite de Natal.

Só precisa, para as nozes caramelizadas, de nozes partidas ao meio, xarope de ácer e uma pitada de sal. Para o Brie, vai precisar obviamente do propriamente dito, mel, raminhos de alecrim, tostas para servir e, claro, das nozes caramelizadas. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, espreite aqui a receita original.

11730580953_81ef3ecaea_z.jpg

 

 

tarte de abóbora e queijo de cabra: importa-se de repetir?

Será que engorda muito? É que esta receita do blog Love and Olive Oil é qualquer coisa de irresistível. Esta tarte não dura mais de meia hora na Mansão Mistério… É boa demais para ser verdade! É uma espécie de prima da tarte de abóbora mas com um ingrediente que faz toda a diferença: queijo de cabra.

A autora da receita original fez questão de preparar a base da tarte em casa. Mas como eu não sou assim tão prendada, prefiro comprar a base da tarte já feita. Além da base da tarte, vou precisar, para o recheio, de ovos, queijo de cabra macio, leite, puré de abóbora, tomilho fresco, sal, pimenta preta moída e noz-moscada em pó. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 8 pessoas, espreite aqui a receita original.

savory-squash-quiche7-600x900.jpg

 

pernas de frango com molho de cogumelos e queijo: um jantar fácil e surpreendente para um dia de semana

frango.jpg

Segunda-feira sem um jantar de frango é como um Pai Natal sem barriga. Não tem graça, pois não? Cá em casa somos ferverosos adeptos do frango – seja em peitos, em coxas ou em pernas. E por isso é que estamos sempre à procura de receitas fáceis que transformem um simples prato de frango num jantar prático e delicioso para toda a família. 

O frango mais maravilhoso que fizemos recentemente foi uma genial ideia da mostarda Maille. Já tínhamos feito um divinal salmão em parceria com a marca (pode ver o vídeo e a receita aqui) e ficou tão bom que agora fomos desafiados a preparar um inacreditável frango com molho de queijo e mostarda Maille de Dijon. A receita é tão simples de fazer que pode aprender neste vídeo de 50 segundos.

 

 

 

queijo gouda com massa folhada no forno: adoro o advento!

Bendita seja esta época de partilha, de família, de solidariedade, de generosidade e de muito alimento. Já estamos em contagem decrescente para o Natal e aqui em casa já se experimentam receitas para a consoada. Digamos que inaugurámos uma espécie de Advento Gastronómico. Em vez de abrirmos uma janelinha de um calendário, todos os dias, ensaiamos um novo prato para o Natal, de preferência fácil e original. Ontem, experimentámos esta maravilha que encontrei no blog Savory Simple. Demora meia hora a fazer e é facílima, até para mim. Só precisa de massa folhada, farinha, dois queijos Gouda e um ovo ligeiramente batido. Depois, para servir, tenha à mão fatias de maçã e amêndoas laminadas e tostadas. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente espreite aqui a receita original.

Savory-Simple-Recipe-Baked-Gouda-27.jpg

 

 

chips de batata doce com caril, nozes caramelizadas e blue cheese, um aperitivo delicioso para o jantar de natal

Não resisto. Isto é demais para mim. Batata doce já seria delicioso. Chips de batata doce seria magnífico. Agora chips de batata doce com uma mistura de caril, gengibre, queijo blue cheese e nozes caramelizadas em mel é o petisco com que eu sonhava em silêncio desde que tomei o meu primeiro biberão. Ainda por cima, esta divinal receita do blog Half Baked Harvest arrisca-se a entrar directamente para o top dos petiscos mais fáceis de fazer do planeta.

Tudo o que vou precisar é de batata doce cortada às rodelas com menos de meio centímetro de espessura, óleo de coco derretido, pasta de caril vermelho tailandês, caril em pó, cominhos, gengibre ralado, piripíri, flor de sal, pimenta preta moída no momento, nozes, mel, arandos secos, queijo blue cheese desfeito em pedaços e folhas de sálvia. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

Curried-Sweet-Potato-Rounds-with-Honeyed-Walnuts-C

 

 

este é o melhor queijo alguma vez feito no mundo

Hanne Stensvold.jpg

Eu sei que posso ser considerado um rapaz de algum exagero. Especialmente quando me entusiasmo ao provar alguma coisa que me deixa a sentir-me como o Jerónimo de Sousa cada vez que olha para a fotografia do Fidel Castro. Mas este não é manifestamente o caso. O título de melhor queijo alguma vez feito no mundo não foi inventado por mim no final de um jantar inesquecível; foi atribuído no passado dia 16 de Novembro naqueles que são considerados os Óscares do mundo do queijo.

Os World Cheese Awards decorreram este ano em San Sebastían e avaliaram mais de 3 mil queijos de 31 países de todo o mundo. Concorreram queijos simples e mais complexos; queijos tradicionais ou queijos com chocolate. No evento, estiveram 266 jurados que avaliaram todos os concorrentes distribuídos por 66 mesas. O júri elegeu um queijo vencedor por mesa e esses 66 eleitos passaram a uma segunda fase de onde saíram apenas 16 queijos. De entre estes finalistas, foi finalmente eleito o melhor queijo do mundo.

 

pizza de pera e queijo gorgonzola, uma receita de sonho para celebrar o nosso primeiro livro com os filhos mistério

Abri hoje o Correio da Manhã mal acordei e ainda não percebi bem qual é a notícia que vai marcar o dia: se a visita dos Reis de Espanha, se a mulher que fez um implante de silicone e ficou "com os seios na barriga". É uma decisão difícil e, para me ajudar a ultrapassar este profundo dilema, acho que vou precisar de um suplemento alimentar. Felizmente, tenho Filhos Mistério preocupados com a minha condição e que, todos os santos dias, me enviam sugestões de receitas para o jantar. A minha querida Mulher Mistério acha que são sugestões com segundas intenções – só mandam porque as querem comer eles. Eu acredito piamente na sua preocupação com o seu pobre pai.

Hoje a sugestão que me chegou agora mesmo foi uma divinal pizza com pera, presunto e queijo gorgonzola, do fabuloso blog Recipe Runner. A verdade é que eu já estou a sonhar com essa ligação das fatias de pera laminadas com o presunto fininho e o gorgonzola picante. Tudo o que vou precisar é de massa de pizza, cebola, flor de sal, azeite, pimenta preta moída no momento, tomilho fresco, uma pera laminada, queijo gouda ralado, mozzarella magro ralado, gorgonzola em pedaços e presunto enrolado e cortado fininho. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, veja a receita original aqui.

PearProsciuttoGorgonzolaPizza1.jpg

 

 

este vídeo vai mudar a sua vida: como fazer uma omelete de queijo e presunto num minuto e meio no microondas

Captura de ecrã 2016-11-29, às 16.23.00.png

45 segundos é o tempo que um ser humano demora, em média, a dar uma gargalhada. Digo isto não por me ter transformado subitamente no José Hermano Saraiva da Ciência, mas apenas para lhe mostrar que, enquanto dá duas gargalhadas, pode cozinhar uma deliciosa omelete com presunto, pimentos, chalotas e um fenomenal queijo derretido que não vai conseguir descolar do ovo. 

Esta divinal e ultra-simples receita é só uma das 10 sugestões que pode encontrar no novíssimo livro do Casal Mistério para cozinhar numa caneca, dentro do microondas (que pode conhecer aqui e comprar aqui). E se tem dúvidas de que esta refeição é tão fácil como deslumbrante, então o melhor é ver o vídeo de 40 segundos em baixo.

 

 

já experimentou estrelar um ovo dentro do seu hambúrguer?

É de pequenos momentos como este que é feito um belo domingo em família. Depois de uma tarde inteira de estudo dos meus queridos mini-misteriosos, depois de milhares de decibéis de gritos da minha querida Mulher Mistério, eis que a família se junta para celebrar o seu domingo em paz, harmonia e muita caloria.

Então não é que, enquanto eu tentava explicar o resultado de 2+2, o meu querido e adorado filho com queda para chef me mostrou esta fenomenal receita do fabuloso blog I Am a Food Blog? A receita é tão só a mais genial ideia para um hambúguer no pão. E porquê? Primeiro, porque leva um fantástico e cremoso ovo estrelado dentro da própria carne. Depois, porque tem uma crosta de queijo tostado no pão. E finalmente porque é uma receita fácil e rápida de fazer.

Tudo o que vai precisar é de hambúrgueres, ovos, Queijo da Ilha ralado, pão para hambúrguer, flor de sal e pimenta preta moída no momento. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

egg-in-a-hole-burger-recipe-5.jpg

 

batata doce no forno com uvas, mel e queijo de cabra, o brunch mais original dos últimos tempos

A grande vantagem da batata doce é que é um todo-o-terreno da cozinha. Tanto fica deliciosa ao almoço, ao pequeno-almoço ou ao jantar. Tanto pode ser comida sozinha ou a acompanhar. Tanto resulta em panquecas, em batidos ou inteira. E tanto pode ser roxa, amarela, cor-de-laranja ou esbranquiçada.

Seja de que maneira for, é sempre uma maravilha de nos fazer perder a cabeça. Então a minha querida Mulher Mistério tem suores frios só de passar ao lado de uma banca com batata doce. E é exactamente por causa desta sua paixão semi-bígama que eu hoje vou fazer esta pequena preciosidade ao pequeno-almoço. A receita é do fabuloso blog How Sweet it Is e junta à batata doce umas irresistíveis uvas assadas no forno.

Tudo o que vai precisar é de batata doce, uvas pretas sem grainhas, óleo de canola (a receita original sugere óleo de grainhas de uvas, mas canola também fica óptimo), flor de sal, pimenta, queijo de cabra, mel, canela em pó e noz moscada. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

rgsp-1-3.jpg

 

salada de brócolos no forno com passas, queijo feta e pinhões: o meu jantar de hoje

Quem é que disse que, no outono e no inverno, não apetece comer saladas? Esta delícia, do ótimo blog Yummy Beet, pode ser um excelente acompanhamento ou um jantar saudável e vegetariano, ideal para quem está de dieta como eu. E hoje é um bom dia para fazer esta salada para o jantar, uma espécie de estágio pré-fim-de-semana, onde me desgracerei certamente mais uma vez. Como dizia o Elton John, no Rei Leão, “a vida é um círculo”, no meu caso é a minha semana que é um círculo, já que a minha dieta começa sempre à segunda-feira e vai definhando à medida que a semana avança.

Esta salada demora meia hora a preparar e só precisa de uma cabeça de brócolos (corte-a em pequenos bouquets e pique-os a seguir), pinhões, azeite extra virgem, orégãos secos, sal, pimenta preta moída, queijo feta cortado em pequenos quadrados e passas. Para o molho, use vinagre de vinho tinto, azeite extra virgem, um dente de alho picado, sem a parte do meio, e noz-moscada.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

IMG_8144-copy.jpg