Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

parfait de iogurte, quinoa e mel, um pequeno-almoço delicioso para fazer em 5 minutos

Não sei se acontece em vossa casa, mas eu tenho uma guerra constante com a minha mãe, por causa de… cereais. A minha querida e adorável progenitora acha que os nossos filhos passam fome:

- Coitadinhas destas crianças, precisam de se alimentar convenientemente e, com a vossa mania das dietas, estes miúdos não comem nada de jeito.

Então, cada vez que vem cá a casa, enche-me a despensa de cereais, como Cheerios, Chocapics e afins. Eu, que sou filha, não ligo nenhuma, Ele, que é genro, fica a suar do bigode (OK, ele não tem bigode) mas fica ruborizado de raiva e lá tenho eu de mediar o conflito.

- Meninos, só podem comer cereais uma vez por semana, duas vá, porque faz mal à saúde.

Resultado, tenho caixas de cereais em série por abrir na despensa, por isso, quando descobri esta receita incrível no blog pinch of yum, encontrei a solução para os meus problemas familiares.

Cheerios-Yogurt-Parfait-6.jpg

 

 

iogurte natural com frutos vermelhos e granola caseira orgânica, o novo pequeno almoço light da quinoa em lisboa

Já aqui lhe falámos da Quinoa, um espaço no Chiado, que é uma padaria mas que também é uma cafetaria e uma loja gourmet. Já lhe falámos do brunch delicioso e do slunch original. Também já lhe falámos das suas propostas saudáveis e saborosas, dos seus produtos biológicos, de fabrico próprio e da especialidade da casa, que é o pão biológico.

O que ainda não lhe falámos foi da última novidade para esta estação: chama-se Redberry Mess (€5,50) e é nada mais nada menos do que um delicioso iogurte natural com frutos vermelhos frescos e homemade granola 100% orgânica (que pode ser comprada também no espaço, por €10,80 um pacote de 400 g – não é propriamente barata, mas é ótima).

Redberry Mess.jpg

Há também outras opções como a taça de fruta com granola e iogurte e também o iogurte com mel e nozes. E há 10 tipos de pães diferentes... e bolos, tarteletes, bagels e scones... mas o melhor é parar por aqui e ficar-me pelo Redberry Mess. É que não sei se sabem, mas estou de dieta.

 

Uma ótima quarta-feira,

Ela

 

foto: paula bollinger

salada de quinoa, tomate e mozzarella: simples, boa e super saudável

É domingo e não me apetece fazer nada. É dia de preguiça mas ao mesmo tempo é dia de organizar a casa, mais um motivo para não me apetecer fazer nada. Mas lá terá que ser, que isto de ser mãe de família não dá direito a greve. Por isso, vamos lá pensar num almoço fácil e saudável. E não é que descobri no blog Avery Cooks a solução para os meus problemas? É de uma receita assim que estou mesmo a precisar: um prato que enche mas que não engorda, e, claro, apetecível. Pode acrescentar os legumes que tiver na despensa, porque a sua imaginação é o limite. Mas só assim já me enche as medidas: os tomates cherry suculentos em contraste com o queijo macio, com a quinoa à mistura… hummm! E não se preocupe, são só 30 minutos na cozinha.

tomatoquinoasalad-10.jpg

 

 

salada de quinoa com morangos e espargos, um almoço light para se preparar para o verão

Estamos na Primavera, o calor aumenta, as roupas diminuem e é preciso encontrar soluções urgentes para manter a linha. Eu sei, ouço todos os dias essa penosa conversa. Desde o dia 21 de Março que se tornou praticamente impossível comprar um alimento cá para casa que não fosse verde – e não, Ela não é adepta do Sporting...

Foi por isso que dediquei os meus últimos dias a pesquisar as melhores receitas de saladas que existem na Internet. E foi quando já me tinha convencido de que era impossível fazer alguma coisa diferente que descobri esta maravilhosa receita do blog Oh She Glows. Além de ser feita com essa preciosidade da natureza que é a quinoa, pode ser servida quente ou fria, o que é ideal para estas semanas em que saímos de casa com 40 graus à sombra e voltamos enrolados num cachecol. 

 

Ingredientes

Para a salada

  • 1 chávena de quinoa crua
  • 1 alho francês cortado às rodelas
  • 2 dentes de alho picados
  • 1 molho de espargos (sem os últimos dois centímetros do pé e cortados aos pedaços)
  • 1 chávena de morangos cortados aos bocados
  • 3/4 de chávena de ervilhas
  • 1 chávena de salsa fresca picada
  • Raspas de limão

Para o molho

  • 3 colheres de sopa de azeite extra virgem
  • 3 colheres de sopa de sumo de limão espremido
  • 1/2 colher de sopa de xarope de ácer
  • Flor de sal
  • Pimenta moída no momento

springsaladvegan-3637.jpg

 

 

omeletes gregas de quinoa com feta e molho tzatziki: a minha singela homenagem a yanis varoufakis

Greek-Quinoa-Dinner-Omelets-with-Feta-and-Tzatziki

Yanis Varoufakis é talvez o primeiro nome grego que as minhas amigas decoraram na ponta da língua. Impressionante como, nos últimos dias, não ouço falar de outra coisa. O Christian Grey que se cuide, porque, pelo que tenho constatado, tem aqui um concorrente à altura. Acho alguma piada ao ar descontraído, mas sinceramente não faz o meu género. Peço desculpa mas não sou fã nem do Dr. Spock nem do Stallone, e para mim, Varoufakis é um misto dos dois, com a agravante de ser careca. Por isso, não partilho desta excitação coletiva em torno do senhor. Agora, louvo a ausência de cinzentismo, a camisa por fora das calças, a mão sempre no bolso, tudo isto dá-lhe, temos de admitir, algum charme. Não será seguramente um deus grego mas é, sem dúvida, um exemplar original daquele país. O que me leva ao tema deste post, que é obviamente comida, what else? E com tanta notícia sobre a Grécia, o que é que me deu para fazer hoje? Umas deliciosas omeletes de quinoa com queijo feta e molho tzatziki, numa singela homenagem ao mais recente deus grego da atualidade. Descobri neste fantástico blog e não são mais do que omeletes gregas recheadas com tudo o que eu adoro: tomates secos, pimentão assado, alcachofras marinadas, azeitonas, quinoa, feta e pinhões. Além dos ovos, claro, e o melhor de tudo: molho tzatziki.

 

 

ceviches, risottos de quinoa, espumas de ostra: fomos jantar à nova cevicheria e adorámos

11141230_842057202516665_7678617921079911020_n.jpg

Quando entrei na nova Cevicheria, em Lisboa, e, ao olhar para o tecto, vi que estava ali um polvo gigante pendurado à minha espera, senti-me o Capitão Nemo a ver pela primeira vez a lula astronómica que queria engolir o Nautilus. Não é fácil lidar com esta atracção que o chef Kiko Martins tem pelos filmes e séries de aventura: no Talho, há empregados com os intercomunicadores no ouvido à Star Trek; na Cevicheria, temos um polvo saído das 20 Mil Léguas Submarinas. No entanto, para provar as especialidades do chef Kiko, eu até era capaz de descer as cataratas do Niagara vestido de Pocahontas (estava a brincar, esqueça lá isso da Pocahontas, ok?).

A cozinha de Kiko Martins é uma das cozinhas que me dão mais prazer em Lisboa. Não é que seja a mais sofisticada nem a mais requintada, mas é seguramente uma das mais apaixonadas. E isso conta muito. Por isso, escolhemos a nova Cevicheria para cumprir a nossa primeira resolução de 2015.