Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

ovos escondidos numa nuvem de claras, a receita que vai revolucionar os seus brunches

Chamam-se ovos devaux e são a mais espectacular criação do chef Davy Devaux para um brunch em casa. Trata-se de um revolucionário ovo escalfado, só que, em vez de atirar tudo para dentro de uma panela de água a ferver, vai cozinhar a gema do ovo dentro de uma nuvem de claras. 

Por fora vai ficar com uma cobertura tostada na frigideira, por dentro terá um recheio em espuma feito com as claras. E, quando cortar esta delícia com a faca, a gema líquida vai espalhar-se de forma irresistível. Se servir isto por cima de uma torrada de pão integral, tem à sua frente o pequeno-almoço do ano.

Tudo o que vai precisar é de 1 ovo, 1 fatia de bacon frito crocante (opcional), 1 torrada de pão integral (se estiver de dieta, claro...), meio limão e óleo de coco. Para ver a receita original e o vídeo com a preparação passo a passo, clique aqui no site de Davy Devaux.

Eggs-Devaux-cut-in-half.jpg

 

papas de millet com café, mirtilos, chocolate e avelã, um pequeno-almoço vegan, sem glúten e sem lactose

Cremoso. Saudável. Delicioso. Saudável. Viciante. Saudável. Sem glúten. Saudável. OK. Acho que já me estou a repetir, mas fico neste estado quando descubro uma receita com um aspeto deste e, ainda por cima, saudável! Juro que não escrevo mais a palavra “saudável” até ao fim deste post! Então se adorar café como eu, vai amar esta receita do blog Eat Better Not Less. E tem a originalidade de ser feita com millet que, se o deixar apurar ao lume durante algum tempo, fica super cremoso. 

Só precisa de água, um café expresso, uma pitada de sal, millet, leite de amêndoa ou avelã e xarope de ácer. Como toppings, pode usar mirtilos frescos, pepitas de cacau, chocolate vegan, avelãs tostadas e esmagadas e manteiga de amêndoa ou de amendoim natural. Ah! No final, reserve um pouco de canela em pó.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 1 pessoa, espreite aqui a receita original.

2.jpg

 

 

porquê comprar compotas no supermercado quando pode fazer um delicioso doce de morango e sementes de chia sem açúcar em 20 minutos?

Eu sei que a pergunta do título é gigante, mas eu estou tão entusiasmado que tenho muita informação para partilhar. Um doce de morango caseiro, feito com os morangos biológicos e saborosos comprados na praça, já seria uma grande receita. Sem açúcares artificiais melhor ainda. Pronto em apenas 20 minutos é quase a loucura. E então com sementes de chia, o que lhe dá uma textura de uma gelatina quase líquida e cremosa, é o sonho de qualquer conterrâneo do Salvador Sobral.

A receita divinal é do fantástico blog The Roasted Root e resume-se a seis simples ingredientes: morangos frescos e cortados em pedaços, sementes de chia, xarope de ácer (ou outro adoçante natural como mel), sumo de limão espremido no momento, canela em pó e extracto de baunilha. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte aqui a receita original.

strawberry_chia_seed_jam_2.jpg

 

 

puré de abóbora com queijo de cabra e alecrim, o acompanhamento ideal para… tudo!

Já partilhei aqui que adoro puré de batata e nunca como por duas razões: primeiro porque engorda e segundo porque dois dos meus queridos Filhos Mistério, ao contrário da maioria das crianças, não gostam de puré. Dá para acreditar numa coisas destas? Devem ser influências do paizinho gourmet…

Mas agora tudo vai mudar com esta espetacular receita do blog Recipe Runner que me está a deixar com ataques de ansiedade. Puré de abóbora com queijo de cabra? Além de ser muito mais saudável, é uma combinação genial. E não sei se peça ao meu querido Marido Mistério para fazer como acompanhamento – porque na realidade fica bem com tudo – ou se coma à colherada antes de ir para a mesa.

O meu querido e prendado Marido Mistério só vai precisar de abóbora-menina, descascada e cortada em cubos, queijo de cabra, leite, alecrim fresco picado, flor de sal e pimenta preta.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 a 6 pessoas, espreite aqui a receita original.

MashedButternutSquashwithGoatCheeseandRosemary1.jp

 

muffins sem farinha, um almoço delicioso só com 50 calorias

Descobri esta receita ontem à noite e hoje, mais de 12 horas depois, ainda estou com a boca tão aberta como a da Manuela Moura Guedes cada vez que pronuncia o nome de José Sócrates. Eu não sei se leu bem o que está escrito no título aqui em cima mas, se não leu, eu faço questão de repetir: cada um destes deliciosos muffins tem 50 calorias. Cinquenta calorias são três marshmallows! São duas nozes! É uma tangerina! Basicamente, não é nada. A minha querida Mulher Mistério ingere isso só de cheirar um prato de lasanha.

Então como é que é possível que estes muffins tenham 50 míseras calorias? Porque não levam farinha. O segredo desta esplendorosa receita do fantástico blog Show Me The Yummy está na massa. Em vez desse destemido atentado contra a balança que dá pelo nome de farinha, estes muffins levam apenas ovos. São eles que vão dar a consistência exterior. Depois, no recheio, só há vegetais. 

Para fazer esta loucura só vou precisar de ovos, claras de ovos extra, pimentos (verdes e encarnados), cebola, espinafres baby, cogumelos, alho, sal e azeite. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente consulte a receita original aqui.

Healthy-Egg-Muffin-Cups-Bite.jpg

 

 

massa de courgette e molho de abacate, um jantar tão light que emagrece só de olhar

OK. Esta receita do espetacular blog Pinch of Yum pode ser saudável ou super saudável. O que é que prefere? As duas? Está bem, então, eu explico-lhe as duas. A diferença basicamente está (como diria o anúncio) na massa. Pode optar por fazer a receita com esparguete integral ou não usá-lo pura e simplesmente e fazer só com a courgette espiralizada. Fica ótima na mesma mas não garanto que duas horas depois o seu estômago não esteja a dar horas. Mas para quem está de dieta é a receita ideal.

Só precisa de tomates cherry encarnados e amarelos, courgette espiralizada, esparguete integral e parmesão. Para o molho de abacate, precisa do propriamente dito, azeite, sal, salsa, cebolinho, alho, sumo de um limão e pimenta. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

Zucchini-Spaghetti-6-600x900.jpg

 

cuscuz com pesto de espinafres e camarão, um jantar incrível para fazer em 20 minutos

Com o que é que uma pessoa sonha quando está a caminho de casa, depois de uma segunda-feira de trabalho? Co uma massagem, um mordomo ou uma governanta (não sou esquisita), crianças prontas e direitas quais anjinhos a estudarem e longe dos telemóveis, um jantar saudável e delicioso à mesa à nossa espera… enfim, uma pessoa pode sonhar no trânsito, não é verdade?

Mas a realidade é que, para variar, vou chegar tarde e a más horas e preciso de um jantar fácil e delicioso para toda a família. Valha-me o meu querido Marido Mistério que é um ás na cozinha e eu, modéstia à parte, uma exímia ajudante: corto alho e cebola, lavo a loiça, enfim, o trabalho pesado, que ninguém quer fazer. Por isso, esta dupla imbatível vai fazer esta maravilha que descobri no blog My Kitchen Love em 20 minutos.

Só vamos precisar de espinafres baby, folhas de manjericão, pinhões, um dente de alho, azeite, meio limão, sal, cuscuz pérola (encontra nos supermercados e é mais grosso do que o cuscuz normal), água fria, camarões crus e piripíri. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original. 

IMG_2361.jpg

 

o lanche ideal durante a semana: bolinhas de coco sem açúcar e só com sete ingredientes

É segunda-feira de manhã e eu sinto-me quase tão deprimido como o Jorge Jesus no final desta época. A única coisa pior do que acordar às sete da manhã é perceber que ainda faltam cinco dias até ao fim-de-semana. É por isso que eu mantenho uma tradição: às segundas-feiras preciso de uma receita que me deixe mais motivado do que o Marcelo Rebelo de Sousa à frente de uma câmara de televisão.

E hoje tenho a receita ideal graças ao sempre espectacular site The Kitchn: trata-se de umas fantásticas bolinhas de coco que conseguem ser tão saudáveis quanto deliciosas. Não levam açúcar nem farinhas e demoram poucos minutos a fazer. E nem sequer são cozinhadas.

Tudo o que vou precisar é de coco ralado sem açúcar, óleo de coco derretido, xarope de ácer, leite de coco sem açúcar, extracto de baunilha, canela e sal. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

8ed2c3470d762b125d9d1860ebea4cf29286f78f.jpeg

 

lasanha de espinafres e batata doce, o meu jantar preferido para celebrar o dia da mãe

Hoje é Dia da Mãe e tenho sido super mimada pelos meus queridos Filhos Mistério. Acordei com eles em cima de mim a dar-me beijinhos, cartões, flores e encheram-me de presentes. Não, não foi nada disto. Isso faz parte do passado. Verdade seja dita que quem, para variar, foi um “amooooooorrr” foi o meu querido Marido Mistério. Foi Ele que me foi comprar os presentes (para eles me darem) e como sempre acertou em cheio. Eles já se limitam a pôr uma fotografia no Instragram cheia de emojis a dizer que sou a melhor mãe do mundo, e já vou com muita sorte. É claro que não me importo absolutamente nada, porque a adolescência é isso mesmo e, além disso, os presentes já cá cantam! Quem tem um Marido Mistério tem tudo! E Ele é tão querido que me perguntou o que é que eu queria para o jantar porque hoje é o meu dia sem dietas. Eu que tinha acabado de descobrir esta lasanha de batata doce no blog Fit Foodie Finds não resisti (eu sei, sou fraca!) e mostrei-lhe. E não é que Ele foi comprar os ingredientes?

Para o recheio de queijo com batata doce, Ele comprou ricotta, requeijão light (a receita original refere queijo cottage mas Ele prefere sempre substituir por requeijão), puré de batata doce e alecrim picado. Para o molho, precisou de azeite, cebola picada, espinafres, molho marinara, orégãos, alho em pó, sal e pimenta. E, claro, massa de lasanha e queijo mozzarella. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 8 pessoas, espreite aqui a receita original.

Easy_Sweet_Potato_Recipes_04-e1476135771855.jpg

 

camembert no forno com tomate seco e alho, uma entrada especial para o dia da mãe

Hoje é Dia da Mãe, tem a sua dileta progenitora e sogra (ui, que dupla!) a almoçar em sua casa e não sabe o que lhes vai dar? Não desespere. Tenho aqui a solução para um aperitivo delicioso e que as vai encher de tal maneira que pode fazer qualquer coisa a seguir que nem vão conseguir experimentar!

Esta receita, do blog Taste and Tell, demora menos de 15 minutos a preparar e é sucesso garantido em qualquer mesa ou evento.

Só precisa de tomate seco e alho picados, um queijo camembert, salsa picada e tostinhas ou crackers para servir. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 12 pessoas, espreite aqui a receita original.

Baked-Brie-Recipe-with-Sun-Dried-Tomatoes-tasteand

 

 

vídeo: como fazer uma mousse de chocolate com mais estrelas michelin do que ingredientes

Captura de ecrã 2017-05-06, às 11.31.12.jpg

Acha que este título é um exagero? Então vamos lá aos esclarecimentos: esta bela (pareço o Agir...) mousse de chocolate que está aqui à sua frente é feita só com chocolate e água – ou seja, dois ingredientes; e o autor da receita é o prestigiadíssimo chef Heston Blumenthal – ou seja, três estrelas Michelin. 

Agora que estamos esclarecidos, vamos ao resto: é difícil encontrar uma receita mais simples, pura e deliciosa do que esta. Tudo gira à volta do chocolate. Se tiver um chocolate bom e não muito doce, tem uma mousse divinal. Nós já tínhamos entrado em estado pré-comatoso quando descobrimos esta receita aqui. Mas agora achámos que não há nada como um vídeo de 30 segundos para provar como esta é das receitas mais simples que já passou por esta cozinha. Não acredita? Então veja lá...

 

 

surpresa de dia da mãe: brownies de batata doce sem glúten nem açúcar

É a melhor surpresa que pode fazer a qualquer mãe: juntar na mesma receita batata doce, chocolate e amêndoas. Pelo menos, as mães desta modesta Família Mistério vibram com qualquer coisa que inclua estes três ingredientes vindos directamente do céu para o seu sistema digestivo.

Ainda por cima, esta receita, que adaptámos do blog The Awesome Green e que está no nosso livro (ora, aí está outra bela surpresa para oferecer neste Dia da Mãe e que pode comprar aqui...), é das coisas mais saudáveis que já entraram nesta casa: não tem glúten e não tem açúcar, mas é doce, macia e deliciosa. É por isso que é uma das sobremesas preferidas da minha querida Mulher Mistério. E é também por isso que será o nosso lanche no Dia da Mãe.

Ela, aliás, já tinha falado desta receita aqui no blog, mas agora eu resolvi juntar-lhe um topping divinal de amêndoas salgadas e tostadas. Vai ver como o crocante das amêndoas, misturado com o chocolate, é absolutamente imperdível. 

Captura de ecrã 2017-05-05, às 15.53.45.png

 

acabaram os ovos mexidos de manhã, está na hora de aprender a fazer ovos brulée

Sinto-me o Vasco da Gama da culinária. Não descobri o caminho marítimo para a Índia, mas acabei de descobrir o caminho directo para a felicidade. Qual canela, qual pimenta, qual quê! A descoberta que vai revolucionar o seu pequeno-almoço são uns deslumbrantes e facílimos ovos brulée.

Isso mesmo que acabou de ler. Está a ver a extraordinária cobertura crocante e caramelizada do creme brulée? Agora imagine-a por cima de um fabuloso ovo cozido, com a gema ainda líquida. Acabaram-se definitivamente os ovos mexidos, os ovos estrelados, as omeletes e tudo o resto que animou os pequenos-almoços desta pequena Mansão Mistério ao longo das últimas décadas. Agora o que está a dar é esta mistura divinal de doce e salgado.

A invenção é do chef americano Alvin Cailan, responsável pelo famoso restaurante Eggslut, dedicado exclusivamente aos – claro está – ovos. Desde que partilhou esta receita facílima num vídeo para a revista Bon Appétit que os ovos brulée se transformaram num verdadeiro tsunami virtual. Infelizmente, eu não sei bem o que é que andei a fazer nos últimos tempos, mas só descobri agora esta maravilha. 

brulee-your-hard-boiled-eggs-9-more-ways-use-your-

 

 

fettuccine de camarão com molho de manteiga de alho, um jantar para fazer em 20 minutos

O Dia da Mãe está a chegar e confesso que o único presente que eu queria mesmo era fazer literalmente nada. Se estiver bom tempo, passar o dia ao sol a ler; se estiver mau tempo, passar o dia esparramada no sofá a ver séries. Mais nada. Eu sou uma pessoa simples que se contenta com pouco.

O problema é a minha imensa Família Mistério que não me dá descanso. Entre levá-los à escola, trabalhar, supermercados, arrumar roupas, e:

– Ah, é verdade, mãe, preciso de folhas quadriculadas!

– Oh, mãe, esqueci-me de que preciso de lápis novos!

– Mãe, preciso de um kit novo para a ginástica!

– Mãe! Mãe! Mãe!

Tudo a horas diferentes! Não sabem organizar-se e pedir-me tudo de uma vez? Irra! E hoje, o meu dia tem sido assim. Caótico. Por isso, quando chegar a casa vou fazer esta receita (sim, é tão fácil que até eu consigo fazer), do fantástico blog Damn Delicious, em 20 minutos, e desmaiar no sofá. 

Só vou precisar de massa fettuccine, camarão médio descascado, sal e pimenta preta moída, manteiga sem sal, alho picado, orégãos, piripíri (se gostar), rúcula baby, parmesão ralado e salsa picada. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

IMG_2308edit.jpg

 

parfaits de iogurte com manteiga de amêndoa e granola caseira, um pequeno-almoço saudável ideal para os dias de semana

Estou tão feliz! O meu querido Marido Mistério comprou ontem um carregamento de skyr e os meus pequenos-almoços têm sido uma alegria. Eu adoro iogurte grego mas, de facto, o skyr natural é muito mais saudável e, por isso, mais recomendável para a minha dieta. Ao contrário do Miguel Esteves Cardoso, que escreveu no Público que “o skyr é um queijo farinhento que se apresenta como um iogurte islandês. A versão natural até é saudável mas a consistência e o sabor são desagradáveis”, eu adoro tanto a consistência como o sabor. Atenção, não me interprete mal, também adoro o MEC mas, de vez em quando, muito raramente, não concordo com ele. Por mim, deveria haver skyr em todos os supermercados.

Por tudo isto, inaugurámos a Semana do Skyr na Mansão Mistério.

E hoje o nosso pequeno-almoço vai ser esta receita deliciosa que descobri no site Dagmar’s Kitchen. Atenção, eu vou usar o skyr mas pode usar à vontade iogurte grego. A minha dieta é que não me permite esses devaneios.

dagmars_kitchen_yoghurt_jars_2-1.jpg