Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

3 maneiras deliciosas de animar uma torrada de pão integral

Vamos lá aqui admitir uma coisa simples: o pão integral não é propriamente a coisa mais saborosa do mundo, pois não? Calculei. Antes dele, temos o pão alentejano, o pão de Mafra, a broa de milho, a broa de Avintes, o pão de leite, o brioche, o fofinho e todos os outros pães que eu devorava já aqui, neste preciso momento, sem pensar dois segundos nas consequências.

Mas o pão integral faz parte dos sacrifícios essenciais de quem aspira a ter uma barriga que se consiga sentar ao volante de um Smart. E foi por isso num estado de profunda euforia que eu encontrei esta indispensável lista do sempre útil Buzzfeed: 14 receitas de tostas e sanduíches que tornam o pão integral num sacrifício ligeiramente menos penoso. Eu escolhi as três melhores para começar a adoptar urgentemente cá em casa.

 

Torrada de Pão Integral com Ovo Escalfado

ovo-poche-torrada-integral_0.jpg

Pão, manteiga light e ovo escalfado com sumo de limão. Se preferir, substitua a manteiga light por abacate – também fica delicioso. A receita, tal como a foto, é do site M de Mulher e só tem 80 calorias. Veja o modo de preparação aqui.

 

 

 

cogumelos portobello recheados com ricotta, pesto, halloumi e pinhões, uma receita incrível com menos de 300 calorias

Antes que comece já a insultar-me, deixe-me esclarecer que halloumi é um queijo cipriota, muito popular na Grécia e ótimo para grelhar. Não é muito fácil de encontrar. Já o descobri uma vez no Jumbo, mas pode sempre substituir por qualquer queijo grego bom para grelhar, como o feta, por exemplo. Posto isto, quer surpreender a sua família com uma receita fantástica, super original e deliciosa? Pode ser uma espetacular entrada de um jantar de cerimónia ou simplesmente um ótimo almoço ou jantar. Cada cogumelo recheado tem apenas 284 calorias, o que significa que, ainda por cima, é light. Eu estou apaixonada por este prato, do blog not enough cinnamon, que foi aprovado por unanimidade por toda a Família Mistério. Demora 20 minutos a preparar e 20 minutos no forno.

Stuffed-Portobello-Mushrooms-with-Ricotta-Pesto-an

 

 

o melhor remédio para uma segunda-feira: uma lasanha para fazer em 15 minutos numa caneca

Cá em casa segunda-feira é um dia de depressão gastronómica. Não estou a falar das depressões associadas ao anticiclone dos Açores, estou a falar das depressões de início de semana, início de trabalho, início de aulas e início de despertadores insuportáveis a tocarem às 7h da manhã. É este o meu estado de espírito, já para não falar de que, daqui a 30 dias, estaremos com as folhas das árvores a cair e castanhas a assar na rua (esta parte das castanhas não é má de todo...). Isto tudo para dizer que segunda-feira é aquele dia em que prefiro ser atropelado pelo abdómen do novo comentador do Benfica, na TVI24, do que passar mais de 16 minutos enfiado na cozinha. E digo 16 minutos porque descobri esta maravilhosa receita do ainda mais maravilhoso blog Healthy Nibbles and Bits que está pronta em apenas 15 minutos. Com outra vantagem: suja só uma caneca por pessoa.

Spinach-Ricotta-Lasagna-In-A-Mug-3.jpg

 

bolos de ricotta e courgette, uma receita vegetariana para enfrentar as férias dos outros

Quem está de neura? Eu! Quem tem de ir trabalhar amanhã? Eu! Se por acaso está de férias, poupe-me. Não quero ver os seus pés com o mar ou uma piscina ao fundo, não publique uma bebida ao pôr-do-sol, não partilhe fotografias de praias desertas em agosto, porque das duas uma: ou são tiradas às seis da manhã ou são arquivo. E eu amanhã vou trabalhar. Eu e mais dez pessoas em Lisboa. Não me posso queixar porque eu não gosto de tirar férias nesta altura. Gosto muito mais do mês de julho, mas depois tem destas coisas: parece que o mundo inteiro está de férias menos eu. Eu sei. Estou de péssimo humor.  E o que me faz levantar o astral? Boas receitas, claro! E esta delícia, do blog food recipes hp, vai ser o nosso jantar hoje. 

zucchini-ricotta-fritters-0120.jpg

 

 

uma receita fácil para a praia ou para o escritório: sanduíche de ricotta e morangos com mel

Cenário dantesco: o país mudou-se para a praia, o Instagram está carregado de fotografias de areais intermináveis e águas transparentes e nós estamos fechados num escritório da Avenida António Augusto de Aguiar. Com 40º C na rua e um ar condicionado que funciona ao ritmo de um tractor. Cenário paradisíaco: você é uma das pessoas nos areais intermináveis e nas águas transparentes – e eu sou mesmo o único português que esta semana terá de conviver com o tractor travestido de ar condicionado. Seja qual for o seu cenário, eu tenho a solução para si: a receita ideal para começar uma semana de árdua labuta ou de praiíce aguda. E que receita é essa? Ainda bem que pergunta: é esta estrambólica sanduíche de ricotta e morangos do fantástico site Whole Living – tão boa para levar para a sua praia de sonho ou para o seu escritório de pesadelo.

mbd106984_0411_breakfast_ricotta_hd.jpg

 

 

tostas de ricotta com uvas assadas e tomilho: o meu lanche ou o meu jantar? (as minhas dúvidas existenciais)

Se uns se dedicam a tentar descobrir o sentido da vida ou a tentar perceber quem somos, donde viemos e para onde vamos, eu dedico-me a pequenas grandes dúvidas existenciais: será que esta receita é um pequeno-almoço, um almoço, um lanche ou um jantar? São estes pequenos dilemas que enchem o meu espírito e me preenchem a alma e que são rapidamente resolvidos com pensamentos profundos, como: "Tal como o Natal, é quando o Homem quiser..." Ou seja, pode ser o que nos apetecer, pois, claro! Confesso que o que me chamou a atenção nesta original receita do blog alexandra cooks foram as uvas assadas no forno. Fiquei com água na boca só de imaginar. Esta não é propriamente uma receita light mas se o pão for integral e se comer só uma fatia (ou duas, vá!) também não será grave.

bruschetta121.jpg

 

 

salada de ricotta, pêssegos, presunto e amêndoas: um jantar light e saudável

Ora aqui está uma salada que cumpre todos os requisitos fundamentais à minha existência: boa, quase tão light como uma salada de frutas e incrivelmente saborosa. Depois de um dia de praia, o que apetece é uma refeição saudável e deliciosa, e isso encontrei nesta receita fantástica do blog refinery 29.

image.jpg

 

 

bruschettas de ricotta, puré de abóbora e cebola caramelizada, um lanche delicioso e especial

Tem a sogra a lanchar em sua casa e quer causar boa impressão? É daquelas pessoas que adora que lhe perguntem:

- Tão bom! É o quê?

E responde com visível orgulho:

- Foi uma invenção de última hora. É facílimo, não tem segredo nenhum.

Mas não desvenda nada, radiante com o sucesso do prato?

Esta receita, de um dos meus blogs preferidos, Top with Cinnamon, é para si: deliciosa e como diz a minha querida mãezinha: “Faz imensa vista”.

Caramelised-Onion-Squash-and-Ricotta-Tartine-001.j

 

 

ricotta batida com azeite e limão, um aperitivo quase light para a minha dieta

OK. Admito. Pistácios, pinhões e cajus ao fim da tarde não é uma grande ideia para quem está de dieta. Então o que fazer quando se chega a casa, morta de fome, que é o meu caso, todos os dias? Um aperitivo quase light, claro. Só não é totalmente light porque fica bom com tostas... e com... amêndoas... e com ovo... cozido claro. Mas é melhor que pistácios, não é? E do que chouriço, ou não? E do que morcela, certo? Então vamos a isto. A sugestão de hoje é do blog Joy The Baker (onde pode ver a receita completa e mais fotos) e é tão simples que até irrita: ricotta batida com azeite e limão. E porquê batida?

Porque depois de batida, a ricotta fica muito macia e fofinha, então se acrescentarmos queijo creme mais cremosa fica. Se juntar flor de sal e pimenta moída no momento, eleva-se rapidamente ao estatuto de estrela de um dos melhores apetitivos de sempre. Se finalizar com um bom azeite e umas raspas de limão a decorar... entramos no nível de uma entrada digna do casamento do George Clooney, com duas nuances: é fácil e barata. Fica ótimo barrado em pequenas fatias de pão torrado. Um conselho: faça muito porque não vai querer partilhar com ninguém.

10014210255_012867fbe1_c.jpg