Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

sanduíche de maçã, manteiga de amendoim, pistácios e passas, o meu pequeno-almoço quase light

Hoje o meu pequeno-almoço foi (quase) de dieta. Em vez de pão, uma maçã (linda menina!) e em vez de manteiga, uma fatia de fiambre de frango? “Jajão!”, como diria a nossa equipa de futsal. Não, infelizmente, não foi uma fatia de fiambre de frango. Isso era o que a minha nutricionista me sugeriria. Tenho muito pena, mas o meu pequeno-almoço tem de ter sabor, senão não consigo enfrentar mais um longo dia de trabalho. E foi no site Jerry James Stone que descobri esta receita super-mega-fácil.

Tudo o que precisa é de maçã, manteiga de amendoim, pistácios picados e passas. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, para duas pessoas, consulte a receita original aqui.

Apple-Peanut-Butter-Sandwich-2-790x535.jpg

 

bolo de natal saudável, vegan e sem glúten: sim, é possível!

Sem glúten, sem açúcar, sem manteiga e sem ovos? De certeza? Pois é a mais pura das verdades! Este bolo de frutos secos de Natal nem farinha tem, ou melhor, tem farinha mas é de sorgo, logo não tem glúten. E o que é mais extraordinário é que esta receita do blog Ascension Kitchen é mesmo boa. O bolo fica com uma consistência macia e húmida. Continua sem acreditar?

Então experimente: Só precisa de um quilo de mistura de frutos (sultanas, passas, alperces secos, figos, ameixas secas), tâmaras sem caroço, brandy, sherry seco ou Porto seco (como Ele gosta), macadâmias, nozes, amêndoas, raspas de um limão, raspas de uma laranja, especiarias como noz-moscada e canela, farinha de sorgo ou farinha de amêndoa, se preferir, e fermento sem glúten.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente espreite aqui a receita original.

Healthy-Gluten-Free-Christmas-Fruit-Cake-Vegan-2-1

 

 

pizza com base de batata doce, uma receita espetacular vegan e sem glúten

Cada vez que o jantar cá em casa é pizza tenho o fundamentalista da alimentação saudável, o meu querido e adorável Marido Mistério, a massacrar-me como se eu fosse uma assassina em série de crianças.

OK. Mea Culpa. Mas há dias tão caóticos que chego a casa e apercebo-me de que me esqueci de planear o jantar. O que é que eu posso fazer? Uma mulher não é de ferro. Só a Thatcher mas duvido que fosse ela a tratar do jantar no número 10 de Downing Street.

Só que hoje vou surpreender o meu querido Marido Mistério. Quando me perguntar o que é o jantar, vou responder-lhe com um ar triunfal:

- Pizza!

- Só podes estar a gozar!

- Vegan, sem glúten e com base de batata doce. Ias dizer alguma coisa?

- Onde estão os ingredientes? Vou já pôr o avental.

- Bem me parecia.

Os miúdos ficaram felizes da vida e foram logo para a cozinha ajudar o pai a fazer "a pizza saudável" que a mãe deles descobriu no blog Blissful Basil.

Eles só vão precisar de batata doce, descascada e cortada em pequenos cubos, sementes de chia, água, farinha de aveia sem glúten, farinha de amêndoa, azeite, vinagre de cidra, manjericão seco, orégãos secos, alho em pó, sal e uma pitada de piri-piri. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente espreite aqui a receita original.

IMG_2493.JPG

 

 

chocolate quente vegan (yes, este posso beber!)

Com os termómetros a descer e a chuva a voltar em força, o outono está aí de vez. Também não nos podemos queixar: já estamos em novembro! Já apetece bebidas quentes à lareira, uma mantinha e ver séries em loop esparramada no sofá, longe da ditadura do biquíni (yeah!). Imbuída pelo espírito outonal, hoje não vou começar a dizer “bom dia com Mokambo” mas antes “bom dia” com esta delícia híper saudável que descobri no blog Hello Glow.

Com ingredientes saudáveis e com a vantagem de ser vegan, é uma excelente forma de começar o dia. Só preciso de leite de amêndoa, cacau em pó, lucuma e maca em pó, sementes de chia, tâmaras sem caroço, extrato de baunilha e uma pitada de sal. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 2 pessoas, espreite aqui a receita original.

296a75f4a0448b84c37e770be5704e7d.jpg

 

 

tacinhas de chocolate recheadas com manteiga de amendoim e compota de morango: um doce vegan que só leva 5 ingredientes

Como infelizmente não posso distribuir salários da Caixa Geral de Depósitos por todos os nossos maravilhosos leitores, só me resta uma alternativa: distribuir receitas divinais e saudáveis como estas faustosas tacinhas de chocolate e manteiga de amendoim. E porque é que este pândego chama faustosas a umas banais tacinhas de chocolate, pergunta muito avisadamente V. Exa. Por três motivos, responde muito rapidamente este seu criado.

Em primeiro lugar, porque têm uma firme capa de chocolate por fora e um cremoso recheio de manteiga de amendoim e compota de morango por dentro. Em segundo lugar, porque são vegan e só levam duas míseras colheres de açúcar. E finalmente porque são tão fáceis de fazer que só vai precisar de cinco simples ingredientes.

A invenção é do grande blog Love and Lemons, um dos meus blogs preferidos, e é perfeita para esta noite de Halloween. Tudo o que tem de ter em casa é pepitas de chocolate sem leite e com 65% de cacau, óleo de coco, manteiga de amendoim natural, açúcar em pó e compota de morango. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, veja a receita original aqui.

IMG_2475.jpg

 

 

papas de aveia no forno com avelãs, chocolate e peras, uma receita vegan e sem glúten

Não, não é para mim. Não esteja já a olhar para o computador de lado. Eu sei que esta receita do espetacular blog Top With Cinnamon não é propriamente amiga da minha eterna dieta, mas é saudável, porque não tem glúten, e é vegan, o que também é simpático. Eu não penso só em mim. Eu sou tão generosa, tão generosa, que procuro receitas para a minha querida Família Mistério sem segundas intenções. É claro que vou pedir-lhes para provar, mas só provar… uma colherzinha, ou duas, vá! E depois regresso à minha fatia de fiambre e ao meu montinho de sementes.

Só vou precisar de flocos de aveia sem glúten, quinoa, sementes de chia, água, sal, açúcar de coco ou uma tâmara esmagada sem caroço, chocolate preto partido (vegan, se for o seu caso), uma pera cortada em fatias fininhas e avelãs picadas. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para uma pessoa (esfomeada), espreite aqui a receita original.

Baked-Pear-Hazelnut-and-Chocolate-Oatmeal-6.jpg

 

 

o melhor pequeno-almoço de sempre: batata doce com manteiga de amêndoa, banana e sementes de chia (e é vegan!)

Oh, diabo! Acabámos de entrar noutro campeonato, noutra estratosfera, na twilight zone! Só de imaginar a manteiga de amêndoa a derreter-se no interior da batata doce, fico a suar. Isto não é um pequeno-almoço. Esta receita do blog Ambitious Kitchen é uma tentação do próprio do demónio para me pôr à prova. E é óbvio que, no meu caso, o diabo ganha sempre. Já nem deve ter graça para ele (o demo). Até ele (o capeta) deve achar que sou um caso perdido...

Mas convenhamos que este pequeno-almoço-que-mais-parece-uma-sobremesa é irresistível. Mas atenção, nem tudo são más notícias: esta receita é vegan!

Só preciso de batatas doces lavadas, manteiga de amêndoa, uma banana cortada às rodelas, sementes de chia, canela e sal. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 2 pessoas, espreite aqui a receita original.

breakfast-sweet-potatoes-2.jpg

 

 

rolos do pepino com creme de abacate, uma entrada vegan, saudável e... chiquérrima!

Para uma pobre alma como eu, que vive em dieta, não há coisa mais frustrante do que chegar a um jantar e ter aperitivos tentadores recheados de calorias. Se eu fosse uma pessoa cheia de força de vontade, determinada a manter a boca fechada que não a abre à mínima tentação, era fácil.

Mas como não sou nada disso, fico feliz quando descubro receitas como esta, do blog Pure Ella. Este rolinhos vegan conseguem ser crocantes e macios ao mesmo tempo, são super saudáveis e ideais para pessoas que sofrem de várias alergias e intolerâncias como o meu pobre Marido Mistério.

Só preciso de um pepino grande, abacates maduros, alcaparras, flor de sal, pimenta preta moída, sumo de limão fresco, salsa picada e endro picado. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente espreite aqui a receita original.

image.jpeg

dois gelados de banana numa única taça, uma receita vegan, sem glúten e deliciosa

Leu bem: são dois gelados diferentes na mesma taça. A base é banana, só que um tem baunilha e tahine (sim, tahine mesmo, aquela pasta de sementes de sésamo originária do Médio Oriente), e o outro tem cacau e manteiga de amêndoa. A combinação dos dois é de enlouquecer e o melhor de tudo é que é saudável, vegan e sem glúten, ou não fosse esta uma receita do blog Eat Better Not Less.

3-1202x1800.jpg

 

chips de espinafres japoneses, provavelmente o snack mais saudável do mundo

Esta extraordinária receita que encontrei no ótimo blog Gourmande in the Kitchen é tudo de bom: saudável, sem glúten, sem farinhas, vegan e paleo. Chega a ser enervante tanta qualidade, mas não é que é uma grande ideia? A flor de sal e as sementes de sésamo dão-lhe um toque crocante e saboroso… e depois, derretem-se na boa. O pior é que não duram muito tempo na taça porque, acredite-se ou não, tornam-se viciantes.

Só precisa de sementes de sésamo, brancas e pretas, flor de sal, flocos de pimenta vermelha, folhas de espinafres e óleo de sésamo tostado. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente espreite aqui a receita original.

Japanese-Seasoned-Spinach-Chip-Recipe-gourmandeint

 

 

 

pizza de base de abóbora vegan, sem glúten, sem farinhas e inacreditavelmente deliciosa

Depois da incrível pizza de base de batata doce, achei que poucas receitas me iriam surpreender, mas eis senão quando descobri esta maravilha super saudável sem glúten, vegan e sem farinhas, do blog Whole Hearted Eats. Esta receita faz-me lembrar aquele cartaz maravilhoso num lago: "No Fishing, No Hunting, No Nothing, Go Home". Estou a brincar: é incrivelmente deliciosa e é mais fácil de fazer do que parece. Só precisa de uma abóbora menina, farinha de amêndoa, farinha de grão, sal, pimenta preta, mistura de linhaça moída em vez de ovos (se optar pela versão vegan) e orégãos secos. Para o topping da pizza, faça um molho verde (já lhe explico a receita, é muito fácil), azeitonas sem caroço, tomates cherry picados, rúcula, ervas aromáticas e microgreens. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente espreite aqui a receita original.

image.jpeg

 

 

 

bolinhas de cacau, passas e coco, uma receita vegan e sem culpas para começar bem a sua semana

Depois de mais um fim-de-semana de desgraça dietética, infelizmente tenho de voltar a ter uma conversa difícil com a minha balança. Mas recuso-me terminantemente a ter essa conversa sozinha. Hoje levo comigo, para me apoiar, esta receita do blog 86 Lemons, que é vegan, gluten-free e guilty-free, que é como quem diz incrivelmente saudável! E como é muito fácil de fazer e nem sequer precisa de forno ou fogão, aqui deixo a receita para o meu querido Marido Mistério começar a sua semana de avental à cintura.

1.jpg

 

gaspacho dourado com tomate amarelo e pêssego, uma receita vegan e sem glúten

Qual é coisa, qual é ela que tem poucos ingredientes, demora 10 minutos a preparar e parece todo o sol de verão num copo ou numa taça? Acertou! Pois claro! É este espetacular gaspacho dourado que descobri no blog Happy Hearted Kitchen. O segredo é encontrar os tomates e os pêssegos mais maduros e sumarentos do mercado. Claro que pode usar tomates encarnados mas, além dos amarelos serem mais doces, corre o risco de o seu gaspacho ficar menos dourado. É uma entrada espetacular para servir num almoço ou num jantar de verão porque pode fazer com antecedência e mantê-la no frigorífico para apurar o sabor. Ainda por cima, é vegan e sem glúten. 

Só precisa de tomates amarelos picados, pêssegos maduros sem caroço também picados, um pimento amarelo, uma chalota pequena, dois dentes de alho, vinagre de vinho tinto, azeite extra-virgem, sal, folhas de manjericão cortadas e mais uns tomatinhos e uns pêssegos extra para decorar. Se quiser saber a quantidade certa de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

image.jpeg

 

 

tarte de chocolate e banana: vegan, sem glúten e sem... forno!

Vamos ser realistas: em pleno verão, ninguém merece um forno ligado na potência máxima. Tudo o que precisamos é de um ar condicionado e de um leque... E de receitas fáceis e rápidas como esta, do blog Bakerita, que se faz em 15 minutos. E ainda por cima é saudável: a base, por exemplo, é feita de tâmaras. Consegue ser vegan e sem glúten, por isso, é praticamente a perfeição numa só receita, uma maravilha com apenas 5 ingredientes.

Só precisa, para fazer a base, de 15 tâmaras, sem caroço, e de amêndoas cruas. Para o recheio, basta-lhe leite sem lactose (ou de amêndoa ou de coco, por exemplo), chocolate preto partido em pedaços, bananas cortadas às rodelas e amêndoas picadas e tostadas. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente espreite aqui a receita original.

image.jpeg

 

 

um snack saudável para mim e delicioso para os miúdos: iogurte gelado com granola e cacau

Não, não se assuste, não enlouqueci nem me desgracei toda! Parece que engorda mas olhe que não! Confesso que senti que descobri a pólvora quando encontrei esta receita deliciosa, light e que os miúdos vão adorar: tabletes de iogurte crocantes. A ideia é deste blog vegan, por isso, além de saudável, não pode estar mais na moda. Ainda por cima, é facílimo de fazer, demora cinco minutos a preparar e trinta minutos a ficar pronto.

IMG_0202.JPG