Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

a história da carochinha (ou do novo bar de gin de lisboa)

(Primeiro, vamos falar do que já existe.)

Era uma vez um bar muito, muito, muito, muito, muito, muito, muito giro (pedimos desculpa pela repetição). Ficava no Cais do Sodré, em Lisboa, e chamava-se Vestigius. O Vestigius dedicava-se a vender vinhos óptimos e a organizar exposições, concertos, projecções de filmes e até tinha uma mini-biblioteca com livros antigos. A decoração misturava o rústico e despojado dos armazéns do Cais do Sodré, onde o wine bar ficava, com o requinte das peças de mobiliário antigas restauradas. O espaço era um sucesso e rapidamente tornou-se um dos melhores bares de Lisboa: além dos vinhos, servia queijos, presuntos, pizzas e pregos de presunto, salmão, chouriço, atum ou vegetarianos.

(Agora, vamos falar do que vai existir.)

Um dia, pouco mais de quatro meses depois de ter sido inaugurado, o Vestigius decidiu que precisava de crescer. E de oferecer às pessoas mais do que os vinhos óptimos. E foi então que se juntou com uns senhores que gostavam tanto de gin que se apresentavam como os Gin Lovers. Os Gin Lovers faziam eventos, workshops e até revistas: tudo sobre gin. E agora queriam ter também um bar. As duas marcas juntaram-se e o Vestigius Wine Bar mudou o nome para Vestigius Wine e Gin. O Vestigius explora a parte de petiscos, vinhos e eventos e o Gin Lovers a parte de Gin. É já a partir de 24 de Abril que as duas marcas vão viver felizes para sempre. 

Vitória, vitória, acabou-se a história,

Ele

1 comentário

Comentar post