Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

a receita mais curta e simples da história: manteiga de coco (então com pepitas de chocolate fica divinal)

– Porque é que se há-de encher de manteiga quando pode comer uma deliciosa manteiga de coco?

– Ah, é difícil de fazer, e tal...

– Lá vem este casal irritante com as receitas sofisticadinhas...

Parece que já estou a ouvir as lamúrias aí desse lado enquanto procuram avidamente a última música da Violetta para descarregarem o sistema nervoso. Não seja assim. Manteiga de coco é provavelmente uma das mais simples e deliciosas receitas que o Mundo recordará durante o próximo milénio. É tão simples, tão simples que eu tenho de estar aqui com esta conversa de chacha para não fazer o post mais curto dos últimos anos.

 

Homemade-Chocolate-Chip-Coconut-Butter-I-howsweete

Ingredientes

  • Flocos de coco
  • Sal

 

Exactamente: coco e sal e nada mais do que coco e sal. Coloca os flocos de coco num picador, junta uma pitada de sal (adoro esta expressão) e liga no máximo. Deixe triturar durante uns 10 a 15 minutos até se formar uma pasta e já está (o tempo e a velocidade dependem da potência do seu triturador: por exemplo, na Bimby demora cerca de dois minutos na velocidade 8). Depois deixe a manteiga arrefecer e guarde-a no frigorífico.

Fica deliciosa com pão, torradas, brioches tostados, croissants, waffles, crepes, bagels (adoro bagels!) ou tudo aquilo de que se lembrar. E pode misturar-lhe o que quiser. O blog How Sweet It Is, um dos meus preferidos em matérias gastronómicas, tem aqui uma óptima sugestão: depois de a manteiga estar à temperatura ambiente, junte-lhe umas pepitas de chocolate. Mas também pode experimentar com extracto de baunilha ou nozes e avelãs. O céu é o limite. Ou, neste caso, a balança é o limite. 

 

Um bom pequeno-almoço para si onde quer que esteja,

Ele

 

receita e foto: how sweet it is

31 comentários

Comentar post

Pág. 1/2