Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

as 10 coisas que os turistas mais “roubam” nos hotéis

002985-17-OVERWATER-SUITE-BATHROOM.jpg

Vamos lá ser sinceros. Nunca encheu o seu nécessaire antes de sair do quarto de um hotel? Nunca esvaziou aquele tabuleiro cheio de frasquinhos e caixinhas que costuma estar perto do lavatório e do espelho da casa-de-banho? Eu já. Assumo com toda a frontalidade. Eu sou como o Paulo Bento. Assumo as coisas com frontalidade. E claro que já levei para casa frasquinhos de champô, condicionador, gel de banho e toucas de banho. Dão-me um jeitão para levar para o ginásio, porque têm o tamanho ideal. Por isso, quando li a última sondagem, feita pelo motor de busca de voos e hotéis Jetcost, não me surpreendeu nada que 76% dos portugueses tenham reconhecido que levaram uma “recordaçãozinha” dos hotéis onde estiveram instalados – desde champôs a computadores.

 

hotel-amenities.jpg

Como?! Importa-se de repetir?! Computadores?! Isso já é outro campeonato! Uma coisa é levarmos umas amostras de produtos de higiene para casa, que, convém esclarecer, é uma cortesia dos hotéis para os hóspedes, tal como a fruta, a água e os chocolates, por exemplo. Agora, computadores?! Enchimentos de almofadas e de édredons?! Cobertores?! Cinzeiros?! Peças de decoração?! Secadores?!

BUENOS_AIRES_GRAND_Hotel_-_Organic_Amenities.jpg

O hotel oferece as amostras de champôs, não os tabuleiros ou os cestos onde estes se encontram, OK, senhores hóspedes-com-uma-lata-descarada? Ah, lâmpadas e pilhas até podem ser úteis, agora porque raio é que levam os comandos da televisão para casa, Deus meu? E Bíblias???? Quem leva uma Bíblia para casa deveria saber qual o Sétimo Mandamento, ou estou enganada? E acreditam que há quem tenha o requinte de trocar os enchimentos do édredon por um mais barato e de fraca qualidade?

Water-Villa-Shangri-La-Maldives-Prestigious-Venues

A cadeia de Hotéis Holiday Inn, por exemplo, reconheceu que em 2008 o roubo de toalhas tinha ultrapassado o assustador número de meio milhão. Ainda segundo este estudo, os peritos em levar coisas de hotéis chegam a roubar as toalhas ou os roupões do carrinho das limpezas com que tantas vezes nos cruzamos no corredor e há quem chegue ao cúmulo de levar talheres e pratos usados da bandeja do room service que muitas vezes é colocada à porta dos quartos de outros hóspedes, tudo isto para não levantar suspeitas.

2089-2-AyadaMaldivesResortSpaSunsetOceanSuitesSuns

Mas o requinte atinge outro patamar no minibar: clientes que bebem uma garrafa de gin ou vodka e depois enchem-na de água, ou substituem o whisky e o conhaque por chá ou outro líquido (impróprio para consumo e de se escrever num post) da mesma cor amarelada.

Over-Water-Luxury-Suite-Shangri-La-Maldives-Presti

Os hotéis tentam combater este autêntico flagelo com pequenos truques, como microchips com alarme, cabides presos aos armários, minibares com sistema eletrónico, etc.. Mas ainda têm muito trabalho pela frente. Ora espreite a lista completa em baixo.

 

As 10 coisas que mais se roubam nos hotéis

  1. Amenities da casa de banho (incluindo por vezes a bandeja e o cesto onde estão).
  2. Toalhas, principalmente as maiores.
  3. Lâmpadas, pilhas dos comandos.
  4. Objetos de papelaria, esferográficas, cadernos, revistas, Bíblias...
  5. Flores e frutas, incluindo as jarras ou cestos.
  6. Garrafas de bebidas do minibar bebem-se e não se declaram ou enchem-se de água ou outros líquidos.
  7. Peças de cerâmica, talheres e copos.
  8. Enchimentos de almofadas e edredons.
  9. Toalheiros, secadores de cabelo, espelhos...
  10. Aparelhos elétricos, ferros de passar, relógios, castiçais, DVDs.

002933-11-rehendi-suite-living-room.jpg

Agora confesse lá… o que é que já levou “emprestado” do seu quarto do hotel? Não vale dizer: “Nada”!

 

Um ótimo sábado,

Ela

16 comentários

Comentar post