Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

as 5 melhores lojas de chocolate artesanal (para comprar os mais deliciosos doces da páscoa)

1977190_813902712004373_8166087534512417902_n.jpg

Pedimos desculpa por esta interrupção. A dieta segue dentro de momentos.

Ainda não entregámos este blog nas mãos da Isabel Bahia (versão locutora de continuidade da RTP), mas vamos fazer uma brevíssima pausa na dieta para comemorarmos decentemente a Páscoa. A minha querida Mulher Dietética Mistério que me perdoe, mas cá em casa Páscoa à mesa significa chocolate na boca. Pode ser em forma de amêndoas, de ovos ou do que quiser – o importante é que seja chocolate. Delicioso, suave, artesanal e não demasiado doce. 

E é exactamente por isso que estamos aqui hoje com o mais essencial de todos os guias já alguma vez produzidos pela Humanidade, o guia das mais irresistíveis lojas de chocolate artesanal de Lisboa e Porto para comprar os seus ovos e amêndoas de Páscoa. Nós já tratámos do assunto. Juntámos a Família Mistério e passámos uma noite a empanturrar-nos com ovos e amêndoas de chocolate. Depois, votámos. Estas foram as nossas escolhas preferidas.

 

Chocolataria Equador

Porto e Lisboa

20170412_101834 2.jpg

Já era uma das minhas chocolatarias preferidas. Agora, desde que provei as fantásticas amêndoas de chocolate (€4,80 por 100 g), tornou-se uma verdadeira obsessão. As amêndoas são caramelizadas numa de várias misturas de sabores – frutos vermelhos, wasabi, menta... – depois levam uma cobertura imperfeita de chocolate preto, chocolate branco ou chocolate de leite. E digo imperfeita porque o chocolate não cobre totalmente a amêndoa, deixando ver o interior. Também há amêndoas apenas tostadas e cobertas com chocolate, sem qualquer sabor acrescentado. 

A verdade é que as amêndoas ficam leves e crocantes, não se desfazendo na boca naquela farinha irritante que fica grudada a qualquer cantinho da bochecha. E depois o chocolate consegue ter o equilíbrio perfeito: é suave, não muito doce e ultra-cremoso.

20170412_101443 2.jpg

Durante a época da Páscoa, há ainda uns ovos verdadeiramente irresistíveis. São feitos de chocolate preto ou de leite e recheados com uma mistura de nozes, amêndoas, passas e avelãs que também fica meio à vista. Os ovos são vendidos em tamanho pequeno (€2 cada um), médio ou grande, o que dá para fazer um centro de mesa espectacular durante o seu almoço de Páscoa.

Se não quiser a mistura de frutos secos, tem uma opção feita de chocolate preto e branco sem recheio.

Tirando as amêndoas caramelizadas em wasabi – que sabem muito pouco a wasabi – tudo o resto está delicioso.

 

Chocolataria Equador
Rua Sá da Bandeira, 637 Porto

Rua da Misericórdia, 72 Lisboa

 

Bettina & Niccolò

Lisboa

20170412_165922 2.jpg

Há todas as fantásticas lojas de chocolate artesanal e depois há a Corallo. Esta é, de longe, a minha marca de chocolates preferida. Feitos a partir de cacau de São Tomé, a Corallo controla toda a produção, desde a colheita do cacau até à tablete. E depois, todo o processo é biológico e sem qualquer tipo de adição. É o cacau com o sabor mais puro, mais suave, delicado e cremoso.

Nesta pequena loja de Lisboa, a própria família Coralllo – Bettina e Niccolò – fabricam o chocolate de forma artesanal. Seja como tabletes ou como bombons. Para a Páscoa, fizeram umas amêndoas, verdadeiramente viciantes. Caramelizadas primeiro, as amêndoas leves e crocantes levam uma cremosa cobertura de chocolate com 70% de cacau.

1924329_813890658672245_332193160537976076_n.jpg

Eu fui lá comprar nesta quarta-feira e as amêndoas tinham acabado de fazer – ainda precisei de esperar uns dois minutos para ver o chef trazer as amêndoas da cozinha. O resultado é uma cobertura cremosa – quase uma mousse em estado sólido – e uma amêndoa que mistura um leve caramelo com um fabuloso toque de sal. A cobertura tem uma forma imperfeita, o que demonstra bem a maneira artesanal como tudo isto é feito. 

É claro que tanta maravilha tem um custo – e não é baixo. As amêndoas de chocolate são vendidas a €8,50 cada 100 g. Mas garanto-lhe que vale a pena – nem que seja para experimentar só uma.

 

Bettina & Niccolò
Rua da Escola Politécnica, 4 Lisboa

  

Siopa Chocolatier

Cascais e Lisboa

20170412_102803 2.jpg

O chef pasteleiro Francisco Siopa, ex-Hotel Quinta da Marinha e ex-Onyria, faz as criações mais originais à volta de chocolate delicioso também vindo de São Tomé: o Callebaut 70% cacau. Nas suas lojas nos mercados da Vila, em Cascais, e de Campo de Ourique, em Lisboa, pode encontrar bombons de azeite extra-virgem ou umas trufas de limoncello e queijo roquefort (saiba mais aqui).

Agora, na Páscoa, há mais: três tipos de amêndoas deliciosas. A minha querida e prezada Mulher Mistério adorou as amêndoas com cobertura de chocolate e polvilhadas com iogurte em pó (€3,80 por 100 g), que são leves e suaves. Eu preferi as amêndoas com chocolate e cacau em pó (€4,10 por 100 g). Já as crianças quase se espancavam para comerem as amêndoas torradas com pele numa mistura de açúcar e manteiga de cacau – para mim, eram doces e enjoativas demais (€4,10 por 100 g).

 

Siopa Chocolatier
Mercado da Vila, Cascais
Mercado de Campo de Ourique, Lisboa

 

Denegro

Lisboa

20170412_202544 2.jpg

aqui disse que sou fã dos macarons da Denegro. E dos fabulosos bombons artesanais feitos com chocolate Callebaut com 70% de cacau. E dos recheios surpreendentes de wasabi, manjericão, gengibre ou azeite extra-virgem. Tudo, na fábrica da Denegro, na Rua de São Bento, em Lisboa, é feito com requinte e cuidado. Tudo é trabalhado até ao mais ínfimo detalhe. E tudo é delicioso, o que ajuda bastante.

Agora, na Páscoa, há mais uma tentação verdadeiramente única: uma caixa com 16 ovinhos da Páscoa por 25 euros. Os ovos são feitos com o tal chocolate divinal e com recheio de avelã (oito) ou de bergamota, um citrino que está algures entre a tangerina e o limão (os outros oito). Como eu sou fã de qualquer coisa que misture chocolate e avelã, caí rendido nos braços desta maravilha.

Depois, ainda tem uns coelhinhos feitos de chocolate de leite ou preto maciços. Amêndoas de chocolate verdadeiramente ditas não há. Mas há uns fabulosos torrões de chocolate branco, preto ou de leite com um recheio feito de arroz tufado e uns palitos de amêndoa partidos (€6 cada 100 g). Não são iguais às tradicionais amêndoas de Páscoa, mas são uma delícia porque misturam o estaladiço do arroz tufado com o crocante dos pedaços de amêndoa.

Se quiser experimentar alguma destas delícias, o melhor é despachar-se porque a fábrica fecha hoje ao fim do dia e só volta a abrir na segunda-feira. São as desvantagens de ser artesanal.

 

Denegro
Rua de São Bento, 333 Lisboa

 

DuMonde Chocolat

Porto

maxim-06.jpg

Oh, que pena, vive no Porto e gostava tanto de provar os chocolates da Denegro nesta Páscoa, não é? Não se lamurie que nós temos a solução para todos os seus problemas. A DuMonde abriu no ano passado, na Baixa do Porto, e tem à venda os melhores chocolates do mundo, entre os quais os da Denegro.

Mas há mais. Se quiser, pode provar chocolates da Índia, de Itália, da Austrália, de França, da Bélgica, da Suíça ou até da Lituânia. Não há vez que eu não vá ao Porto e não passe por este santuário do chocolate. Para esta Páscoa, a loja tem ovos de metal recheados com pralinés, ovos com gianduja ou amêndoas cobertas de chocolate de leite. Tudo pequenas maravilhas que eu adoro.

Agora é só escolher. Eu, por mim, comia tudo.

 

DuMonde
Rua de Santa Teresa, 40 Porto

 

Uma óptima Páscoa para si onde quer que o chocolate esteja,

Ele

 

fotos: bruno saavedra/bettina&niccolò; casal mistério

2 comentários

Comentar post