Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

as batatas fritas são estaladiças, os hambúrgueres são deliciosos e o serviço é impecável – do que é que estamos a falar?

11214241_1701468740083917_3796424904442989016_n.jp

Entrar no Ground Burger, em Lisboa, é como chegar à sede do Bloco de Esquerda, depois da queda do Governo. Sinceramente, não sei se António Costa costuma passar por lá ao fim do dia para tomar chá com a Catarina Martins, mas o ambiente de felicidade no restaurante está ao nível da alegria nas bancadas da ex-oposição. 

 

10400016_1660618067502318_7342589361662339572_n.jp

O serviço

Quando entrei aqui há uns dias para almoçar com um amigo, fui recebido por um simpático empregado com um sorriso rasgado. E quando saí, no fim da refeição, o sorriso mantinha-se exactamente na mesma posição. Ao longo de todo o almoço – fosse a recolher os pedidos, a responder às perguntas ou a trazer a comida – os empregados pareceram sempre estar no sítio mais feliz do mundo, a descrever os pratos com um entusiasmo e uma paixão contagiantes. 

11885076_1683975758499882_9175059183105844955_n.jp

E não estamos propriamente a falar de uma excitação de início de relação. O Ground Burger já abriu no início da Primavera, por isso passou o tempo suficiente para arrefecer o entusiasmo inicial.

grao_photography_GB_016.jpg

O ambiente

O espaço – a antiga livraria Babel, junto ao El Corte Inglés, em Lisboa – é grande e arejado, com quase todas as paredes de vidro, o que deixa entrar luz por todo o lado. Os candeeiros são originais e divertidos e o balcão de azulejo branco está cheio de dedicatórias escritas a tinta preta. O único defeito deste grande open space é o barulho das mesas, dos empregados e da cozinha – e nós fomos já tarde, quando o restaurante estava longe de estar cheio.

11417781_1654184911478967_4288565929394224893_o.jp

Os hambúrgueres

A verdade é que aqui os hambúrgueres são realmente deliciosos. Totalmente feitos com carne Black Angus, o que é o mesmo que dizer uma das mais populares e apreciadas raças bovinas do mundo, são preparados artesanalmente, todos os dias, na cozinha do restaurante. A carne é arranjada e picada diariamente e o resultado é invejável: como a carne Black Angus tem muito músculo, o hambúrguer é muitíssimo saboroso. 

11063960_1642544652642993_7160137734756399889_n.jp

Só isto já me faria deslocar estas coxas de Cristiano Ronaldo até à Avenida António Augusto de Aguiar. Mas há mais: o pão onde vêm os hambúrgueres é um brioche também feito no restaurante – todos os dias saem três fornadas de pão. E há ainda mais: o pão é fresco, leve e macio. E mais ainda: apesar de estar fresco, o pão ainda é ligeiramente tostado antes de servir. Posso parar?

12011137_1687615354802589_2586534759948052821_n.jp

Agora vamos à pequena reclamação. Estava eu ainda a aguar com o repasto que se seguiria quando me apareceu à frente um cesto com um hambúrguer lá dentro. Compreendo que a filosofia do restaurante é hambúrgueres servidos como antigamente, à americana, mas mesmo assim continuo a preferir o garfo e a faca. Podem chamar-me careta, mas serei sempre um careta de mãos limpinhas.

A carne estava ultra-saborosa e poderia ser perfeita se não tivesse vindo passada demais. Eu pedi o hambúrguer Ground Burger (€9,50) que leva queijo cheddar, alface, tomate, cebola roxa grelhada e um óptimo molho feito com maionese de alho e legumes fumados triturados. 

11390188_1649813701916088_5011445188713741430_n.jp

O meu amigo, que é menos preocupado do que eu quanto aos malefícios da carne processada, pediu um hambúrguer bacon cheese (€10,50), servido com queijo cheddar, bacon semi-estaladiço mas ligeiramente grosso demais, alface, tomate, cebola roxa grelhada e molho BBQ, feito com um caldo preparado com as sobras não aproveitadas da carne – gorduras, músculos, etc.. – e fumadas. Ambos os molhos são deliciosos e fazem uma enorme diferença em relação às maioneses habitualmente servidas nas hamburguerias. Além disso, a carne é fantástica.

11196360_1638353526395439_7170453083359230787_n.jp

As batatas fritas

É claro que aproveitei o facto de não ir acompanhado pela minha prezada e dietética Mulher Mistério para abraçar as calorias como se fosse um velho primo que não via há décadas. Pedi uma dose de batatas fritas em palitos (€2,50), que acabei por dividir contra a minha vontade. Além de estaladiças e bem fritas, vinham temperadas com alho e alecrim, o que lhes dá um toque surpreendente e maravilhoso. Ao lado, para compor definitivamente o extermínio da dieta, trouxeram-me uma deliciosa maionese de alho para mergulhar as batatas sem pesos na consciência. 

12141607_1694482877449170_5460549703173748883_n (1

A salada

Sim, também pedi uma salada. Quando o empregado já virava as costas a caminho da cozinha, para fazer o meu pedido, tive uma crise aguda de consciência e comecei a ouvir a voz Dela ao fundo:

– Não sejas alarve! Isso só te faz mal! Não há nada neste almoço que seja saudável!

Num momento de rara lucidez, chamei o empregado de volta para corrigir o erro. Ainda admiti cancelar as batatas fritas, mas achei que a salada (€2,50) equilibrava os excessos. Só depois é que percebi que a salada também vinha com maionese de alho, o que é capaz de ser um bocadinho demais. Procurei deixar a maionese de lado e concentrar-me na alface, no tomate e na cebola roxa.

11146511_1660617887502336_2788771520252578849_n.jp

As bebidas

Este é um dos grandes problemas do Ground Burger. Além de uma imensa lista de cervejas estrangeiras e artesanais, tem também uma secção da ementa dedicada a batidos gigantescos (€6,90), suficientes para alimentarem uma família inteira ou para fazerem uma refeição completa. Eu confesso que sou ligeiramente destemido no que toca a experiências alimentares, mas não fui capaz de cometer essa ousadia intestinal que é juntar um hambúrguer carregado de molho com um batido carregado de leite na mesma refeição. Eu sei que todos os batidos são preparados com gelados caseiros, ingredientes 100% naturais e grãos de baunilha de Madagascar, eu sei que é difícil resistir a um batido com gelado de baunilha, manteiga de amendoim, calda de chocolate e chantilly por cima – mas eu consegui. Ouviste, minha querida Mulher Mistério? Eu resisti à tentação! Estou livre! Estou leve (mais ou menos...)!

Acabei por optar por um bom chá gelado Kusmi (€2,40) aromatizado com bergamota, limão e flor de laranjeira.

11402482_1654191364811655_7859644567268600759_o.jp

As sobremesas

Confesso: o meu esforço saudável acabou na recusa do batido gigantesco. Quando chegou o momento da sobremesa, não resisti – e arrependo-me, Senhor, pela opção que tomei. Especialmente, porque o creamy (€3,50) é de um enjoo difícil de ultrapassar. Feito com o tal gelado com baunilha de Madagascar preparado no restaurante, escolhi o topping de baunilha porque achei o menos enjoativo. Mas, como ainda leva chantilly por cima, não há qualquer hipótese de acabar esta sobremesa se não for uma pessoa absolutamente viciada em açúcar.

11667254_1663048733925918_9166715580611914737_n.jp

As crianças

Tem um kids burger, feito com 100 gramas de carne Black Angus (os outros hambúrgueres levam 150 gramas de carne) e acompanhado apenas com queijo cheddar, por €5,50.

Agora, infelizmente, preciso de me despedir. Tenho de ir correr uma maratona para abater um quarto das calorias que ingeri.

 

O bom

A simpatia dos empregados

O mau

O enjoo da sobremesa

O óptimo

Os hambúrgueres, os molhos e as batatas fritas

 

Um óptimo hambúrguer para si onde quer que a dieta esteja,

Ele

 

fotos: ground burger

 

Nota: Todas as despesas das visitas efetuadas pelo Casal Mistério a restaurantes, bares e hotéis são 100% suportadas pelo próprio Casal Mistério. Só assim é possível fazer uma crítica absolutamente isenta e imparcial.

3 comentários

Comentar post