Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

as fatias grossas de tomate têm mais vitaminas e os espinafres são muito mais saudáveis do que a alface: 9 dicas essenciais para as suas saladas

article-0-1B4E91E8000005DC-27_634x509.jpg

Chegou o sol, o calor e, acima de tudo, o momento de olhar para o espelho. Eu sei, às vezes custa, não é: pegar naquele biquíni que, no ano passado, até estava grande e perceber que, três jantares depois, ele estranhamente encolheu? Vou dar-lhe uma má notícia: os biquínis não encolhem cada vez que vai jantar fora. E, é por isso, que cá em casa já foi instaurado o estado de sítio da salada. Agora, almoço ao fim-de-semana = salada. Ok, se calhar abrimos uma excepção para umas sardinhazitas, mas todas as excepções têm de ser compensadas. E não basta juntar umas folhas de alface e umas rodelas de tomate para estar a comer a refeição mais saudável do Mundo.

Não, senhor. Comer uma alface saudável tem ciência. E por isso é que – depois de ter falado aqui dos 5 alimentos que ninguém devia comer (nunca, jamais, em tempo algum!) – fui à procura das melhores dicas dos especialistas para tornar as suas refeições ultra-hiper-mega-saudáveis. Sabia, por exemplo, que se rasgar a alface antes de a guardar no frigorífico ela fica com mais nutrientes? E que deve cortar o tomate em pedaços grandes para preservar as vitaminas? Os conselhos foram reunidos por um grupo de nutricionistas britânicos numa infografia simples e directa que o jornal Daily Mail publicou na semana passada. Veja aqui as dicas mais relevantes.

1411656018805_wps_62_Page_70_172936821_jpg.jpg

 

#1 Rasgue a alface antes de a guardar para manter os nutrientes

Os nutricionistas da Goodness Direct explicam que, ao ver as folhas rasgadas, a alface "responde à ameaça produzindo fitonutrientes, que aumentam a concentração de antioxidantes", importantes na prevenção de várias doenças, como o cancro. No entanto, ao rasgar a alface, vai diminuir o seu período de vida. Não a deve deixar no frigorífico durante muito mais de um dia.

 

#2 Escolha espinafres em vez de alface (especialmente se for iceberg)

292558B400000578-3100877-But_when_it_comes_to_choo

Eu estou safo porque nunca gostei de alface iceberg, mas no caso da senhora, minha mãe, uma adepta incondicional da iceberg, esta notícia vai cair como um tiro de bazuca: a alface iceberg é uma desgraça em termos de vitaminas. A melhor opção são os espinafres: 28 g de espinafres dão-lhe 53% da dose diária recomendada de vitamina A e 13% da dose diária recomendada de vitamina C. Em compensação, a alface iceberg só tem 3% da dose de vitamina A e 1% de vitamina C. 

 

#3 Mergulhar os vegetais para os lavar retira-lhes propriedades

Nada de mergulhar os vegetais dentro de água e deixá-los ali à espera que fiquem lavados. Os nutricionistas acreditam que isso pode eliminar uma parte dos nutrientes. É também por isso que os vegetais não devem ser cozidos dentro de água, mas antes cozinhados ao vapor. O ideal para os lavar é abrir a torneira e lavá-los com a água a correr. 

 

#4 Fatias mais grossas têm mais vitaminas

Está a ver aquelas fatias fininhas de tomate na salada? Erro! Cada corte que dá nos vegetais são vitaminas que se perdem. Por isso, quanto menos cortes der menos vitaminas se perdem. Opte sempre por ter os vegetais em pedaços grandes.

 

#5 Massas muito cozidas têm mais açúcar

Fazer a massa al dente não é só frescura de chef a armar ao italiano. Quanto mais rija estiver a massa mais baixo será o seu índice glicémico. Por isso, a massa al dente vai ajudar a controlar os seus níveis de açúcar e também a manter uma sensação de saciedade durante mais tempo.

 

#6 A melhor alternativa ao açúcar é a canela

29255A1200000578-3100877-Alongside_salt_sugar_is_a

Sabe bem um tempero doce na salada, não sabe? Pois... mas açúcar branco é fatal. 100 g de açúcar têm 387 calorias e nada de potássio, cálcio ou ferro. Se substituir por mel, já é ligeiramente melhor: 304 calorias e 2% do ferro que precisa num dia. Agora a canela é de longe a melhor opção: 247 calorias e 100% do cálcio recomendado para um dia. Além de ter também ferro e potássio.

 

#7 A gordura torna a salada mais nutritiva

Como é que é? Será que ouvi bem? Ouviu, sim, senhor. A gordura ajuda o seu corpo a absorver os nutrientes dos vegetais de uma forma mais eficaz. Por isso, os nutricionistas do Goodness Direct aconselham a misturar azeite ou queijo ralado nas saladas.

 

#8 Temperar com pimenta preta dá mais vitaminas

Está demonstrado que a pimenta preta melhora a forma como o seu corpo absorve alguns nutrientes, como o selénio e as vitaminas B e C.

 

#9 Junte umas gotas de sumo de limão para aumentar o ferro

A vitamina C ajuda o seu corpo a absorver o ferro que está nos alimentos verdes. Se, por exemplo, puser brócolos na salada, não se esqueça de juntar limão.

 

Uma alimentação mais saudável para si onde quer que as saladas estejam,

Ele

 

fotos: daily mail; infografias: goodness direct

 

5 comentários

Comentar post