Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

batata doce no forno com queijo derretido por cima, a melhor combinação para o jantar de hoje

Segundo consta, parece que hoje Manuel Maria Carrilho saiu à rua e ainda não agrediu ninguém, por isso acho que o país tem motivos mais do que suficientes para celebrar. E cá em casa normalmente celebra-se com comida na mesa e luvas de boxe no lixo. O que é o mesmo que dizer com um delicioso prato para o jantar. A minha querida Mulher Mistério que me desculpe, mas em dia de celebração não há cá espaço para dietas – há espaço para batata doce e queijo derretido a escorrer por cima.

A fabulosa ideia é do sempre imprescindível site The Kitchn e trata-se de um acompanhamento de me deixar comovido de tanto salivar. Tudo o que vou precisar para fazer esta maravilha para o jantar é de batata doce descascada e cortada às rodelas, natas, manteiga sem sal, alho picado, uma folha de louro, tomilho fresco, noz moscada em pó, flor de sal, pimenta preta moída no momento, azeite e queijo gruyère ou outro queijo de que goste (eu cá sou fã de Queijo da Ilha). Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

9c4a51e6d50e28d363d2a2d27b8ebc99ac16a929.jpeg

 

Comece por ferver, em lume brando, as natas, a manteiga e o alho picado com a folha de louro. Numa taça à parte, misture a noz moscada, o sal, a pimenta e o tomilho picado. Espalhe a primeira camada de rodelas de batata doce até tapar o fundo de um pirex untado com spray de cozinha. Tempere com metade da mistura de sal. Volte a espalhar uma nova camada de rodelas de batata doce e tempere com o resto da mistura de sal que não utilizou.

Assim que o molho de natas levantar fervura, retire-o do lume, deite fora a folha de louro e espalhe-o por cima da batata doce. Empurre as rodelas de batata doce para baixo de forma a deixá-las o mais submersas no molho que conseguir. Tape o pirex com uma folha de papel de alumínio e leve ao forno, pré-aquecido a 200º C, durante 15 minutos. Destape o pirex e volte a colocá-lo no forno durante mais 15 minutos.

Quando as rodelas de batata doce estiverem tenrinhas, espalhe o queijo ralado por cima e volte a colocar no forno durante 3 a 5 minutos, no modo de grelhador. O resultado é uma divinal batata doce gratinada num molho cremoso e cheio de queijo. Quem é que resiste a uma coisa destas?

 

Uma óptima batata doce para si onde quer que o queijo esteja,

Ele

 

receita e foto: the kitchn