Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

brunch de primavera: ovos quentes com palitos de torrada

Com várias mulheres cá em casa, hoje os homens prepararam o pequeno-almoço. E, com tantas mãos a ajudar e um dia de Primavera como este, teve de ser uma coisa especial: ovos quentes com torradas. Houve direito a tabuleiro na cama e flores para todas. E é nesta fase da conversa que aviso: se não se lembrou de preparar nada especial para hoje, não desespere - finja que não leu este blog e prepare uma surpresa para amanhã. É tarde, mas é melhor do que nada. E há sempre uma boa desculpa: "toda a gente celebra o Dia da Mulher no dia 8 de Março, eu prefiro celebrá-lo em todos os outros dias do ano".

Encontrada a saída para a sua falha, aqui vai a receita: simples e rápida, como se exige para homens pouco habituados à cozinha. Ponha a água a ferver e, depois de levantar as primeiras bolhas, coloque os ovos lá dentro. Conte entre dois minutos e meio e três minutos, dependendo do tamanho dos ovos, e deixe ferver à vontade, sem baixar o lume. Mal passar o tempo, tire logo os ovos e abra um pequeno chapéu na parte de cima, com uma colher de café ou com uma faca. Não os deixe fechados, porque continuarão a cozer. O objectivo é que a clara fique dura e a gema bem líquida. É um trabalho contado ao segundo, mas há uma alternativa mais simples. Vá aqui e encomende este timer especial para ovos quentes. Vai mudando de cor com a temperatura da água e controla na perfeição o timing - sem depender de ter o lume mais alto ou mais baixo.

Cozinhados e abertos os ovos, tempere-os com sal, pimenta e um pouco de manteiga, que vai derreter e misturar-se com a gema. Depois pegue numas torradas com manteiga e corte-as aos palitos. Sirva e vá molhando os palitos de torrada na gema do ovo.

No final, como sobremesa, faça uma nova torrada com queijo fresco e doce de frutos silvestres - e, para mim, doce de frutos silvestres é sinónimo de St. Dalfour.

Pode parecer fácil demais, mas garanto-lhe que é óptimo. E impressiona.

Um bom dia para todas as mulheres, onde quer que elas estejam,

Ele

2 comentários

Comentar post