Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casa no tempo, o novo turismo rural de design no alentejo

1614428_1421469931436987_2039719017_o.jpgDepois de Casas na Areia e Cabanas no Rio, Andreia e João Rodrigues voltaram a juntar-se ao arquiteto Manuel Aires Mateus para fazer mais um extraordinário projeto. Desta vez, este trio maravilha recuperou uma quinta de família dos primeiros, cumprindo assim um desejo do avô, que queria deixar um legado para as futuras gerações. Mas Andreia e João Rodrigues foram ainda mais longe do que o sonho do avô, e juntaram o passado e o futuro num projeto único que, mantendo as marcas do tempo, é um refúgio de paz onde o tempo se recusa a passar.

 

1465409_1420157281568252_1834779980_n.jpg

untitled1.png

1888834_1420156204901693_287470822_o.jpg

untitled.png

Numa herdade de 400 hectares, perto de Montemor-o-Novo, Alentejo, onde lagos e sobreiros marcam a paisagem, nasceu precisamente a Casa no Tempo. O edifício, com quatro suites apenas, é de uma simplicidade desconcertante. Moderno e minimalista, o branco das paredes contrasta com os tons verdes e castanhos da herdade que entra dentro de casa sem cerimónia pelas imensas janelas dos quartos.

10269579_1425901730993807_6777132399628600330_n.jp

10007002_1420326438218003_2045395895_n.jpg

10015642_1420326474884666_239646768_n.jpg

10155824_1425901647660482_8340381165091663333_n.jp

1505430_1420326211551359_1878993265_n.jpg

Também no interior o branco é rei e senhor em contraste com a tijoleira do chão (aquecida no inverno). As camas, os sofás, os poufs, as almofadas e até toda a bancada da cozinha (totalmente equipada) são de um branco imaculado projetando um brilho especial sobre a madeira da mesa e das cadeiras da sala de jantar. O recanto da lareira é pura e simplesmente irresistível. As quatro suites são espaçosas, cheias de luz com a mesma decoração minimalista e clean, moderna e confortável. As casas de banho, com os seus azulejos feitos à mão e brancos (claro!), ensaiam um claro regresso ao passado.

10155347_1423065097944137_958431074379389225_n.jpg

10175989_1423065214610792_4635623276140115967_n.jp

untitled4.png

1625547_1420326711551309_1927256829_n.jpg

10246632_1423065237944123_6665426593088146233_n.jp

Lá fora, a piscina, também projetada por Aires Mateus, mergulha no terreno com uma naturalidade e uma simplicidade que quase se confunde com os lagos da herdade. Indispensável no verão, muito agradável também neste outono estranho. Atividades não faltam na Casa no Tempo: desde simplesmente desfrutar deste sítio mágico, ver as estrelas, andar a cavalo, pescar, passear, visitar o Alentejo, ler, dormir… tudo isto por, OK, nem tudo são boas notícias: 600 euros por dia, por um mínimo de sete noites, na época alta, ou seja, nos meses de junho, julho e agosto. Na época baixa, de setembro a maio, o preço é de 500 euros por dia, para uma estada mínima de três dias. Os preços incluem pequeno-almoço e limpeza diária.

1972269_1420326591551321_1717771632_n.jpg

untitled3.png

1457567_1420325628218084_1711262954_n.jpg

10003485_1420325588218088_398450881_n.jpg

10494351_1444429265807720_8424178725859156164_o.jp

Não perca tempo! Esta casa espera por si… e por nós, claro! Embora, meu querido e adorável Marido Mistério? E não me venhas falar de preços e crise agora… Se desafiarmos vários amigos, a coisa fica mais em conta… Vá láaaaaaa!

 

Boa viagem para nós,

Ela

 

fotos: Nelson Garrido e Álvaro Manso