Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

chegou a descoberta do ano: um garfo que dá um gosto salgado à comida sem ter de lhe pôr sal

image.jpeg

É a última grande invenção do mundo da culinária. Na verdade, é mais uma invenção do mundo da tecnologia do que da culinária, mas eu temo que daqui a uns anos seja tudo a mesma coisa. Investigadores da Universidade de Tóquio, no Japão, inventaram um garfo que consegue recriar o gosto salgado na sua boca sem adicionar um único grama de sal à comida.

Tudo isto podia ser só uma loucura passageira de aspirantes a Einsteins se o garfo não andasse já a percorrer as ruas da capital japonesa em restaurantes pop-up.  Na semana passada, a agência de publicidade J. Walter Thompson organizou dois dias de jantar sem sal. À refeição, foram servidos cinco pratos totalmente insossos que deveriam ser degustados com o novo garfo. As reacções foram um sucesso.

 

image.jpeg

O garfo tem um botão e, ao carregar nele quando coloca o talher na boca, é emitida uma leve corrente eléctrica que passa para a sua língua sensações de azedo, amargo e metálico. Combinadas, recriam o sabor salgado, tal como se estivesse a ingerir o dito cujo.

A iniciativa foi um sucesso tão grande que já foram organizados dois jantares com este garfo eléctrico e está a ser planeado um terceiro, tal como adianta o site Mashable.

É claro que estamos a falar de um sucesso no Japão, onde uma sobremesa que é uma gota de água é a grande sensação do momento. No entanto, e apesar de o garfo ainda não estar à venda, é sempre uma notícia animadora para quem tem a tensão alta. Ah, e pode estar tranquilo: parece que o novo garfo não dá choque. Por enquanto...

 

Uma óptima refeição para si onde quer que o sal esteja,

Ele

 

1 comentário

Comentar post