Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

como comer apenas uma bolacha quando temos um pacote inteiro à nossa frente

Este é um assunto delicado. Como comer apenas um biscoito quando se tem uma caixa inteira ao colo? Como tirar apenas um bombom quando o pacote cheio está ali a rir-se para nós? Como não aspirar uma taça cheia de amendoins antes do jantar quando devíamos ser razoáveis? Como puxar o travão de mão a fundo quando vamos a acelerar descontroladamente contra a desgraça alimentar? Resumindo, como ter disciplina?

turtles-22.jpg

A resposta é... tchan, tchan, tchan, tchan... não tendo disciplina. Há anos que estudo minuciosamente este assunto para tentar levar a minha querida Mulher Mistério para o bom senso gastronómico. Em vão...

 

Agora encontrei esta interessante teoria contra-corrente de uma nova guru alimentar americana. Chama-se Sohee Lee e ultrapassou um distúrbio alimentar que durou oito anos, em que comia pacotes inteiros de bolachas e depois vomitava sem se conseguir controlar.

Hoje Sohee é formada em Biologia Humana pela Universidade de Stanford e especialista em fitness. Neste artigo, ela explica como consegue manter um equilíbrio alimentar.

Em primeiro lugar, ela diz que não tem nada a ver com disciplina. Ela é uma indisciplinada compulsiva, levada ao extremo da bulimia, e hoje em dia participa em concursos de biquínis.

Caramelstuffedchocolatecookies.png

Em segundo lugar, ela considera que quanto mais bolachas a minha querida Mulher Mistério tiver à sua volta menos vai sentir a necessidade de as engolir todas sofregamente. Apesar de não parecer, a teoria faz algum sentido: se Ela souber que haverá sempre bolachas em casa e que pode comer uma bolacha por dia, todos os dias, a urgência de as aspirar rapidamente desaparecerá.

Sohee diz que convencer-se disso não é fácil. Há que comprar muitas bolachas e repetir todos os dias, várias vezes ao dia, a frase mágica:

- Eu posso comer uma bolacha.

- Eu posso comer uma bolacha.

É a chamada terapia da exposição: se tiver alguma coisa ali ao lado, todos os dias, à sua disposição, o desejo incontrolável desaparece. (Esta teoria também vale para alguns casamentos...)

Finalmente, só precisa de comer a sua bolacha diariamente, com prazer.

Reveja aqui os conselhos, passo a passo:

  1. Tenha sempre bolachas à sua volta.
  2. Coma uma bolacha por dia.
  3. Coma apenas bolachas mesmo boas (o que é que adianta comer bolachas mais ou menos?).
  4. Mantenha-se consciente e focado (pode comer todos os dias, não precisa de comer tudo naquele momento).

Agora vá lá ao supermercado e traga o carrinho cheio de doces. Eu, pelo menos, já arranjei uma desculpa para os comprar cá para casa.

 

Boas dietas para si onde quer que esteja,

Ele

 

fotos: crazy little projects; averie cooks

 

4 comentários

Comentar post