Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

como fazer o gin tónico perfeito (segundo os cientistas)

Gin-Mares-research-into-how-to-make-the-perfect-gi

Porque é que os cientistas hão-de estar a estudar a vida em Marte se podem estar a descobrir qual a combinação perfeita para o seu gin tónico? Esta é a pergunta que nos devia apoquentar a todos, civilização moderna, num momento crítico para o futuro da humanidade como este. Eu não quero – nem pretendo – mudar o meu círculo eleitoral para Marte nos próximos anos. E, no entanto, quero – e até pretendo – beber um belo de um gin tónico perfeito para me alegrar o fim-de-semana. 

Foi neste comprimento de onda que o cientista escocês Stuart Bale decidiu dedicar-se ao estudo das bebidas e, mais recentemente, à investigação que a ciência reclamava há muito: qual a fórmula perfeita para fazer um gin tónico? Afincadamente, estudou 120 hipotéticas combinações de gins tónicos com botânicos e frutos diferentes. Analisou a quantidade perfeita de gin para a quantidade ideal de água tónica. Testou copos. E mediu pedras de gelo. O resultado foi anunciado em Setembro.

 

gandt_3048477b.jpg

1ª conclusão: O copo em balão realça mais os sabores do gin do que o copo alto. 

A justificação: "Oitenta por cento dos sabores que sente chegam-lhe através do nariz. E muitos dos aromas e dos sabores são levados pelas bolhas. Quanto maior a boca do copo, mais bolhas chegarão à superfície".

 

2ª conclusão: Mantenha a água tónica no frigorífico e use muito gelo.

A justificação: "Quanto mais baixa for a temperatura da bebida, mais difícil será as moléculas de dióxido de carbono – que criam as bolhas – escaparem. Por isso, o seu gin tónico manter-se-á com mais gás e mais aromas durante mais tempo".

 

3ª conclusão: Use limão em vez de lima.

A justificação: "A lima está muito na moda agora, mas a maioria dos gins tem casca de limão na mistura. Então, qual é o sentido de colocar lima?"

 

4ª conclusão: A quantidade ideal é uma medida de gin para duas medidas de água tónica.

A justificação: "A percentagem ideal de álcool no cocktail é 14%. Ponderado o gelo depois de derreter, chegará aos 14% usando o dobro de tónica em relação ao gin. No entanto, as quantidades variam consoante o grau de alcoolemia de cada gin". Veja aqui quantos mililitros de água tónica deve usar para certas marcas de gin.

ginicon_3049757a.png

5ª conclusão: A combinação perfeita para um Gin Mare é manga e pimenta preta

A justificação: "A manga tem altos níveis de pineno, um composto que existe no zimbro e nas ervas mediterrâneas presentes no Gin Mare, por isso é fácil ver porque é que liga bem".

Agora vou ali fazer umas experiências científicas com um copo na mão.

 

Bons gins para si onde quer que os cientistas estejam,

Ele

 

fotos: gin mare e telegraph

 

2 comentários

Comentar post