Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

como fazer o melhor gin tónico segundo jamie oliver

Tenho uma relação ligeiramente obsessiva com o Jamie Oliver. Cada vez que ele fala, eu cozinho. Cada vez que ele espirra, eu assoo-me. Cada vez que ele pega num copo, eu bebo. E é exactamente isso que vou fazer este fim-de-semana. Como um olho no gin e outro no YouTube.

Depois de ter descoberto um vídeo em que o chef inglês revela a sua receita para fazer o gin tónico perfeito, não me resta outra alternativa senão abrir a goela e deliciar-me com esta maravilha. Primeiro, porque Jamie Oliver é britânico – a terra onde se vendem 1,12 mil milhões de gins por ano, cerca de 28 doses por cada cidadão maior de idade. Depois, porque Jamie Oliver ainda consegue bater largamente este recorde – todos os sábados, às sete da tarde, bebe um gin tónico refastelado no sofá, o que dá, pelo menos, 52 gins por ano.

E se isso o torna um especialista, a sua receita torna-se obrigatória.

gin (1).jpg

 

Ingredientes

  • 50 ml de gin (Jamie Oliver sugere Bombay Sapphire, mas qualquer um dá)
  • 100 ml de água tónica (Jamie sugere Fever Tree e eu concordo)
  • 2 gomos de lima
  • 1 folha de hortelã
  • 3/4 do copo cheio de gelo

 

Comece por encher 3/4 de um copo de balão com gelo (quanto maiores as pedras, melhor). Rode bem o gelo pelo copo e deixe repousar durante uns instantes para gelar bem as paredes do copo.

Agora os citrinos: se estiver a beber um gin mais delicado e floral, use lima; quando beber um gin mais forte, use limão. Role bem a lima ou o limão por cima do balcão da cozinha, pressionando ligeiramente para quebrar as células e libertar mais sumo. Depois, corte dois gomos, sem aproveitar o centro da fruta, onde está o sabor mais amargo (veja aqui a dica do chef Kiko Martins para o fazer).

Deite fora a água que derreteu do gelo e esprema um dos gomos para dentro do copo. Adicione depois o gin e a água tónica, tombando ligeiramente o copo ou deitando-a através da colher torcida para não perder o gás. Dê apenas uma volta com a colher, para envolver todos os sabores, e acrescente o segundo gomo de lima inteiro. Antes de beber, finalize com uma folha de hortelã torcida – ao torcê-la vai libertar mais os aromas.

Se ficou com alguma dúvida, veja aqui o vídeo completo do Jamie Oliver.

 

Um óptimo fim-de-semana para si onde quer que o gin esteja,

Ele

 

receita e foto: jamie oliver