Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

como fazer um cremoso risotto no forno sem precisar de estar sempre a mexer

Está a ver aquela chatice de ter de ficar sempre a mexer o risotto enquanto ele cozinha? Não, não está – estava! Esta receita do fabuloso site The Kitchn é um pequeno passo para a panela, um gigante salto para a Humanidade.

Se tiver uma daquelas panelas de ferro que podem ir ao forno, consegue acabar com aqueles 20 a 30 minutos de musculação forçada no bícep. Não há cá mexidelas. O arroz cozinha tranquilamente no forno enquanto Vossa Senhoria vê uma série, refastelado à frente da televisão. Mas o melhor é ler a receita completa.

Tudo o que vai precisar é de arroz para risotto (arbório, carnaroli ou violane), pancetta ou bacon picado, cebola cortada às fatias, um copo de vinho branco, caldo de galinha ou de vegetais, manteiga, queijo parmesão e o que mais gostar – a receita original é com ervilhas e pesto, mas eu vou usar cogumelos e estragão. Se tiver um fio de azeite de trufas em casa, vai ver que também fica delicioso.

Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

4894d6db66ddcc46a430765b7c51de31984f6a89.jpeg

 

O início da preparação é exactamente igual à de um risotto normal: salteie ao lume o bacon picado numa panela de ferro (ou outra que possa ir ao forno). Quando o bacon estiver crocante, coloque-o num prato com uma folha de papel de cozinha para secar. Aproveite a gordura que saiu do bacon para saltear a cebola, na mesma panela, também no fogão.

Junte o arroz à cebola alourada e envolva-o muito bem na gordura do bacon, deixando-o tostar, em lume médio, durante um a dois minutos. Agora só precisa de deitar o copo de vinho branco e mexer o arroz ao lume até o líquido evaporar. Finalmente, deite um litro de caldo bem quente e misture tudo para envolver o arroz no líquido.

Assim que levantar fervura, desligue o lume e leve a panela, tapada, ao forno, pré-aquecido a 180º C, durante 15 a 20 minutos. Retire o risotto uns dois a três minutos antes de estar pronto, quando ainda o sentir duro demais. Depois só tem de colocar novamente a panela no fogão, com o lume no médio. Junte mais 350 ml de caldo ao arroz, a manteiga, o parmesão ralado e os cogumelos (ou as ervilhas congeladas) e deixe cozinhar, enquanto mexe, durante cerca de dois minutos. Tempere com o pesto ou o estragão e pode servir com mais queijo ralado por cima e com o bacon crocante no topo.

O resultado é um risotto cremoso e molhadinho – e um braço descansadinho. Para mim, é a melhor maneira de fazer risotto quando tem muita gente para jantar em casa.

 

Um óptimo jantar para si onde quer que o risotto esteja,

Ele

 

receita e foto: the kitchn