Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

dois.três.três, o novo restaurante com pratos sem glúten e sem lactose para almoçar em lisboa

12994400_1523712481270987_5384421675921399206_n.jp

A sensação que temos quando entramos no dois.três.três é que estamos a entrar em casa de uma amiga. O ambiente familiar conquista-nos ao primeiro olhar. Confesso que, distraída como sou, já tinha dado duas voltas ao quarteirão e nem tinha dado pelo restaurante. O dois.três.três, que abriu há cerca de um mês, é precisamente o número de uma porta discreta na rua Silva Carvalho. Mas depois de desesperar à procura de lugar para o carro, acabei por estacionar no parque do Espaço Amoreiras, não muito longe do restaurante.

 

13010722_1523554717953430_5117737384838448247_n.jp

O ambiente

Com uma decoração trendy e simples, tem duas salas e uma pequena esplanada, num pátio onde cabe um original balcão feito a partir de uma porta de madeira, uma mesa, alguns bancos e ainda umas palettes com uns almofadões num canto.

13087518_1528870390755196_1230353594337934385_n.jp

Na primeira sala, destaca-se o balcão que dá acesso à cozinha, além dos armários e prateleiras pintados de branco, recheados de objetos simples e de bom gosto como almoçadeiras, taças, garrafas, bules de chá, livros, revistas, fotografias a preto e branco, uma máquina de escrever antiga, entre muitos outros. As mesas e as cadeiras são de madeira escura e toda a decoração, em tons claros, é deliciosamente rústica.

13119030_1529743794001189_4837929618809609224_n.jp

A ementa

Tudo aqui é sem glúten e sem lactose. O menu varia todos os dias mas normalmente pode contar com uma sopa do dia e três pratos principais: um vegetariano, um de peixe e um de carne. No dia em que eu fui com uma amiga minha, dispensei a sopa do dia, que era de brócolos, porque não tinha muita fome (não, não estou doente, só que naquele dia tinha tomado o pequeno-almoço mais tarde do que o habitual). Por isso, pedi um fusilli de salmão fumado com tomate cherry, espinafres baby e um molho de iogurte que estava fresco e muito agradável. Percebe-se que os ingredientes são criteriosamente selecionados.

IMG_6150 (1).jpg

A minha amiga escolheu ainda melhor do que eu. Pediu um falafel (uma espécie de bolinhos de grão de bico ou de feijão originários do Médio Oriente) com salada de alface, rúcula, espinafres baby, beterraba, arroz de passas, ervilhas e lentilhas. Além de ser um prato mais consistente, o falafel vinha quente, desfazia-se na boca e estava muitíssimo saboroso.

IMG_6151 (1).jpg

Nenhuma de nós se entusiasmou com o prato de carne nesse dia: frango no forno com bacon e laranja. O menu do dia inclui, além da sopa e do prato principal, o chá do dia que dispensámos por ser de hortelã. Eu bebi uma Coca-cola Zero e a minha amiga um sumo de maçã e canela que adorou. No final ainda pedimos um copo de água, e veio para a mesa uma deliciosa e fresca água aromatizada com pepino e limão.

IMG_6152 (1).jpg

De sobremesa partilhámos um bolo de chocolate sem lactose mas com açúcar. Era bom mas não era do outro mundo: era cremoso porque tinha uma consistência de mousse por dentro e era pouco doce, o que, na minha opinião, é claramente um ponto a favor. Por fora, infelizmente, estava ligeiramente seco... Havia ainda uma queijada, também sem lactose, que não chegámos a provar porque nos guardámos para as deliciosas bolinhas que vieram com o café.

IMG_6154 (1).jpg

Por sugestão da simpática empregada, pedimos uma de cada: uma bolinha de cacau, frutos secos, tâmaras, morangos, sem açúcar (absolutamente divinal); e uma bolinha de chocolate e sementes de abóbora e girassol (incrivelmente original) e que combinam na perfeição com o café. Foi claramente o ponto alto do nosso almoço.

12985527_1523558007953101_1540220945162190085_n.jp

O serviço 

Não pode ser mais simpático e afável. Atenta e preocupada com os clientes, a dona faz questão de ir às mesas e, com a ajuda de uma empregada, faz-nos sentir em casa.

13000148_1523712461270989_8617264383441786990_n.jp

Por enquanto o dois.três.três só serve pequenos-almoços, almoços e lanches mas também faz jantares para grupos, a pedido. O menu do dia inclui a sopa, um prato principal e o chá do dia e custa €9,50. Sábado tem brunch, das 9h30 às 17h00, com sumo, café ou chá Clipper, ovos cocotte, iogurte com fruta e granola, três variedades de pão com queijo, fiambre e compota e ainda serve uma feijoada à brasileira ao almoço. Fecha aos domingos. Se quiser saber mais detalhes, espreite aqui. Se não conseguir almoçar, não deixe de experimentar a happy hour com gins a bons preços ou o brunch ao sábado.

13012665_1525702494405319_554241477906685572_n.jpg

As crianças

Apesar de o ambiente ser familiar, os pratos não são propriamente feitos a pensar em crianças, só se forem "boas bocas" como as nossas. Agora, o brunch é claramente uma boa opção para um programa em família. 

 

O bom 

O falafel 

O mau 

stress para estacionar 

O ótimo 

Os bolinhos para acompanhar o café 

 

Uma ótima semana,

Ela

 

fotos: dois.três.três; casal mistério

 

Nota: Todas as despesas das visitas efetuadas pelo Casal Mistério a restaurantes, bares e hotéis são 100% suportadas pelo próprio Casal Mistério. Só assim é possível fazer uma crítica absolutamente isenta e imparcial.

 

2 comentários

Comentar post