Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

duas casas que são hotéis de charme em cascais (para passar o fim de semana e ver o espetáculo de luz)

A partir de sexta-feira, siga a luz até Cascais. Esteja descansado que não nos transformámos num blog de auto-ajuda. Estou a falar do Lumina-Festival de Luz de Cascais, um espetáculo imperdível e um ótimo pretexto para passar um fim de semana na vila, junto ao mar. E se já tem o pretexto, só falta o hotel onde dormir. Por isso, aqui estou eu a sugerir dois hotéis bem diferentes, originais e que não podiam ser mais caseiros: são dois hotéis que são também… casas. Ora espreite.

 

Casa Vela Guest House 

“Um oásis de tranquilidade no centro histórico de Cascais”. É desta forma que a Casa Vela se define. Ninguém duvida e as fotografias espelham bem o ambiente calmo e zen do hotel. Esta guest house é composta por dois edifícios totalmente diferentes mas que encaixam na perfeição no imponente jardim, povoado de cascatas e lagos. São 3.500 metros quadrados de espaço verde, estragados apenas por umas estátuas que não fazem muito o meu género. Localizada a dois passos da zona dos museus, da Marina de Cascais e das principais atrações do centro da vila, a Casa Vela é uma ótima opção para este fim de semana.

Os 16 quartos (bons, grandes e confortáveis) estão decorados individualmente, com um tema comum: os Descobrimentos Portugueses e as Especiarias do Extremo Oriente... Por isso, espreite o site e veja o que melhor se encaixa no seu estilo. Desde o Noz, o Caril, o Chá ou o Pimenta, até ao Brasil, Goa ou Macau, é só escolher. Todos os espaços parecem dizer “Faça o favor de se sentir em casa!”

 

The Charm of Cascais 

O nome parece presunçoso mas define bem o hotel. Imagine-se a entrar numa casa de família, com uma traça arquitetónica tipicamente portuguesa, luxuosa mas acolhedora e sobretudo, com um ambiente muito caseiro. Com um jardim bem cuidado, cheio de espécies tropicais e árvores de fruto, e uma simpática piscina (temperada por um sistema de aquecimento solar), situa-se perto do centro da vila de Cascais, do mar e da marina. A decoração é clássica e romântica e o serviço personalizado – com apenas oito quartos, não poderia ser de outra forma.

Os quartos são elegantes, confortáveis e espaçosos, com telefones diretos para o exterior, roupão de banho, secador de cabelo, cofre, amenities de qualidade, televisões de boas dimensões ligadas ao cabo e Internet wifi grátis. O restaurante está aberto para jantares. Localizado no rés-do-chão da guest house, tem um ambiente exclusivo e capacidade máxima para 12 pessoas. Mas, durante o dia, os hóspedes podem também tomar refeições leves no terraço junto à piscina.

No bar Vinoteca, fazem-se provas de vinhos e, na sala de chá, preserva-se a tradição britânica do chá das 5. Com uma carta de 50 chás diferentes, que pode acompanhar com leite ou com limão, croissants, torradas ou scones, pequenas sandwiches, manteiga, compotas e, claro, os doces do dia. E se esta é a carta do lanche, imagine a do pequeno-almoço: um buffet composto por uma seleção de pão e brioches, muffins, chausson de maçã, bolos, seleção de queijos, fiambre, compotas, mel, creme de chocolate, sumo laranja, café, chá, leite, chocolate, outra seleção de cereais, iogurtes naturais, fruta fresca e alguns pratos quentes, como ovos, bacon ou salsichas.

Depois de um buffet destes, vai querer partir num passeio de veleiro disponibilizado pelo hotel. À noite, já sabe: faz-se luz em Cascais.

 

Um fim de semana iluminado para si,

Ela