Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

e agora prepare-se para uma surpresa arrebatadora: muffins de batata doce com malagueta

Um fim-de-semana sem batata doce é como o Donald Trump sem aquela franja sensual (eu sei, estou ligeiramente obcecado com o cabelo do homem, mas é mais forte do que eu). E foi por isso que dediquei quase todo o meu dia de ontem a encontrar a melhor, a mais genial e a mais deliciosa receita de batata doce que o mundo já conheceu. É claro que, quando queremos tudo isso no mesmo prato, só temos uma pessoa a quem recorrer: ao inimitável Jamie Oliver. E foi no site dele que descobri estes incríveis muffins de batata doce, queijo e sementes de papoila para animarem o brunch da Família Mistério.

Antes de se abalançar para o forno, confirme só que tem tudo aquilo de que precisa à mão.

1595_9_1439907619.jpg

 

Ingredientes

  • 600 g de batata doce
  • 4 cebolinhas verdes (costuma haver nos supermercados do Martim Moniz, mas se não encontrar troque por cebolinho)
  • 1 malagueta fresca
  • 6 ovos grandes
  • 3 colheres de sopa de queijo cottage
  • 250 de farinha integral com fermento
  • 50 g de queijo parmesão ralado
  • 1 colher de sopa de sementes de girassol
  • 1 colher de sopa de sementes de papoila 

 

Tem tudo? Então vamos a isso. Ligue o forno nos 180º C e forre uma forma para 12 muffins com papel vegetal. Passe depois com uma folha de papel de cozinha molhada em azeite. Descasque a batata doce e rale-a para uma taça. Pique a cebolinha ou o cebolinho (se usar cebolinha verde, deite fora as pontas) e a malagueta. Junte o cebolinho e metade da malagueta à batata doce. Acrescente os ovos, o queijo cottage (se não encontrar, pode usar requeijão), a farinha e o parmesão ralado. Tempere com sal e pimenta e misture bem.

E agora entramos na recta final. Divida a mistura da massa pelas formas, coloque as sementes de girassol e de papoila por cima juntamente com a malagueta que deixou de parte. Salpique os muffins com mais um bocadinho de parmesão ralado e leve à última prateleira do forno durante 45 a 50 minutos, até ficar dourado.

A mistura da malagueta com a batata doce é de perder a cabeça – e uma parte do cabelo também.

 

Um óptimo muffin para si onde quer que a batata doce esteja,

Ele 

 

receita e foto: jamie oliver

3 comentários

Comentar post