Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

ecork, o hotel feito de cortiça no meio do alentejo

Quando a originalidade se cruza com a simplicidade, isso é impulse (estou a brincar! Bateu-me uma nostalgia anos 80, já passou...). OK, isso é maravilhoso. E quando se promove uma das melhores matérias-primas nacionais, é extraordinário. Por isso, estou cheia de vontade de ir passar um fim de semana ao Ecork Hotel em Évora: o primeiro hotel do mundo totalmente revestido a cortiça.

 

OK, já cumpri a minha missão de informar. De enaltecer os produtos nacionais e os projetos política e ecologicamente corretos. Isto já está a parecer o jornal Expresso. Agora, vamos à sinceridade: adoro o hotel. É novo (abriu no ano passado), giro e original. Situa-se no Alentejo, uma das minhas regiões preferidas, e é novo (já tinha dito que era novo?). E eu também adoro novidades. Só falta mesmo experimentar, não é, meu querido Marido Mistério?

Inspirado nas aldeias medievais alentejanas, constituídas quase sempre por um castelo ou um enorme edifício principal, cercado por várias casinhas brancas, o projeto transportou o conceito para o século XXI. O edifício principal, que alberga o restaurante, o ginásio, o spa, as salas de reuniões e a piscina interior, com um enorme pátio central, é todo forrado a cortiça (sabia que a cortiça é um produto natural, um isolador térmico e acústico e é reciclável? Agora pareço o presidente da Quercus, medo!). O andar de cima tem paredes mas não tem teto, e é aqui que se situa o bar, a piscina exterior e o deck onde pode preguiçar com vista para a paisagem alentejana (já me estou a imaginar ali!).


As “casinhas brancas” são 56 suites independentes com uma área de cerca de 70m2 cada, rodeadas por sobreiros, azinheiras e oliveiras centenárias. Cada uma tem quarto, sala de estar, casa de banho e um pátio privativo, algumas têm uma kitchenette, todas têm os extras e luxos dignos de um bom 4 estrelas (wifi grátis, ar condicionado, mini-bar, dois ecrãs leds, banheira, roupões, chinelos, etc). Quero!

Original, moderno, contemporâneo e inserido em plena planície alentejana, este eco-hotel a cinco minutos do centro de Évora e à distância de uma hora de carro de Lisboa, é o refúgio ideal para uns dias de descanso em família. Isto se a sua família for civilizada. Pensando bem, não sei se tenho coragem de levar a nossa equipa de futsal para este paraíso. Não sei porquê, mas tenho um feeling de que somos nós a entrar, e o resto dos hóspedes a fugir. Porque será que as pessoas têm tendência a fugir de família numerosas?

Boa Páscoa,

Ela

 

 

 

8 comentários

Comentar post