Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

eight – health lounge, o novo restaurante de comida saudável onde tudo é vegan e fresco

15.png

Aqui não há tostas nem sumos, há "toasts" e "juices". O novo restaurante vegan de Lisboa chama-se Eight e promete "plant based food" num "health lounge" onde pode "sit down" e "taste life" seguindo 8 "life-changing health principles". Perante um tão arrasador cosmopolitismo linguístico, peguei no meu Oxford Dictionary e rumei confiante até à Praça da Figueira – ou Fig Tree Square, se preferir –, em Lisboa, para provar as novas enormes saladas (peço desculpa pelo aportuguesamento), as tostas, os smoothies ou os panini servidos num saudável pão integral de trigo.

 

2.jpeg

O ambiente 

O espaço parece mais uma casa do que um restaurante: tem muito estilo, é clean, moderno e arejado. No andar de baixo, tem uma sala com um balcão onde escolhe o que quer comer e onde faz o seu pedido. Ao lado, há umas prateleiras com produtos para comprar. Não propriamente comida, mas mochilas, mantas, canecas, panos ou até bicicletas. São artigos variados, todos com óptimo aspecto, que ajudam muito à decoração do espaço, em tons de branco e bege. 

5 (4).jpg

Depois de pedir, sobe as escadas e encontra uma sala, também em tons de branco, bege e madeira clara, com mesas altas, médias e baixas. Há recantos com confortáveis sofás, lâmpadas grandes penduradas no tecto, flores e muitas frases inspiradoras – todas escritas em inglês, claro, para serem coerentes com a ementa.

4 (4).jpg

O ambiente é confortável, acolhedor e tem detalhes maravilhosos. Por exemplo, os banquinhos feitos com troncos de árvores e as almofadas de sarapilheira deixaram a minha querida Mulher Mistério esmagada.

17.png

Não fosse o facto de tudo ser apresentado em inglês, e até podia acreditar que estava num simpático e moderno restaurante de Lisboa.

11.png

A comida 

Acompanhado pela minha excelsa e novel-saudável Mulher Mistério, que estava ansiosa por experimentar este restaurante acabadinho de abrir no início de Fevereiro, deparei-me com as mais tentadoras e bem apessoadas taças de salada com que podia sonhar. 

1 (2).jpeg

Depois de olhar atenciosamente para o quadro com a ementa na parede, acabei por escolher a Mediterranean Blowout (€6,90) que, traduzida para português, dá qualquer coisa como uma taça com uma deliciosa salada de alface, pepino cortado em cubos, tomate picado, umas fantásticas e crocantes amêndoas torradas e uns cubinhos de tofu de tal maneira temperados que sabiam quase como queijo feta. Trazia ainda uns microgreens por cima e um molho suave que contrastava lindamente com o salgado do tofu mascarado de feta.

9 (2).jpg

Eu devo dizer que estou muito longe de ser vegan – quem me tira um bife mal passado tira-me o coração – mas tenho de admitir que a salada estava deliciosa e não era propriamente pouca. Os vegetais tinham sabor, eram frescos e vinham com uma cor forte e agradável. E o tofu foi uma verdadeira surpresa.

Para ajudar a alimentar-me durante o resto do dia, pedi ainda uma óptima sopa de brócolos (€3) cremosa e muitíssimo saborosa, que trazia umas sementes de girassol por cima.

6 (2).jpg

A minha querida Mulher Mistério, que é senhora de bastante mais alimento do que eu, também pediu a sopa, mas achou que a salada a ia deixar com fome. Por isso, alambazou-se com uma óptima tosta de abacate (€4,90). E não vale a pena explicar-lhe que uma tosta – mesmo feita com pão integral – engorda porque Ela acha que ao pedir uma tosta em vez de um panini está a fazer um grande favor à balança.

A principal diferença é que os panini levam uma fatia de pão por baixo e outra por cima e as tostas só levam pão por baixo. No entanto, por cima ou por baixo não deixa de ser pão. A tosta Dela trazia uma ultra-cremosa e saborosa pasta feita com abacate e sumo de limão espremido no momento. Por cima, vinha tomate picado, microgreens e sal preto.

8 (1).jpg

Se não quiser nada disto e preferir um pequeno-almoço ou um brunch, tem ainda smoothies sem leite para beber (€4,90) ou para comer à colher (€5,90). Estes últimos são também feitos à base de fruta fresca, mas servidos em taças com toppings de fruta às fatias, granola, flocos de aveia ou sementes. Também pode escolher entre vários lattes (€3,70) preparados com alternativas ao leite de vaca (como coco, soja ou amêndoa), chás (€2) ou shots de fruta fresca (€1,50).

13.png

O serviço 

Apesar de ser um restaurante fast food saudável, todo o processo demora algum tempo. No balcão de baixo, faz o seu pedido. Depois procura uma mesa e espera que lhe levem a comida à mesa. Eu tentei menorizar a espera pedindo uns fantásticos cajus temperados e ligeiramente picantes (€2,50). O copinho de cajus estava ali mesmo, no balcão, à minha frente, mas disseram-me que os levariam depois à mesa. 

7 (2).jpg

Dezanove minutos depois, trouxeram a sopa. Sete minutos mais tarde chegaram finalmente os cajus e as bebidas: um chá verde com gengibre, beterraba e hibisco para Ela (€2) e uma água aromatizada (€0,50) para mim. Mais seis minutos e vieram a salada e a tosta. Bastava trocar a ordem e dar logo os cajus e as bebidas para tornar a espera menos dolorosa. Mas estas podem ser falhas de um restaurante acabado e abrir.

12.png

As crianças 

Não tem menu infantil. Mas tem óptima comida que eles vão gostar. Até há umas tiras (€0,55) feitas com puré de fruta desidratada que são uma versão mais saudável das terríficas gomas. Sem açúcar, claro, porque isso é coisa que não entra aqui.

 

O bom 

A comida saudável e saborosa, especilmente a salada e a tosta de abacate

O mau 

A lentidão do serviço e a englishmania

O óptimo 

A decoração acolhedora

 

Um óptimo almoço para si wherever you are,

Ele

 

fotos: eight – the health lounge; casal mistério

 

Nota: Todas as despesas das visitas efetuadas pelo Casal Mistério a restaurantes, bares e hotéis são 100% suportadas pelo próprio Casal Mistério. Só assim é possível fazer uma crítica absolutamente isenta e imparcial. 
_____________________________

eight – the health lounge
Praça da Figueira, 12A, Lisboa
Das 9h30 às 20h 
Dom. abre às 11h e 6ª fecha às 15h
Fecha aos sábados
T: 218 862 859

1 comentário

Comentar post