Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

gaspacho dourado com tomate amarelo e pêssego, uma receita vegan e sem glúten

Qual é coisa, qual é ela que tem poucos ingredientes, demora 10 minutos a preparar e parece todo o sol de verão num copo ou numa taça? Acertou! Pois claro! É este espetacular gaspacho dourado que descobri no blog Happy Hearted Kitchen. O segredo é encontrar os tomates e os pêssegos mais maduros e sumarentos do mercado. Claro que pode usar tomates encarnados mas, além dos amarelos serem mais doces, corre o risco de o seu gaspacho ficar menos dourado. É uma entrada espetacular para servir num almoço ou num jantar de verão porque pode fazer com antecedência e mantê-la no frigorífico para apurar o sabor. Ainda por cima, é vegan e sem glúten. 

Só precisa de tomates amarelos picados, pêssegos maduros sem caroço também picados, um pimento amarelo, uma chalota pequena, dois dentes de alho, vinagre de vinho tinto, azeite extra-virgem, sal, folhas de manjericão cortadas e mais uns tomatinhos e uns pêssegos extra para decorar. Se quiser saber a quantidade certa de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

image.jpeg

 

Junte numa taça grande os tomates, os pêssegos e o pimento amarelo.

Entretanto misture no liquidificador o alho, a chalota, o sal, o vinagre de vinho tinto e o azeite, até o alho e a chalota ficarem bem picados.
Depois acrescente alguns tomates e volte a misturar. Só depois é que junta os tomates, o pimento amarelo e os pêssegos. Vá acrescentando estes 3 últimos ingredientes aos poucos até obter uma consistência macia. Prove e coloque mais sal se precisar.
Para garantir um creme aveludado, passe a mistura por um passador antes de colocar no frigorífico durante pelo menos meia hora. Antes de distribuir pelas taças, não se esqueça de agitar o recipiente onde guardou o gaspacho para voltar a obter um creme macio e homogéneo.
Mesmo antes de servir, misture metade de um pêssego e uma mão cheia de tomates cherry amarelos numa taça pequena. Junte algumas folhas de manjericão e sirva por cima do gaspacho.
Não é uma entrada genial? Com tudo o que o mundo moderno aprecia: light, saudável, vegan e sem glúten. Já ganhou! Já ganhou! Já ganhou!

 

Uma ótima e inspirada semana para si, tal como esta receita,
Ela

 

receita e foto: happy hearted kitchen