Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

grow healthy: está de dieta? então este restaurante é para si (e acabou de abrir)

Enquanto a minha querida Mulher Mistério sofre com dietas radicais, eu delicio-me com comida saudável. E saborosa. E fresca. Daquela que não nos faz acabar de almoçar com mais fome do que o Homer Simpson à frente de uma caixa de donuts. 

A minha última grande descoberta foi o novíssimo Grow Healthy, no CascaiShopping. Estava eu desesperadamente em busca de lojas para trocar alguns presentes de Natal, na companhia do meu querido Filho Mistério com pretensões a chef, quando esbarro com um novíssimo restaurante só de taças feitas com comida saudável, ou mais modernamente falando: bowls.

23722431_1586695244710460_8318127991773897159_n.jpg

– Pai, temos de experimentar isto para o blog!

(Sim, cada vez os exploro mais para nos ajudar – não podem ter só a fama, também é preciso contribuírem com algum trabalho)

Depois de olhar para a ementa, combinámos que pratos íamos dividir. Sentámo-nos à frente de duas deliciosas taças de comida saudável, feitas mesmo ali à nossa frente, e dividimos o trabalho: eu comia, o Mini-Misterioso escrevia.

 

23376636_1577640452282606_7059770258062308868_n.jpg

A ementa

No Grow Healthy, pode escolher uma de cinco taças sugeridas na ementa, ou então criar a sua própria taça. E, neste caso, pode optar por um cereal integral, uma proteína, um vegetal quente, dois vegetais frios, um topping e um molho. A principal diferença entre estes bowls e os pokes, por exemplo do Local, no Palácio Chiado, é que, nestas taças, não existem só ingredientes crus, mas uma combinação de crus com outros ingredientes quentes e cozinhados.

Nas bases, pode escolher entre quinoa, arroz preto integral ou uma mistura de verdes. Entre as proteínas, tem um fantástico tataki de atum, uma posta de salmão ou, por exemplo, dois ovos biológicos escalfados, além de lentilhas ou falafel de beterraba. Nos vegetais, há ainda mais opções: beterraba, cenoura, batata doce, cogumelos shitake, tomate cherry, feijão ou picles, entre outros. E ainda há toppings como sementes, sésamo torrado com sal ou amêndoas tostadas e trituradas. Para acabar, molhos como húmus de beterraba ou azeite e manjericão.

23795663_1589819067731411_8119935855196755467_n.jpg

Por tudo isto, paga €7,90 ou €8,90 se optar por um bowl com peixe.

Eu escolhi uma base de quinoa com uma posta de salmão, mal passada e grelhada ali mesmo à minha frente, uma combinação quente de beterraba e cenoura, salada coleslaw oriental e tomatinhos cherry temperados. Para finalizar, optei pelas amêndoas tostadas e trituradas e pelo molho de azeite e manjericão que é suave e saboroso.

O salmão estava óptimo, bem suculento, selado por fora e mal passado por dentro. No entanto, a posta era fininha demais para o meu gosto. Depois, a quinoa estava soltinha, a beterraba veio deliciosa e macia e contrastava lindamente com a coleslaw crocante. 

O molho é óptimo e a taça é grande e bem servida. Para mim, deu perfeitamente para ficar cheio e sem fome.

25591700_1618254164887901_1985264914647195049_n.jpg

Já o meu querido filho adolescente, que é capaz de devorar um abacate inteiro ao pequeno-almoço, mais leite e torradas, sem pestanejar, precisou de pedir alguns reforços.

Como base, escolheu o arroz preto integral, que veio soltinho e consistente. Depois optou pelo tataki de atum – alto, envolvido em sementes, bem braseado e mal passado por dento – e por um extra (mais 1 euro) de ovos biológicos: são escalfados, muitíssimo saborosos e com a clara consistente e a gema líquida. De vegetais, escolheu os cogumelos shiitake, os brócolos e os tomatinhos cherry. Um mix de sementes por cima e o mesmo molho de azeite e manjericão para terminar.

25398939_1616719141708070_5192030871178732832_n.jpg

Devo dizer que, além de delicioso, depois de rebentado, o ovo é um sonho: a gema líquida mistura-se com o arroz de forma maravilhosa.

Para acompanhar, o Mini-Ele pediu uma limonada sem açúcar que estava razoável (€1). Já eu preferi optar pela infusão de água com limão e gengibre que está disponível gratuitamente para os clientes (já lhe disse que estou vicidado em águas detox?).

25157925_1611857562194228_6356095295024732644_n.jpg

O serviço

Não sei se é por ter aberto há pouco tempo, mas os empregados são todos simpáticos, disponíveis e de sorriso na cara. Além disso, apesar de os ovos e os peixes serem cozinhados à sua frente, não demorou muito, apesar de não estar muita gente. No total, entre pedir, pagar e sair, demorámos menos de cinco minutos.

22852028_1569224413124210_5009086477568654828_n.jpg

O ambiente

Um shopping é sempre um shopping, mas esta nova área do CascaiShopping tem uma decoração diferente e alternativa, num estilo vintage e muitíssimo agradável. No início, havia um grande cheiro a comida, mas desta vez já não senti tanto. 

19674658_VIYn6.jpeg

As crianças

Não tem menu infantil.

 

O bom

A simpatia do serviço

O mau

O salmão podia ser mais alto

O óptimo

A comida, especialmente o tataki de atum e os ovos biológicos

 

Um óptimo almoço para si onde quer que a dieta esteja,

Ele

 

fotos: grow healthy; cascaishopping