Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

hoje é dia da panqueca saudável cá em casa e nós temos umas deliciosas panquecas de amêndoa e baunilha

Sábado acabou de ser nomeado, nesta nossa modesta mansão, o Dia da Panqueca. Se a Rádio Comercial pode criar o Dia do Blablabla, o Dia do Corta-Unhas ou o Dia do Banho de Imersão, nós instituimos, através de Decreto Régio Misterioso, o Dia da Panqueca. Com uma pequena adenda ao decreto. Como em qualquer casal que preze a sobrevivência do marido, a mulher teve a palavra final. E neste caso a Exma. Senhora Mistério decidiu que o Dia da Panqueca teria de ser rebaptizado Dia da Panqueca Saudável. E é por isso que trago hoje ao vosso conhecimento esta maravilhosa receita, do fantástico blog The Roasted Root, que vai brilhar aqui em casa.

gluten_free_almond_Flour_pancakes_1.jpg

 

Ingredientes

  • 1 e 3/4 chávenas de farinha de amêndoa
  • 1 colher de chá de fermento
  • 1/4 de colher de chá de sal
  • 2 ovos
  • 1 colher de chá de extracto de baunilha
  • 3/4 de chávena de leite de amêndoa

 

Numa taça, bata ligeiramente os ovos, depois misture o leite e a baunilha. Junte a farinha, o sal e o fermento e continue a bater tudo com um garfo até ficar com um creme tão suave como um verdadeiro leite condensado (se calhar, o entusiasmo está a levar-me a exagerar ligeiramente).

Aqueça uma frigideira em lume médio, coloque um bocadinho de óleo Becel (vamos manter-nos fiéis ao saudável, Senhora Mistério!) e despeje cuidadosamente um pouco da mistura (cerca de 1/4 de chávena) no centro da frigideira de forma a fazer uma panqueca em círculo. Deixe cozinhar durante cerca de um minuto (quando as pontas começarem a levantar, é sinal de que já está pronta) e depois vire a panqueca. Agora faça atenção: não se ponha com maluqueiras de atirar a panqueca ao ar à la Ratatouille porque a farinha de amêndoa não é tão consistente como a farinha normal e ainda se arrisca a acabar com metade da panqueca colada ao tecto.

Repita com o resto da mistura e sirva com um pouco de fruta e um doce sem açúcar. Eu adoro o St. Dalfour, mas se quiser abrir uma excepção ligeiramente mais açucarada experimente os doces da Casa de Severi: têm misturas tão deliciosas como mirtilos com coco, limão com flor de sal e gengibre ou mirtilos com vinho do Porto. 

1549307_630087663701320_850835762_n.jpg

Um bom Dia da Panqueca Saudável para si onde quer que esteja,

Ele

 

receita: the roasted root; fotos: the roasted rootcasa de severi

 

2 comentários

Comentar post