Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

hoje é dia de brunch – e destes croissants divinais (e dos capuccinos e dos iogurtes e dos bolos do choupana caffe)

11209596_901638483213477_6208641941403558277_n.jpg

Olá, o meu nome é Ele e sou pastelariómano.

Pronto. Já assumi. Agora vou começar a desintoxicação.

Nas últimas semanas, fui tomado por uma forte dependência de pastelarias, bolos, pastéis, croissants, bolachas, biscoitos e tudo o que seja tão doce quanto calórico. E desde então a minha vida tem sido passada em cafés, lojas de bolos e casas de chá a aguar pelo próximo doce que vou devorar.

Há uns dias a coisa piorou bastante. Especialmente desde que resolvi ir lanchar ao Choupana Caffe. Agora, pense bem antes de continuar a ler este texto. Hoje é dia de brunch, de pequeno-almoço alargado e este sítio é a perdição do pequeno-almoço. Tem mesmo a certeza de que quer continuar?

  

10455256_737965469580780_3058615851385441995_n.jpg

Os lanches

Já se imaginou à frente de um croissant destes? Eu já. E o meu cinto também. A massa destes coissants é impressionante. Consegue ser estaladiça sem ter gordura em excesso. Está a ver aqueles rastos de manteiga que os croissants estaladiços costumam ter? Aqui não há nada disso. Estes croissants estão entre a consistência dos brioches e a leveza dos folhados. A capa é estaladiça e o interior é consistente. E não há excessos de manteiga. Em compensação tem recheios irresistíveis: chocolate e avelã, maçã e avelã, doce de ovos e amêndoa, doce de ovos e canela, Nutella ou outras opções.

10435929_887646081279384_7700230929744369519_n.jpg

Eu controlei-me e pedi apenas um croissant simples com açúcar polvilhado por cima que é qualquer coisa de divinal e ainda vinha morno. Depois, deu-me uma certa fraqueza e fui empurrado a experimentar um palmier, não tão divinal como o croissant, mas óptimo na mesma: grande, fininho, estaladiço e caramelizado por cima – daqueles que nos obriga a lamber os dedos para não os deixar peganhentos.

557927_582414468469215_1270896397_n.jpg

Para acompanhar tudo isto (sim, foi só um lanche, acham que exagerei?) pedi um maravilhoso capuccino feito com leite de soja (saudável, não foi?!). Vem servido numa chávena enorme com um óptimo café e canela ou chocolate por cima (eu escolhi canela, claro!, porque sou um rapaz muito moderado). Para finalizar, vem pelo menos um dedo de espuma no topo.

10378959_736943953016265_2851559336037301858_n.jpg

Os brunches

Mas como hoje é dia de brunch, é melhor falar de tudo o resto que existe ali e que Ela me proíbe terminantemente de comer, na sua habitual postura de Cruela de Vil das dietas. Ok, tudo não. Mas alguma coisa vale a pena aqui dizer. Por exemplo, as sanduíches feitas com bagels com um aspecto maravilhoso.

11201920_922933034417355_3622479441418060326_n.jpg

Ou as taças de iogurte com fruta e toppings à escolha.

11412257_922933207750671_5511455737457249995_n.jpg

Ou os pastéis de nata. Ou as bolas de Berlim recheadas.

11391571_922929604417698_1689179891189176011_n.jpg

Ou um irresistível folhado aberto feito de massa filo e recheado com queijo de cabra e espinafres. Ou o pão – o fantástico pão.

10626667_782101755167151_7955606460073439662_n.jpg

Eu levei para casa um óptimo pão escuro com passas e nozes, leve e ultra-macio por dentro. E um soberbo pão de alfarroba, quase preto, igualmente fofinho e com aquele fantástico sabor a alfarroba que me faz sonhar com as tartes algarvias que devoro incontrolavelmente todos os verões.

10356213_782102738500386_2440437755358563579_n.jpg

O ambiente

O espaço é enorme e com gigantescas janelas que deixam a sala repleta de luz. Tem duas zonas com mesas e cadeiras suficientemente afastadas umas das outras para não estarmos todos a conviver apesar de não nos conhecermos de lado nenhum. Há ainda um apetitoso sofá num canto que, no entanto, é ligeiramente duro – acabei sentado directamente numa mola – e uma esplanada com mesas coloridas por cima de um deck de madeira. À saída, uma grande prateleira ocupa toda a parede ao lado da porta com uma selecção de compotas, vinhos, chás e outras delícias que pode comprar para levar para casa. Mas o mais impressionante é o colossal frasco de Nutella que deixa qualquer criança a esvair-se em baba de inveja.

20151029_183009-1 (1).jpg

O serviço

Os empregados são todos simpáticos e solícitos. Além de tudo, não o pressionam para se despachar e deixar rodar as mesas. Quando eu lá estive, quase vi mais computadores do que pratos em cima das mesas. E, informação fundamental para adolescentes, tem wifi.

Agora vou ali convencer a Cruela das dietas a deixar-me trazer as crianças para tomarem aqui o pequeno-almoço de fim-de-semana.

11009912_922931867750805_6489693172595117524_n.jpg

O bom

A decoração arejada e alegre

O mau

As molas salientes no sofá

O óptimo

Os croissants e os capuccinos

 

Um óptimo brunch para si onde quer que estes deliciosos croissants estejam,

Ele

 

fotos: choupana caffe; casal mistério

 

Nota: Todas as despesas das visitas efetuadas pelo Casal Mistério a restaurantes, bares e hotéis são 100% suportadas pelo próprio Casal Mistério. Só assim é possível fazer uma crítica absolutamente isenta e imparcial.

 

2 comentários

Comentar post