Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

já tem sobremesa para o domingo de páscoa? que tal uma pavlova esmagada com amoras e doce de framboesas tostadas?

Páscoa rima com família, mesa farta e doces tradicionais. Definitivamente não rima com dietas nem sacrifícios. Se bem que, nesta altura, estou cercada de gente em abstinência e em jejuns até sábado, quando finalmente se pode dizer “Aleluia” e comer e beber até não poder mais. E se para alguns isto só acontece durante o período da Quaresma, comigo basicamente acontece durante todo o ano. Vivo em sacrifício e jejum, só que os meus períodos de abstinência acabam normalmente ao fim de cada dia, ou seja, na pior altura. Já nem eu tenho fé em mim própria. Que tristeza. Tudo isto para concluir que, no Domingo, estão banidos nesta casa e nesta família todas as dietas e todos os sacrifícios. E estou muito tentada a pedir ao meu querido Marido Mistério para fazer esta deliciosa sobremesa do blog Donna Hay. Ele faz e eu compro os ingredientes: claras de 6 ovos, açúcar, vinagre branco, natas, amoras, micro folhas de hortelã e açúcar de confeiteiro para decorar. Para o doce, preciso de comprar framboesas, açúcar e uma vagem de baunilha. Se quiser saber as quantidades certas destes ingredientes para 8 a 10 pessoas, espreite aqui a receita original.

Smashed-pavlova-with-mulberries-and-roasted-raspbe

 

Pré-aqueça o forno a 220º C. Para fazer o doce de framboesas tostadas, coloque as framboesas, o açúcar, as sementes com a vagem de baunilha numa travessa que possa ir ao forno e misture bem. Deixe cozinhar, vá mexendo de vez em quando, durante 25 a 30 minutos ou até engrossar. Reserve e deixe-o arrefecer. Retire e deite fora a vagem de baunilha.

Entretanto, reduza a temperatura do forno para 150º C. Bata as claras em castelo e vá juntando, de forma gradual, o açúcar (uma colher de cada vez, esperando 30 segundos antes de acrescentar outra colher). Quando o açúcar estiver bem incorporado, raspe as bordas da taça e volte a bater durante mais 6 minutos. Junte o vinagre e misture durante mais 2 minutos. Forre um tabuleiro de ir ao forno com uma folha de papel vegetal e disponha por cima várias colheres de sopa do merengue, com cerca de 7 cm de diâmetro. Reduza a temperatura do forno para 120º C e deixe cozinhar durante uma hora. Desligue o forno e deixe que a pavlova arrefeça totalmente ainda lá dentro. Bata as natas com a batedeira até obter a consistência de chantilly. Coloque a pavlova numa travessa e esmague-a ligeiramente com as costas de uma colher. Espalhe por cima as natas batidas e o doce de framboesas tostadas. Decore com amoras e folhas de hortelã e pulverize com o açúcar de confeiteiro. E ou não é uma deliciosa tentação?

 

Uma ótima Páscoa,

Ela

 

receita e foto: donna hay

 

1 comentário

Comentar post