Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

junte-se a nós, fuja do escritório ao fim da tarde! vamos começar a revolta das esplanadas!

11071607_707724552677739_3032677612005503050_n.jpg

Prezados cúmplices deste nosso pequeno mistério,

Tenho más notícias para Vossas Excelências. Muito más notícias. Péssimas notícias. Horríveis notícias. Terríveis notícias. Escabrosas notícias. Ok, eu paro...

Queria só informá-los de que são 18h de quinta-feira e eu estou sentado numa simpática esplanada. Enquanto, os meus queridos amigos e as minhas queridas amigas estarão eventualmente enclausurados em qualquer escritório deste nosso modesto país. Por isso, lanço daqui um apelo nacional: Revoltem-se! Libertem-se! Fujam! Vamos instituir a hora da esplanada em Portugal.

Se os ingleses têm a hora do pub porque é que nós não haveremos de ter a hora da esplanada? A partir de agora, às 17h em ponto, toca a corneta do Casal Mistério. Abandonem os postos de trabalho! Corram para o sol de fim de tarde! Ainda vamos a tempo de transformar Portugal num país mais livre! Mais justo! E com mais esplanadas! 

Viva a liberdade! Viva o sol! Viva Portugal!

(Ena, repararam na quantidade absurda de pontos de exclamação?)

 

10891518_660974547352740_970723586556037873_n.jpg

Bem, é melhor acalmar-me. Já estou de pé, e de carótida saliente no pescoço, a gritar para os desgraçados dos ingleses com ar de Harry Potter que estão aqui ao meu lado, embasbacados com a triste figura que estou a fazer. Seja como for, não é justo eu estar aqui sentado com um delicioso chá gelado e um prato de edamame à minha frente enquanto outros estão agrilhoados ao computador. 

Afinal, para que é que existe o wifi? Trabalhe-se da esplanada! Trabalhe-se do sol! É preciso deixar o povo português inspirar-se para produzir condignamente. 

Isto tudo para lhe falar da fantástica esplanada do Este Oeste, no CCB. Ao restaurante, já tínhamos ido refeiçoar. Mas para a esplanada ainda não tínhamos fugido num destes fins de tarde de sol imperdíveis. As oliveiras à frente das mesas são maravilhosas, a vista para o rio é deslumbrante e o relvado à volta é uma tentação.

20150407_173826.jpg

Para petiscar, esqueça lá o habitual amendoim e o calórico caju. Eu recomendo empolgadamente o binómio homem-edamame. No Este Oeste, o edamame (€3,50) é servido em cima de uma simpática ardósia e temperado na perfeição com uns fininhos e saborosos grãos de sal que se agarram à vagem da soja como o Emplastro se cola ao câmara de televisão: dá-lhe a graça que lhe faltava.

Para acompanhar, peça o chá gelado Este Oeste (€1,50). Feito com chá preto, uma rodela de limão e dois paus de canela, transforma a sua fuga do escritório numa fuga para a vitória.

Agora, o que é que ainda aí está a fazer? Despache-se. Largue o computador. Corra. Fuja. Esplanada consigo.

Vamos começar a revolta das esplanadas.

 

Uma boa fuga do escritório para si onde quer que a esplanada esteja,

Ele

 

fotos: este oeste; casal mistério

 

5 comentários

Comentar post