Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

miss pavlova: o melhor brunch do ano fica no porto e é de perder a cabeça!

brunchedit.jpg

Antes de qualquer outra coisa, tenho de fazer as apresentações: leitores do Casal Mistério, esta é a Miss Pavlova; Miss Pavlova, estes são os leitores do Casal Mistério. Não se assuste que não estou a apresentá-lo à dona de uma casa de poucas virtudes. Estou a apresentá-lo à dona de um brunch. Um brunch de panquecas, ovos, bruschettas de abacate, taças de smoothies, iogurtes, croissants, brownies e, claro, pavlovas, aquele bolo divinal com base de merengue crocante e recheios acabadinhos de chegar do paraíso, como um chocolate derretido a escorrer, uma mousse de Oreo aveludada ou um chantilly de sonho.

 

11082299_1000800809931347_1449611901124407097_o.jpg

O ambiente

O nome insólito vem do bolo que deu origem ao negócio. Em 2013, Ana Maio ficou desempregada e resolveu começar a fazer pavlovas para vender através da sua página de Facebook. Resolveu chamar-lhe Miss Pavlova e fez muitíssimo bem, porque foi a curiosidade pelo nome que me fez ir a correr até ao Porto para experimentar estas delícias. E desde a primeira dentada que me tornei um fã absoluto. Foi um dos melhores bolos que provámos em 2015. E uma das receitas que escolhemos para o nosso primeiro livro em 2016. 

Depois do sucesso das vendas online, a Miss Pavlova abriu uma pastelaria dentro da concept store Almada 13, na baixa da cidade. E, depois do Verão, resolveu começar a fazer brunches ao fim-de-semana.

12079465_506239259538363_3210959195898220022_n.jpg

O espaço é simpático e agradável. A loja tem de tudo: roupa de marcas pouco conhecidas, loiças cheias de charme e que ficam bem em cima de qualquer mesa, peças de artesanato engraçadas e, no canto, a nossa querida pastelaria, com paredes de pedra maciça, um armário preto com recados escritos a giz e cadeiras simples e com bom gosto. No Verão, tem ainda um pátio simpático.

20171104_122049.jpg

Tudo aqui tem uma onda criativa e alternativa. A minha querida Mulher Mistério e a ala feminina da mini-equipa de futsal fazem questão de ir à Almada 13 cada vez que vamos ao Porto. Primeiro, mergulham nas compras, depois enterram-se nos bolos. 

Desta vez, tínhamos uma missão muito específica: experimentar o novo brunch que começou este Outono na Miss Pavlova. 

e7imagem.jpg

A ementa

Gosta de bolos? Então está no sítio certo. Prefere ovos? Também está no sítio certo. A sua onda são mais panquecas? Este é o sítio ideal.

Embalados pelo entusiasmo gerado pelas delícias em exposição no balcão, atirámo-nos a este brunch como se fosse a última refeição do mundo. E isso quer dizer comida suficiente para alimentar toda a equipa do Vilaverdense (famílias incluídas).

elisasimoes2.jpg

A bruschetta

Primeiro dividimos uma deliciosa Bruschetta de Abacate (€6,50), uma imposição do nosso Mini-Misterioso com pretensões a chef que faz o favor de ser também verdadeiramente obcecado por abacate. A bruschetta vem servida numa consistente fatia de pão rústico e leva um autêntico festival de ingredientes de sonho: abacate esmagado, cremoso mas ainda com alguns agradáveis pedaços a sentirem-se ao trincar; tomatinhos cherry muitíssimo maduros; lâminas de rabanete quase transparentes de tão fininhas; e duas metades de um ovo mollet. 

20171104_120305edit.jpg

E o que é um ovo mollet?, pergunta-me V. Exa. neste pequeno momento Marcelo Rebelo de Sousa versão comentador em que eu faço as perguntas e dou as respostas. Um ovo mollet está no preciso ponto intermédio entre o ovo quente e o ovo cozido. Também é cozido ainda dentro da casca, em água a ferver, mas só durante cerca de cinco a seis minutos, deixando a clara bem consistente e a gema cremosa e fortemente alaranjada.

Para finalizar, a bruschetta levava ainda um crumble de queijo feta e uns flocos de chili estaladiços. Convenhamos que isto já poderia ser, por si só, um pequeno-almoço de uma família normal, mas a normalidade não é seguramente uma das características da Família Mistério.

22549905_1782770735067680_7856442784385842897_n.jpg

Os ovos

Deglutida esta entrada colectiva, dividimo-nos. A minha querida Mulher Mistério deliciou-se com uns fenomenais Ovos Royale (€6,50), que vêm por cima de duas fatias de english muffin torrado. Depois trazem umas fininhas lascas de salmão curado macio e muitíssimo saboroso, dois ovos escalfados no ponto e uma camada de molho holandês.

O que é mais impressionante é que está tudo quase perfeito: os ingredientes são saborosos e de altíssima qualidade, com texturas ideais, a apresentação dos pratos é deslumbrante, os ovos vêm para a mesa no ponto ideal de cozedura e temperatura e as combinações são equilibradíssimas. Mais impressionante ainda é a oferta da ementa. 

Só em ovos pode escolher uma de seis opções bem preparadas e difíceis de encontrar, especialmente com estes preços e este cuidado na elaboração.

20171104_120455edit.jpg

Eu optei por uns Ovos Florentine (€6,50), servidos também por cima de english muffins e com uma cama de espinafres e cogumelos bem cozidos e com a cosistência ideal, ainda levemente crocantes ao trincar. No topo, vieram dois ovos escalfados também no ponto certo e cobertos com o mesmo e delicioso molho holandês. Ambos os pratos vinham ainda acompanhados por uma salada de rúcula e salpicados por um fio de redução de balsâmico.

20171104_120515edit.jpg

As crianças dividiram-se entre uns mais tradicionais Ovos Mexidos (€5,00), cremosos e servidos num tachinho com umas pontas de espargos crocantes e uns saborosos tomatinhos cherry, e uns requintadíssimos Ovos Crocantes (€6,50) dignos de um quadro do Pollock (claro que tinha de ser um expresso pedido do nosso Mini-Michelin). No centro trazem-lhe um sautée (um prato com uma apresentação destas merece uma palavra francesa) de espinafres e cogumelos. Por cima, um magnífico ovo panado, com uma crosta crocante e uma gema cremosa. E, à volta, uma artística circunferência feita de um delicioso crème anglaise de espargos. 

elisasimoes.jpg

Já reparou no requinte de tudo isto? Numa pastelaria com mesas de ferro? Dentro de uma concept store? Para quê ir para um hotel de cinco estrelas?

23844665_1821929891151764_636957130869546719_n.jpg

As panquecas

Sim, ainda houve espaço para dividirmos umas panquecas leves, fofinhas e muitíssimo bem apresentadas. Quem diz umas diz duas. A ala adulta da família pediu umas Panquecas Exóticas (€4,50) servidas com um fantástico curd de maracujá apresentado de duas maneiras diferentes (em gelado e em creme) e uma mistura de frutos silvestres. Para finalizar, são salpicadas com um doce de frutos vermelhos e polvilhadas com açúcar de confeiteiro. 

A ala juvenil optou por umas Panquecas Tradicionais (€3,90) que vêm para a mesa por baixo de uma combinação de fruta (manga, kiwi e morango), frutos secos laminados e crocantes e um fio de xarope de ácer. Para finalizar, também são polvilhadas com açúcar de confeiteiro.

22491702_1777781888899898_1065851619802166137_n.jpg

As bebidas

Para acompanhar tudo isto, tem chás, sumos, infusões e uma boa lista de cafés (expresso, americano, cappuccino, latte, afogato, machiato e outras coisas acabadas em "ato"). Também tem leite de vaca, de soja ou de amêndoa. A única coisa que não tem é leite de vaca sem lactose, o que deixou o nosso filho intolerante à beira de um desgosto – não, não é a mesma coisa beber leite de vaca sem lactose ou leite de soja.

22885869_1792371700774250_5659535139517966818_n.jpg

Os bolos

Se ainda tiver espaço, não deixe de provar as divinais pavlovas. Especialmente a deslumbrante Pavlova Floresta Negra, servida em cima de um brownie de chocolate. Mas, desta vez, nós já não fomos capazes. Desta vez... porque de muitas outras vezes já lá fomos de propósito para comer essas delícias.

10517583_1097631706914923_4563002031123480720_n.jpg

O serviço

Nós tivemos a sorte divina de ter apanhado a Miss Pavlova quase vazia, mas prepare-se porque muitas vezes tem clientes à espera de um lugar. O serviço não foi demorado e foi muito simpático.

12190944_1123566090988151_8871197271603514899_n.jpg

As crianças

Não tem menu infantil, mas, como pôde ver, todo o menu é um verdadeiro sonho de criança.

 

O bom

As panquecas e a bruschetta

O mau

Não tem leite de vaca sem lactose

O óptimo

Os ovos, especialmente os ovos royale e os florentine

 

Um óptimo brunch para si onde quer que a Miss Pavlova esteja,

Ele

 

fotos: miss pavlova; e7imagem; casal mistério

 

Nota: Todas as despesas das visitas efetuadas pelo Casal Mistério a restaurantes, bares e hotéis são 100% suportadas pelo próprio Casal Mistério. Só assim é possível fazer uma crítica absolutamente isenta e imparcial. 
_________________________

Miss Pavlova
Almada 13
Rua do Almada, 13 Porto
De terça a domingo, das 13h às 19h 
T: 915 979 517

5 comentários

Comentar post