Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

novidade fresquinha: já fomos ao gomo, o restaurante de comida saudável que acabou de abrir no centro de lisboa

10734127_777050075690293_4559620279859597944_n.jpg

Lembra-se da página do instagram felt by heart de que somos completamente fãs? Da Joana Nobre Silva, aquela miúda gira que decidiu eliminar da dieta alimentos processados, aditivos, químicos e açúcares artificiais e partilha deliciosas receitas saudáveis e super naturais? Pois é, seguimos o conselho da Joana e fomos conhecer um novíssimo espaço de comida rápida e, claro, saudável, que também é uma frutaria, onde pode ir comprar as frutas mais frescas. Chama-se Gomo, abriu no mês passado, e é na Duque D' Ávila, mesmo ao lado do Saldanha, em Lisboa.

 

10402044_869309946464305_3647462309523426452_n.jpg

O lema diz tudo: “Gomo é a receita simples e natural que quer fazer de cada um dos seus dias um dia mais saboroso” e cumpre lindamente a sua missão. Na semana passada, passei por lá entre duas reuniões e bastou-me entrar para perceber que esta é uma aposta ganha.

O ambiente

Logo à entrada, do lado esquerdo, a frutaria dá as boas vindas aos clientes e faz descer em nós uma incrível vontade de comer coisas simples e saudáveis. A fruta tem um aspeto delicioso e um cheiro a fresco incomparável. Chega todos os dias diretamente das hortas e pomares de mais de 25 produtores nacionais. A decoração do espaço é simples, colorida, alegre e moderna. Mistura mesas de madeira com cadeiras de ferro (essas é que eu talvez dispensaria mas, verdade seja dita, este não é um restaurante para refeições prolongadas), dispersas ao longo de um chão forrado a mosaicos a fazerem lembrar o das cozinhas antigas. Nas paredes, fotografias de frutos e legumes e os menus captam a atenção.

1476225_826478904080743_563859495018225165_n.jpg

A ementa

São vários os menus a preços acessíveis (sopa+salada+bebida ou sopa+wrap+bebida ou ainda burger+gelatina+bebida), que variam entre os €7,50 e os €8,50. Como estava com pressa, optei pelo serviço take away e pedi uma Salada Guru (€5,50): cuscuz, alface, rúcula, chalotas, courgette, favas, beringela, grão de bico, pimento vermelho e cenoura. Mas a escolha é imensa: saladas, wraps, hambúrgueres em bolo do caco, sumos naturais, sopas, pequenos-almoços, bolos, chás, gelatinas, tudo muito natural e light.

10996231_885421531519813_1045610548845702329_n.jpg

O serviço

O atendimento foi rápido, preocupado e atencioso. Foi só o tempo de me prepararem a salada e, na hora de colocar o molho tzatziki, pedi para trocarem por um molho de pesto de rúcula e amêndoa, desejo que foi imediatamente concedido com um sorriso rasgado.

Como estava cheia de pressa, saí com muita pena de não ficar por ali, a aproveitar o ambiente e vasculhar as prateleiras da área da mercearia com um sem número de produtos com um aspeto maravilhoso. Mas infelizmente o trabalho esperava-me. Sentei-me à secretária e deliciei-me com a minha Salada Guru. Simplesmente fantástica, com ingredientes frescos e saborosos que juntos formam uma autêntica sinfonia de Beethoven… e o melhor de tudo? Fiquei tão cheia que nem tive pena de não ter trazido uma sobremesa, como este acaí com granola, banana e mel.

Fica a promessa de um regresso o quanto antes, desta vez com mais tempo para experimentar os vários menus. Se trabalhar perto do Saldanha, em Lisboa, não deixe de ir. Vai ver que não se vai arrepender. Depois conte-nos como foi…

 

O Bom

O conceito e os ingredientes naturais 

O Mau 

As cadeiras de ferro 

O Ótimo 

A Salada Guru

 

Um bom almoço saudável para si também,

Ela

7 comentários

Comentar post