Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

novidade! novidade! a miss jappa chegou este fim-de-semana ao príncipe real (não se assuste, é o novo restaurante japonês com a assinatura da chef anna lins)

12719364_1575058606152962_1415779021299214763_o.jp

Se o peixe aqui for tão fresco como esta notícia, temos o dia ganho. O Miss Jappa acabou de abrir na sexta-feira, no Príncipe Real, em Lisboa, e tem tudo para ser um grande restaurante japonês. 

 

12719533_1575058702819619_1299617310844855207_o (1

Primeiro, tem uma decoração moderna e surpreendente, que mistura fotografias gigantes em tons encarnados, estilo o filme Lost in Translation, com mesas em ripas de madeira tosca e uma boneca chinesa pendurada num candeeiro.

12764790_1575058629486293_2826128217858019073_o.jp

Depois, porque herdou o espaço da antiga Ucharia, com um ambiente acolhedor e uma simpática esplanada de Inverno.

FullSizeRender.jpg

Finalmente, e mais importante de tudo, porque tem à frente da cozinha uma das minhas chefs preferidas, a inovadora Anna Lins.

12747868_1575058559486300_1925254986973943529_o.jp

Só para situar. Anna Lins foi chef do restaurante Umai, que ela abriu com o seu marido e também chef Paulo Morais, e passou pelas cozinhas do Midori (Penha Longa) e da Bica do Sapato (sushi bar). É, para mim, juntamente com Paulo Morais, das chefs que melhor consegue combinar as diferentes tendências asiáticas em pratos absolutamente surpreendentes e que se distinguem dos japoneses a que estamos habituados.

12496350_1575058656152957_5277874378095894138_o.jp

No Miss Jappa, tem por exemplo um couvert oriental composto por ervilhas de wasabi, chips de nori, chips de camarão, e amendoim com caramelo de miso servidos num enorme jogo de Quantos Queres.

IMG_6216.JPG

Ou uma roleta russa de seis gunkans, levados para a mesa num prato giratório, em que um dos gunkans tem uma malagueta escondida – quem ficar com o gunkan picante tem de beber o shot de sakê servido no meio do prato ao lado de um gomo de lima.

12771861_1575058622819627_8500603991849555674_o.jp

Ou um ceviche de mexilhão com molho de abacaxi e lima. Ou um cachaço de porco acompanhado com um molho de soja, mirin e gengibre e um pão cozinhado ao vapor (está a ver o que quero dizer quando falo de pratos surpreendentes?). Ou uma corvina marinada com molho dengaku, arroz de alho e legumes asiáticos salteados. Ou o mais tradicional sushi e sashimi. Ou uma carta de cocktails criados especialmente para o restaurante. Ou... é melhor parar por aqui, porque já estou a contar os minutos para lá ir.

12748111_1575058546152968_3261966424747299105_o.jp

Se quiser encontrar o Miss Jappa, não vai ter grandes dificuldados: o néon encarnado à porta, no género Tóquio by night, dificilmente passa despercebido.

11058278_1575058552819634_3063882587444296229_o.jp

A sala, em tons de madeira, cinzento afagado e preto, divide-se em duas áreas separadas por um balcão (onde estão os sushimen e os barmen). E o espaço não é grande, mas tem sempre a esplanada aquecida. 

IMG_6146.JPG

O Miss Jappa é dos mesmos proprietários da cadeia de fast food saudável Go Natural e há-de ser um dos próximos destinos que esta boca vai devorar.

 

Um óptimo jantar para si onde quer que a Miss Jappa esteja,

Ele

 

fotos: miss jappa