Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

novidade! novidade! abriu uma loja pop up de doces turcos no oeiras parque e nas amoreiras

IMG_6078 (1).jpg

Há dois tipos de pessoas: aqueles que gostam muito de doces e aqueles que gostam de doces muito doces? Eu encaixo-me mais no primeiro grupo, Ela encaixa-se mais nos dois grupos. E foi exactamente Nela que eu pensei quando vi a nova loja pop up do Oeiras Parque, a Apple Times (também há outra nas Amoreiras). Este verdadeiro Éden do açúcar é uma loja só de doces turcos: os famosos turkish delights (as tradicionais gomas cobertas de açúcar de confeiteiro e com sabor a água de rosas e limão), as frutas cristalizadas (de que nem eu nem Ela somos grandes fãs) e as maravilhosas baklavas (feitas com frutos secos e mel).

É aqui que convém fazer uma pausa. Se não gosta de doces muito doces, o melhor é dar meia volta e dedicar o seu tempo disponível a ler o Avante! ou outro jornal do regime. Se gosta, estamos aqui nós de braços abertos para o receber com um sorriso de Joker na cara.

 

IMG_6086 (1).jpg

Eu, que não sou fã de doces estupidamente doces, confesso que sinto um certo fascínio pelas baklavas. Primeiro, porque são envolvidas numa finíssima massa estaladiça, que pode ser lisa como habitualmente ou pode ser feita com fios todos juntos e colados uns aos outros. Depois porque o recheio é feito de uma pasta de frutos secos – pistácios, nozes, amêndoas, etc.. Finalmente, porque tudo isto leva uma cobertura de mel. E quando eu vejo frutos secos, mel e massa filo, entro em transe.

É claro que voltei para casa com um enorme saco de papel com vários exemplares de cada tipo de baklavas (essencialmente o que varia são os frutos secos usados no recheio). Passei no que diz respeito aos turkish delights e às frutas cristalizadas, mas trouxe também outra coisa a que não consigo resistir: amêndoas caramelizadas, uma verdadeira tentação do demo.

O resultado foi um lanche que deixou os nossos quatro filhos mistério em profundo estado de euforia. Afinal de contas, com a ditadura anti-açúcar que Ela impõe cá em casa durante as suas prolongadas dietas, sabe bem uma loucura destas de vez em quando.

 

Um bom doce para si onde quer que esteja,

Ele

 

fotos: casal mistério